J-Teck3 apresenta nova linha de tintas para impressão têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/04/2017
J-Tex é indicada para impressão direta em diversos tecidos

J-Tex é indicada para impressão direta em diversos tecidos

A J-Teck3, fabricante de insumos para impressão digital, estará presente na Fespa 2017, feira que ocorre entre os dias 8 e 12 de maio, na Alemanha. No evento, a empresa promete lançar a J-Tex, série de tintas pigmentadas à base d’água para impressão têxtil. A linha é composta pelas marcas P-E (compatível com cabeças Epson) e P-K (compatível com cabeças Kyocera).

Indicadas para impressão direta em diversos tecidos (algodão, misturas e viscose), as tintas estampam materiais para moda e mobiliário, como capas para sofás, almofadas e cortinas.

Disponíveis em nove cores, as tintas J-Tex contêm um ligante específico que oferece excelente lavagem e resistência à fricção. O uso de um pré-tratamento específico otimizará os resultados de impressão, possibilitando cores mais brilhantes, melhor definição e maior adesão ao tecido.

Luca Guggiari, gerente da J-Teck 3, declarou: “Estamos muito entusiasmados com a nova J-Tex. Ela foi desenvolvida para atender às crescentes demandas do mercado têxtil”.

Fonte: J-Teck3



Hollanders divulga estratégia de investimentos e crescimento para 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/02/2013

Impressora Colorbooster XL

Impressora Colorbooster XL, para estamparia digital

A Hollanders Printing Systems, fabricante holandesa de impressoras para estamparia digital, está com uma nova estratégia, que visa expandir a sua capacidade produtiva em 2013. Os investidores Zwart Guy e Wout van der Wijk vão fortalecer a estrutura financeira e operacional da Hollanders, a fim de otimizar a fabricação das seguintes linhas de equipamentos: ColorBooster (impressoras), Colorfix (unidades de fixação), ColorWash (máquinas de lavar) e ColorEdge (máquinas de corte). A empresa garante também que novos equipamentos serão adicionados a essas séries ao longo do ano.

Wout van der Wijk é especialista em gestão estratégica de negócios. Já Zwart Guy tem um grande conhecimento sobre tecnologias e mercados de impressão digital.

hollanders_colorbooster

Hollanders é uma das líderes do mercado europeu de equipamentos para impressão em tecidos

"Ambos os investidores viram o enorme potencial no crescente mercado de estamparia digital, e se apaixonaram pelo conceito da Hollanders", afirma Peter Hollanders, fundador da empresa. "Estamos prontos para lançar equipamentos em 2013, a fim de complementar a linha ColorBooster, e essa injeção de recursos está de acordo com tais planos."

"A Hollanders tem uma posição privilegiada na Europa continental, fica em um local facilmente acessível em termos de vendas, serviços e logística", comenta Wout van der Wijk. "Estamos impressionados com a qualidade dos sistemas produzidos na empresa. Como investidores, estamos ansiosos para ajudar no crescimento da Hollanders, ainda mais em agora, com o aumento da demanda por impressão digital têxtil nos segmentos industrial, de comunicação visual, moda e decoração."

Fonte: Hollanders. Texto: InfoSign



Roland DG anuncia máquina para brindes e instrumentos cirúrgicos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/08/2017
MPX-95 customiza produtos e aplica códigos de barras em equipamentos médico-hospitalares

MPX-95 customiza produtos e aplica códigos de barras em equipamentos médico-hospitalares

A fabricante Roland DG anunciou a MPX-95, solução indicada para os mercados de brindes e de produtos médico-hospitalares. Trata-se de uma máquina compacta que pode empregar dois kits opcionais.

Um deles, o Kit Gift (GK-1), foi criado para o segmento de brindes vendidos em quiosques, joalherias e estabelecimentos de peças sob demanda. O equipamento imprime fotos super-realistas, textos e logotipos em pingentes, fivelas de cinto, canetas, óculos, joias, relógios, garrafas, canecas, pen drives, porta-chaves, entre outros objetos.

Já o Kit DPM é indicado para profissionais da área da saúde que gravam códigos de barras, números de segurança, logos e nomes em instrumentos cirúrgicos. Tal identificação deve constar obrigatoriamente nos produtos médico-hospitalares para segurança dos pacientes.

Ambos os kits gravam em uma grande variedade de materiais, como aço inoxidável, ferro, titânio, platina e substratos mais suaves (ouro, prata, cobre, níquel e alumínio).

Anderson Clayton, gerente de marketing da Roland DG Brasil, declarou: “As marcações da máquina Roland diferenciam-se por serem mais resistentes e por manterem a superfície inalterada, o que facilita a perfeita limpeza e esterilização dos equipamentos cirúrgicos”.

Fonte: Roland DG Brasil