Insumos para a limpeza de cabeças de impressão e para acabamento superficial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/12/2012

Toda impressora digital precisa de manutenção a fim de evitar problemas e manter um bom estado de funcionamento. Para tanto, existem procedimentos e insumos específicos. No caso das cabeças de impressão, é preciso utilizar fluidos de limpeza capazes de eliminar refugos de tinta que ficam dentro das câmeras e dos nozzles. E há muitos deles no mercado. Portanto, fique atento: é preciso escolher o material correto. A Gênesis Tintas publicou recentemente um artigo técnico detalhando alguns desses insumos fundamentais na vida de qualquer operador de impressora digital. Veja abaixo alguns dos tópicos abordados no texto:

Limpador (cleaner) para cabeças piezolétricas (solvente)

Trata-se de um glicol (solvente) que, dentro das indústrias de tintas, passam pelo processo de filtragem, responsável por conferir características especiais ao insumo, garantindo que ele passe — e limpe — pelas câmeras e nozzles das cabeças de impressão. Normalmente, impressoras digitais com cabeças piezoelétricas precisam desse limpador para manutenções diárias.

Limpador (cleaner) para cabeças Epson Micro PiezoTM (ecossolvente)

As impressoras que empregam cabeças da marca Micro Piezo, da Epson, usam solvente (glicóis) que também passam pela filtragem. O seu uso é bem menos frequente. Isso porque é a própria tinta que elimina os resquícios deixados nos nozzles e canais das cabeças já citadas, restando ao solvente apenas a limpeza mais "pesada".

insumo para impressão digital

A devida manutenção nas cabeças de impressão garante melhor funcionamento do equipamento

Solvente desentupidor (flush) de cabeças (solvente)

Mais forte do que os limpadores citados nos tópicos anteriores, o desentupidor, basicamente, derrete os resquícios das tintas que se alojam nas cabeças. Por ser mais agressivo, seu uso frequente pode danificar as peças. Depois de aplicá-lo, recomenda-se fazer a limpeza com o solvente (cleaner) e, posteriormente, o operador deve realizar testes de impressão.

Limpadores (cleaner) para cabeças de tinta sublimática

Formado por glicóis, água, aditivos e tensoativos, esse tipo de limpador passa, antes de ser vendido, pela destilação (que elimina as impurezas), desionização (elimina os minerais) e filtragem (retira fungos e bactérias do local).

Desentupidor (flush) de cabeças de tinta sublimática

O material que promove uma limpeza mais potente e garante o desentupimento completo das cabeças. Apesar de não ser corrosivo, ele trabalha com elementos tensoativos e água, que garantem a desobstrução dos canais.

Insumo de conversão de tintas solventes e sublimáticas

Usado em impressoras que suportam os dois tipos de tintas, o insumo é responsável por realizar a limpeza dos canais e fazer a conversão da tinta solvente para a sublimática e vice-versa.

Acabamento

Eles também estão nas salas de impressão de qualquer birô que se preze. São os insumos para acabamento superficial, como a laca (verniz para conferir diferenciais estéticos aos impressos) e o solvente para acelerar a secagem da tinta à base de solvente (novidade exclusiva da Gênesis Tintas).

insumo para secagem rápida

Quer secagem mais rápida? Use insumos que aceleram o processo

Laca para acabamento

Esse tipo de verniz pode ser usado no substrato impresso com a intenção de obter resultados estéticos. É possível deixar o material brilhante ou fosco, por exemplo. Além disso, a laca tem a função de proteger a superfície dos materiais sobre os quais ela foi aplicada.

Solvente para secagem instantânea

O produto aplicado às tintas solventes é vendido exclusivamente pela Gênesis Tintas e auxilia na rápida secagem do impresso. Mais aderência e resistência também são dados ao material.

Fonte: Gênesis. Texto: InfoSign



ATP lança filmes adesivos para adesivação de parede

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/06/2013

Novos filmes destinam-se a aplicações indoor

Novos filmes destinam-se a aplicações indoor

A ATP, fabricante de películas, anunciou que vai lançar vinis adesivos durante a Fespa londrina, que ocorre neste mês. As novidades, desenvolvidas para adesivação de parede, prometem facilitar a aplicação e resistir às condições típicas do ambiente outdoor.

Disponíveis em branco brilhante, branco fosco e acabamentos transparentes, os novos filmes são perfurados a laser e podem ser aplicados a seco — sem o uso de água ou fluídos de aplicação.

A empresa também vai mostrar substratos livres de PVC, com diferentes tons e estruturas, para serem usados em impressão digital.

Fonte: Graphic Display World



Versão 10 do RIP Caldera é lançada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/11/2014

Caldera V10 apresenta melhorias e novas funções

Caldera V10 apresenta melhorias e novas funções

A Caldera, desenvolvedora de softwares, lançou a décima versão do aplicativo homônimo. Segundo a empresa, a nova edição é duas vezes mais rápida que a precedente.

Com mais poder de processamento, APPE 3.3 e novos recursos de gerenciamento remoto, o Caldera V10 permite que os usuários otimizem a interface do software, para dar mais foco às tarefas. O RIP também pode trabalhar em conjunto com outros softwares que facilitem as operações produtivas.

Entre as ferramentas melhoradas da nova versão está o QuickPrint, que permite rodar trabalhos com configuração pré-definida. Já a PrintBoard exibe o status da produção por meio de um aplicativo baseado na web, possibilitando o monitoramento remoto das impressões.

Além disso, o Caldera V10 possibilita a adição de QR Codes no impresso e rasteriza arquivos grandes e com transparência e overprinting.

Joseph Mergui, CEO da Caldera, declarou: "Agora podemos imprimir em um número maior de superfícies e em novas situações. As áreas mais excitantes da impressão são aquelas ainda a surgir, mas a tecnologia necessária para criá-las começa aqui".

Fonte: Large Format Review