Konica Minolta inaugura Digital Imaging Square no Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/07/2014

Ambiente funciona como showroom e espaço de interação com clientes latino-americanos

Ambiente funciona como showroom e espaço de interação com clientes latino-americanos

A filial brasileira da Konica Minolta, fabricante de impressoras digitais, inaugurou, na cidade de São Paulo, o Digital Imaging Square (DIS), centro que funciona como showroom e serve de espaço de interação com clientes.

Atualmente, o ambiente conta com equipamentos da linha bizhub e receberá, em breve, outros modelos de impressoras digitais, utilizados em vários mercados. Além disso, o DIS expõe trabalhos de Vincent Kusuma, da Veka Idea (de Jakarta, na Indonésia), que reinventam o conceito de fotoprodutos.

O evento de inauguração do showroom, no dia 17 de julho, foi marcado pela presença de executivos brasileiros e japoneses da fornecedora.

Takashi Abe, gerente geral para o segmento de Production Printing da Konica Minolta japonesa, declarou: "Este novo centro ilustra a importância que o mercado brasileiro tem para a empresa. Enxergarmos um alto potencial no Brasil, que é o maior mercado da América Latina".

Abe destacou a importância do segmento fotográfico: "Ele vem se reinventando e encontra nos fotoprodutos uma forma de crescer".

O novo DIS da Konica Minolta do Brasil está localizado na Alameda Santos.

Fonte: Konica Minolta



Flexmag apresenta mídias magnéticas na feira Serigrafia Sign 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/06/2013

Flexmag marca presença na feira Serigrafia Sign 2013 com suas mantas magnéticas

Flexmag marca presença na feira Serigrafia Sign 2013 com suas mantas magnéticas

Durante a feira Serigrafia Sign 2013, a Flexmag, fornecedora de mantas magnéticas, vai apresentar vários produtos de seu porftólio. Entre eles, estão a Película Magnética e a Tinta Ímã.

  • Tinta Ímã: pode ser usada em qualquer superfície. Pode ser pintada com tinta, na cor desejada. Segundo a empresa, o produto não é tóxico e cumpre as diretivas ambientais internacionais.
  • Película Magnética: com espessura a partir de 0,18mm, a mídia é vendida em rolos de 1,27m (largura) por 30m (comprimento). Pode ser impressa por vários processos, como inkjet, laser e serigrafia. Usada para rascunhos, pôsteres, esquemas, desenhos, fotos, lembretes e avisos, a película pode ser empregada em lojas, escritórios, escolas, entre outros estabelecimentos.

Confira mais informações e novidades sobre a Serigrafia Sign e seus expositores.

Fonte: Flexmag



Fotoprodutos e brindes com impressão por sublimação (Parte 2)

Por Jimmy Lamb em 28/05/2013

Exemplos de celulares e tablets personalizados com sublimação

Exemplos de celulares e tablets personalizados com sublimação

Para se ter uma ideia dos mercados, materiais e custos dos fotoprodutos, vamos dar uma olhada em alguns exemplos interessantes, começando com capas de celular.

Fotoprodutos e brindes com impressão por sublimação (Parte 1)

Algumas capas de celular possuem placas removíveis de metal que podem receber imagens fotográficas com sublimação. Lembre-se que, em muitos casos, este é um produto personalizado que pode ser vendido a preço de varejo. Portanto, atente-se ao valor percebido pelo usuário final. E isso serve não apenas para capas de celulares, mas também para capas de tablets.

Produza fotoprodutos com imagens de bebês

Produza fotoprodutos com imagens de bebês

Você também pode fazer produtos com fotos de bebês. Nesse caso, basta criar um modelo gráfico com áreas editáveis ​​(para adicionar detalhes sobre o recém-nascido). Esse modelo é combinado com uma imagem para criar a arte final. Pense no valor desse presente especial. Não é apenas um produto, mas sim uma lembrança — e uma memória que vale a pena acalentar por muitos anos.

Há todos os tipos de oportunidades com os fotoprodutos. Por exemplo, pense em esportes: clubes, jogadores e campeonatos. A chave é fazer um produto de apelo emocional, como nos exemplos abaixo:

Esporte é um tema que pode ser explorado nos fotoprodutos

Esporte é um tema que pode ser explorado nos fotoprodutos

Precisa de mais ideias? A lista é longa quando se trata de produtos sublimados. Abaixo, estão alguns materiais a serem considerados:

  • Bandejas;
  • Caixas de joias;
  • Canecas;
  • Capas de interruptor de parede;
  • Chaveiros;
  • Enfeites de Natal;
  • Ímãs;
  • Jogos americanos;
  • Molduras;
  • Placas de porta;
  • Quebra-cabeças;
  • Relógios;
  • Suportes de guardanapo;
  • Tábuas de corte;
  • Teclados.

Saiba, entretanto, que os fotoprodutos não se limitam a materiais rígidos. Você também pode usar a sublimação para personalizar tecidos. Porém, ela só funciona com fibras de poliéster, o que limita o estilo de vestuário, mas isso não é problema, já que esse mercado vêm abrindo dezenas de possibilidades.

Com a sublimação, você pode reproduzir imagens com detalhes, clareza e alta resolução. Trata-se de um processo que emprega tintas com corantes, que se fundem às fibras do tecido, o que significa que você não sente a tinta na superfície da peça. Isso também significa que ela não vai rachar, descascar ou desaparecer quando as peças forem lavadas.

Com sublimação, você também pode personalizar camisetas

Com sublimação, você também pode personalizar camisetas

Potenciais consumidores de camisetas sublimadas são clubes e organizações esportivas, cujos membros têm a necessidade de fazer declarações personalizadas. E isso é apenas a ponta do iceberg, já que há muitas outras possibilidades que não se limitam ao vestuário. Ou seja, se você pode vender uma camiseta, pode vender várias outros produtos sublimados.

Para concluir, saiba que fotoproduto é muito mais do que uma foto na carteira ou uma bugiganga barata. Você vai descobrir que ele é um bom complemento para os seus negócios. Mais importante: o custo de sublimar fotoprodutos é baixo, tornando o retorno algo atraente. Você não precisa gastar muito. Você só precisa encontrar maneiras criativas para gerar altas margens a custos baixos — e o fotoproduto é a ferramenta perfeita para realizar esse objetivo.

 

Sobre o autor: Jimmy Lamb escreve e palestra sobre sublimação e impressão em tecidos mundo afora. Tem mais de 20 anos de experiência no negócio de vestuário e decoração. Atualmente, é o gerente de comunicação na Sawgrass Technologies.

Esse artigo técnico foi cedido, com exclusividade, pela Sawgrass ao portal InfoSign, que traduziu e adaptou o texto.