Kornit apresenta nova impressora têxtil industrial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/07/2016
Vulcan pode estampar 250 peças por hora

Vulcan pode estampar 250 peças por hora

A fabricante Kornit lançará oficialmente a Vulcan, impressora digital para estamparia têxtil, entre os dias 11 e 29 de julho, em sua fábrica nos EUA, durante um open house dedicado a clientes interessados em customizações em massa executadas por equipamentos direct-to-garment (DTG).

O protótipo da Vulcan foi apresentado aos visitantes da feira ITMA 2015. Depois de receber aperfeiçoamentos, a máquina passará a ser comercializada a partir do terceiro trimestre de 2016.

Segundo a empresa, a Vulcan é capaz de produzir 250 peças por hora (roupas claras ou escuras) e de rivalizar com a serigrafia em produções de médios e grandes volumes, pois opera em alta velocidade em função de suas 60 cabeças de impressão com sistema de recirculação de tinta.

Com configuração de seis cores e branco, a máquina emprega o processo patenteado NeoPigment e tintas originais à base d’água, que podem estampar em uma variedade de fibras naturais, sintéticas e mistas. Os insumos serão vendidos em garrafas de 4 litros. Após a impressão, as peças de vestuário são curadas com um secador de ar quente.

Também de acordo com a Kornit, a Vulcan, quando comparada a outros sistemas da própria Kornit, pode reduzir o custo por impressão em até 40%. Além disso, atende trabalhos com peças de várias dimensões, mas com tamanho máximo de 70cm x 100cm. Ela também possui um método novo de transporte de vestuário para o processo de impressão.

Rich Thompson, diretor de marketing da Kornit, declarou: “Trabalhamos continuamente para melhorar o ponto de equilíbrio entre os métodos de impressão analógicos e digitais. Com custo de consumo de tinta drasticamente reduzido, a Vulcan compete com carrosséis serigráficos, não apenas em pequenas tiragens, mas também para médias e grandes. Além disso, ela possibilita a confecção de peças de qualidade, com impressões fotorrealistas e dados variáveis. Em essência, a Vulcan é uma tecnologia inovadora na qual estamparias e serigrafias deveriam se interessar”.

Fonte: Kornit



Ferramentas e insumos para adesivação e envelopamento

Por Eduardo Yamashita em 10/12/2015

Engana-se quem acha que envelopamentos e adesivações profissionais requerem apenas espátulas e estiletes. Há vários outros acessórios e insumos para limpeza e aplicação correta dos vinis adesivos. Escovas de rebites e desengraxantes são exemplos de materiais que não podem faltar no trabalho de um adesivador que se preze.

Alguns aplicadores, inclusive, usam ferramentas específicas e personalizadas, como cinturão para carregar utensílios, espátulas confeccionadas com chapas plásticas, proteção para espátulas de couro camurça, entre outras.

Envelopamento de carro: dicas para uma aplicação profissional
Envelopamento de carro: adesivação de retrovisor (passo a passo)
Envelopamento de carro: adesivação de porta (passo a passo)

 

Profissionais também armazenam devidamente as suas ferramentas em armários, além de transportá-las em bolsas e organizá-las durante o trabalho. Sem contar a limpeza: ela requer sacos de lixo (para os descartes). Outra dica: usar uniformes, pois eles passam uma imagem de organização aos clientes, além de divulgar a empresa.

Portanto, dê atenção às ferramentas e insumos. Eles fazem a diferença. Veja alguns deles, bem como suas finalidades (dispostos em ordem alfabética):

Borrifador: em aplicações úmidas, usa-se água e detergente neutro (misturados) para molhar tanto a superfície (a ser adesivada) quanto o adesivo do vinil.

Caneta, bloco de anotações, prancheta, calculadora: para manter registros das atividades de instalação.

Desengraxante: na limpeza, cada tipo de superfície exige o uso de um desengraxante específico.

Ferramentas para envelopamento

Andaime para aplicação de vinis

Equipamentos de segurança: luvas, óculos, capacete e sapatos de segurança devem ser usados para garantir a proteção do profissional durante a aplicação.

Escada e andaime: quando a imagem é grande ou em instalações em locais altos, são necessários suportes para o aplicador alcançar essas áreas.

Escova para rebites: os rebites de chapas metálicas requerem o uso de escovas com cerdas para proporcionar uma adesivação  mais rápida.

Espátula: de plástico ou fibra calandrada (feltro), faz com que o adesivo (cola) do vinil toque toda a superfície. Observação: na aplicação, exerça a pressão correta para que haja a retirada do ar entre o adesivo e a superfície. A velocidade da aplicação também influencia a qualidade do trabalho, pois pode deixar muitos espaços com ar.

Ferramentas para envelopamento de carro

Espátula

Espátula de metal: alguns tipos de resíduos e impurezas são apenas removidos com a ajuda de uma espátula de metal.

Estiletes: pequenos, médios, grandes, de plástico ou metal, eles são usados para cortar e separar imagens. Utilize um estilete que se adapte à sua empunhadura ou que tenha um peso menor.

Ferramentas para envelopamento de carro

Estilete

Fita crepe: fixa e protege as bordas das imagens.

Furador (com agulhas) de bolhas: para perfurar o vinil e remover as bolhas de ar. Recomenda-se ter um recipiente para guardar as agulhas (novas e usadas).

