InfoSign fecha parceria com a SGIA

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/12/2013

Parceria visa alimentar o mercado brasileiro com informações de qualidade

Parceria visa alimentar o mercado brasileiro com informações de qualidade

O InfoSign acaba de fechar uma importante parceria com a SGIA (Specialty Graphic Imaging Association), associação internacional especializada em impressão. Referência no setor, a instituição é conhecida também por apresentar grandes inovações em sua feira anual.

De acordo com Michael Robertson, presidente da SGIA, a participação brasileira na feira tem sido expressiva. "No evento deste ano, em Orlando, tivemos a presença de 87 brasileiros, totalizado 11% dos participantes latino-americanos. Com a ajuda de veículos como o InfoSign, que trabalham para informar a comunidade, esperamos que em 2014, em Las Vegas, esse número seja ainda maior", afirmou.

Segundo o executivo, a indústria do Brasil é extremamente auspiciosa: "A comunidade gráfica brasileira está crescendo. A implementação de tecnologias de ponta e a produção de produtos de alta qualidade se destacam, resultando em um importante fator para o crescimento da economia brasileira".

Para Robertson, a América Latina deve ser analisada. "É importante que olhemos cada país. Cada nação possui seus pontos fortes e suas oportunidades. De modo geral, estamos notando que vários locais adotam melhorias para conquistar uma posição mais competitiva", pontuou.

Animado com a parceria, Robertson comentou: "Estamos ansiosos para apoiar organizações que oferecem educação e desenvolvimento à comunidade, e acreditamos que o Infosign é um recurso importante para os produtores gráficos de todo o Brasil".

Além de divulgar novidades sobre a SGIA, o Infosign publicará artigos técnicos escritos por especialistas da associação internacional. Com a parceria, mais informações de qualidade chegarão ao público brasileiro.



Esko lança mesa de corte Kongsberg C66

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2017
Equipamento conta com área de produção de 210mm × 4.800mm

Equipamento conta com área de produção de 210mm × 4.800mm

A Esko, fabricante de equipamentos para produção digital, anunciou a Kongsberg C66, mesa de corte e acabamento de mídias corrugadas para sinalização e embalagens.

Com área de trabalho de 3.210mm × 4.800mm, a máquina pode rodar na velocidade de 100m/min e, segundo a empresa, oferece desempenho até 40% maior que outros equipamentos similares com 3m de largura.

A Kongsberg C66 suporta a produções de múltiplas zonas, que asseguram o processamento ininterrupto dos materiais. Isso porque enquanto uma zona da mesa está em ação, o operador pode configurar a outra zona, limpando a peça acabada e carregando uma nova peça. Assim, a máquina pode trabalhar com mídias de 2,2m × 3,2m ou chapas de 2,5m × 4,8m.

O equipamento roda com o software i-cut Production Console (iPC), que controla as funcionalidades da máquina e inclui recursos como controle de câmera, configuração de produção e reconhecimento, calibração e ajustes de ferramentas. Projetado para orientar o operador, o aplicativo incorpora uma série de recursos lógicos e de fácil utilização, como a interface gráfica baseada em ícones. Combinado com o Device Manager, ele oferece o gerenciamento remoto de produção e fornece estimativas do tempo de corte com base nas características dos trabalhos.

A Esko também fornece uma grande variedade de ferramentas opcionais, que podem ser montadas rapidamente e preparadas para cortar e terminar um trabalho específico.

Tom Naess Esko, gerente de produto da Esko, declarou: “A Kongsberg C66 foi projetada para atender a demanda materiais rígidos de grande formato. Ela aumenta a produtividade e, quando combinada a recursos robóticos, garante produção ininterrupta, o que permite a realização rápida e eficiente de embalagens em tiragens mais curtas, sem comprometer a qualidade”.

Fonte: Esko



Avery abre inscrições para o campeonato Wrap Like A King 2018

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/07/2018
Competição engloba 53 países

Competição engloba 53 países

A fabricante Avery Dennison anunciou a abertura da edição 2018 do Wrap Like A King, campeonato internacional de envelopamento de veículos. A competição deste ano será realizada de 9 de julho a 14 de setembro e incluirá três categorias: regional, continental e mundial.

Instaladores de um grupo de 53 países (que não inclui o Brasil) podem enviar projetos de envelopamento de carros para concorrer a diversos pacotes de prêmios, que valem um total de mais de 30.000 dólares. Mais de 150 profissionais participaram do desafio em 2017.

As nações participantes compõem doze regiões que incluem Estados Unidos, Canadá, Europa, Austrália, Nova Zelândia, Japão e Coreia do Sul. Instaladores desses locais poderão enviar à comissão julgadora projetos de envelopamento executados com vinis da Avery Dennison, especificamente das séries Supreme Wrapping, Conform Chrome, ColorFlow e MPI 1105 Supercast Digital.

Os 12 vencedores regionais, além de ganhar 2.000 dólares em prêmios, vão se enfrentar pelos 4 títulos de campeões continentais: América do Norte, Europa, Norte da Ásia e Austrália/Nova Zelândia. Em seguida, o vencedor global será escolhido por um grupo de juízes durante a feira 2018 Sema, que ocorrerá entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro, em Las Vegas, EUA.

Os quatro vencedores do continente receberão uma estadia para participar da feira Sema 2018. O campeão ganhará um pacote de prêmios de 5.000 dólares, com vales adicionais e exposição de marca por meio do site da Avery Dennison e anúncios na web. Já o pacote de prêmios de 3.200 dólares dos vencedores continentais inclui brindes personalizados, um produto Race Ramp e uma variedade de ferramentas promocionais e de marketing.

O grupo de juízes do Wrap Like A King 2018 inclui: Justin Pate (do The Wrap Institute, EUA), Myles Kovacs (da DUB Magazine, EUA), Jun Kinoshita (da Avery Dennison Japão), Mark Richardson (da Elite Wraps, Reino Unido), Alain Carcat (da Avery Dennison Europa), Molly Waters (da Avery Dennison América do Norte), Peter Wright (da Avery Dennison Ásia-Pacífico) e Marco Kimme (da German Wrapping Association, Alemanha).

Fonte: Avery Dennison