Ferramenta para envelopamento

Furador de bolhas

Lâminas de aço para estiletes: muito importantes para o corte e refile das imagens. Devem estar afiadas. Caso contrário, o aplicador vai colocar força no estilete, podendo riscar a superfície. Recomenda-se ter um recipiente para armazenar as lâminas utilizadas, que devem ser descartadas em lixos seletivos.

Pano: para secar e limpar as superfícies. Recomenda-se o pano de algodão.

Para envelopamento de carro

Pano para limpeza da superfície a ser adesivada

Proteção de espátula plástica: com o uso, a espátula fica desgastada, o que provoca riscos na imagem. Panos de algodão e feltro protegem a espátula para evitar danos ao vinil. Para remover as imperfeições dela, pode-se lixá-la (com lixas de papel).

Removedor de adesivos: na limpeza da superfície, antes da aplicação, em alguns casos, o removedor de resíduos de cola é necessário.

Soprador térmico: fundamental para diminuir a memória elástica (esticamento) do vinil e acelerar a cura do adesivo.

ferramenta para envelopamento

Soprador térmico

Tesoura: pode substituir o estilete. Por questão de segurança, prefira aquelas que não têm pontas agudas.

Trena métrica ou régua metálica: para posicionar a imagem. Para refiles ou cortes retos, utiliza-se a régua de meta.

ferramenta para envelopamento

Régua para adesivação

Texto editado e publicado pelo InfoSign no dia 10 de dezembro.

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis, envelopamentos de carro e comunicação visual.



Versão 8.02 do RIP ColorGate está disponível

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/04/2014

A nova versão do Colorgate apresenta ferramentas aperfeiçoadas

A nova versão do Colorgate apresenta ferramentas aperfeiçoadas

A Colorgate, desenvolvedora de softwares, anunciou o novo upgrade do programa homônimo, que chegou à versão 8.02. O download da nova edição pode ser feito pela área de suporte.

De acordo com a empresa, a versão 8.02 do Colorgate contém vários aperfeiçoamentos e apresenta drivers de impressão melhorados. Entre as novidades do programa estão perfis de cores como o NPFM4 e o NPFM7. Ambos foram desenvolvidos para o mercado de impressão de decoração, tecidos e cerâmica.

A Colorgate recomenda que, para o suporte otimizado de fluxo de trabalho para gerenciamento de cores, prévias automáticas de perfis sejam geradas junto com os perfis de saída, pois elas podem ser usadas como referência e soft proofing.

No momento, estão disponíveis os drivers para os seguintes sistemas de impressão:

Para Production Server:

Canon iPF6400SE PB (Cat 1), Canon iPF6400SE Screen (Cat 1) , Canon iPF6410SE PB (Cat 1), Canon iPF6410SE Screen (Cat 1), Canon iPF8400SE PB (Cat 1), Canon iPF8400SE Screen (Cat 1), Canon iPF8410SE PB (Cat 1), Canon iPF8410SE Screen (Cat 1), Canon iPF680 PB (Cat 1), Canon iPF681 PB (Cat 1), Canon iPF685 PB (Cat 1), Canon iPF686 PB (Cat 1), Canon iPF780 PB (Cat 1),  Canon iPF781 PB (Cat 1), Canon iPF785 PB (Cat 1), Canon iPF786 PB (Cat 1), Canon iPF680 Screen (Cat 1), Canon iPF681 Screen (Cat 1), Canon iPF685 Screen (Cat 1), Canon iPF686 Screen (Cat 1), Canon iPF780 Screen (Cat 1), Canon iPF781 Screen (Cat 1), Canon iPF785 Screen (Cat 1), Canon iPF786 Screen (Cat 1), DYSS Apollo GF1660-16FWWVS (Cat 3), DYSS Apollo PJ2216-16FSRW (Cat 3), HP-DesignJet-Z5400 (Cat 1),  Mimaki TPC-1000 (Cat 1), Mutoh VJ-1638X (Cat 1), Mutoh VJ-1638WX (Cat 1), Mutoh RJ-901X (Cat 1), Qres F160 (Cat 3), Qres F160L (Cat 3), RolandFJ540K (Cat 1), Roland FJ740K (Cat 1), Roland RF-640 (Cat 1) e Roland RF-640A (Cat 1).

Para Filmgate:

Canon iPF6400SE Screen (M), Canon iPF6410SE Screen (M), Canon iPF8400SE Screen (L), Canon iPF8410SE Screen (L), Canon iPF680 Screen (S), Canon iPF681 Screen (S), Canon iPF685 Screen (S), Canon iPF686 Screen (S), Canon iPF780 Screen (L), Canon iPF781 Screen (L), Canon iPF785 Screen (L), Canon iPF786 Screen (L) e ESC ScreenJet 46i (S).

Para Proofgate:

Canon iPF6400SE PB (M), Canon iPF6410SE PB (M), Canon iPF8400SE PB (L), Canon iPF8410SE PB (L), Canon iPF680 PB (S), Canon iPF681 PB (S), Canon iPF685 PB (S), Canon iPF686 PB (S), Canon iPF780 PB (L), Canon iPF781 PB (L), Canon iPF785 PB (L), Canon iPF786 PB (L) e HP-DesignJet-Z5400 (L)

Fonte: Colorgate