Inca Digital lança software de análise de produção

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/03/2013

A Inca Digital, fabricante de equipamentos para impressão digital, anunciou o lançamento do Inca ReporterPro, software desenvolvido para facilitar o trabalho dos gestores de produção.

Segundo os representantes da marca, o Inca ReporterPro oferece ferramentas para monitorar impressoras, dando acesso a uma ampla gama de estatísticas por meio de uma interface web parecida com a de um navegador.

Inca ReporterPro, um software projetado para facilitar o trabalho dos gestores de produção

Inca ReporterPro, software para facilitar o trabalho dos gestores de produção

Apresentando uma visão detalhada das métricas, o software é capaz de gerar relatórios para cada ocasião e tipo de gestão, com a intenção de ajudar a otimizar os processos e aumentar a eficiência dos trabalhos.

Versátil, o aplicativo permite que sejam criadas dashboards personalizadas para diferentes usuários, selecionando as ferramentas mais pertinentes para cada um deles e entregando informações sobre dados específicos (tempo de atividade da máquina, número de folhas impressas e quantidade de tinta utilizada).

Fonte: Inca Digital



Caldera e Lüscher-Tschudi criam solução para impressão digital têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/07/2016
T-REX 320 roda com versão especial de RIP Caldera

T-REX 320 roda com versão especial de RIP Caldera

A Caldera, desenvolvedora francesa, e a Lüscher-Tschudi, fabricante suíça de impressoras digitais, uniram-se para criar uma solução conjunta de estamparia têxtil digital. Trata-se da impressora T-REX 320, que inclui uma versão OEM do software GrandRIP+.

Com 3,2m de largura, o equipamento, que pode trabalhar na velocidade máxima de 230m2/h, é indicado para estampar tecidos para sinalização, decoração, moda e aplicações industriais. A máquina emprega até 16 cabeças Konica Minolta 1024i e conjunto de até 8 cores, além de poder empregar tintas com corante disperso ou reativo.

A T-REX 320 inclui secador e fixador e pode ter uma unidade de termofixação opcional, disponível nas larguras de 2,6m ou 3,2m. Segundo a empresa, o dispositivo trabalha com extração de calor, corte térmico, velocidades variáveis e estabilidade térmica.

No mercado de impressão têxtil desde 1999, a Lüscher-Tschudi também oferece consultorias grátis para empresas que buscam ingressar no segmento de estamparia em tecidos.

Já a Caldera, que celebra 25 anos em 2016, tem como carro-chefe o GrandRIP+, que oferece ferramentas de gerenciamento de cores e otimização de tintas e mídias.

Joseph Mergui, CEO da Caldera, declarou: “Nossas parcerias na indústria têxtil estão nos ajudando a melhorar nossas soluções de produção têxtil. Ao criar pontes entre os processos que antes não falavam a mesma língua, estamos provendo benefícios para empresas em todo o mundo”.

Fonte: Caldera



APS e Fespa anunciam Fespa Brasil Fórum

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/07/2015

Organizadores apresentaram o novo fórum em encontro com empresários e jornalistas

Organizadores apresentaram o novo fórum em encontro com empresários e jornalistas

No dia 1º de julho, a APS e Fespa, organizadoras de feiras, promoveram um encontro para anunciar o 1º Fespa Brasil Fórum – Negócios, Oportunidades e Tecnologia.

Trata-se de um evento que percorrerá seis cidades (São Paulo, Rio de Janeiro, Blumenau, Curitiba, Brasília e Recife) e tem como objetivo reunir empresários e técnicos para debater o futuro do mercado, discutir novas oportunidades e apresentar tecnologias.

Na ocasião, serão apresentados dados da Fespa Print Census, pesquisa internacional realizada em parceria com a InfoTrends, que incluiu informações sobre o mercado nacional de impressão digital. O evento abre com uma palestra que aborda as mudanças no cenário nacional e como elas podem ser de grande valor. Na parte da tarde, será ministrado o programa de tecnologia, com cursos sobre técnicas e processos de tratamento de imagens, gerenciamento de cores, fechamento e preparação de arquivos.

Investimento no mercado

Durante o evento promovido no dia 1ª de julho pelos organizadores do fórum, o diretor da Fespa Brasil, Alexandre Keese, falou sobre a estrutura da APS Feiras e destacou a importância de estar próximo aos mais variados segmentos, para entender as necessidades e particularidades de cada um. Na ocasião, o executivo declarou: “Será um grande debate sobre o mercado nas cidades por onde o Fespa Brasil Fórum passará. Tendo como ponto de partida os números do Fespa Print Census, convidamos os empresários para uma conversa sobre o nosso mercado, falando de tendências e caminhos mais interessantes. Logo após, os profissionais de impressão poderão aprender muito com a parte de tecnologia”.

Organizadores apresentaram em São Paulo objetivos e motivações para criar o Fespa Brasil Fórum

Organizadores apresentaram em São Paulo objetivos e motivações para criar o Fespa Brasil Fórum

Neil Felton, CEO Fespa, veio ao Brasil para o anúncio e reportou alguns números do Fespa Print Census, além de apresentar a história e o alcance global da Fespa atualmente, através de suas associações e seu Programa de Reinvestimento, que contou com 3,6 milhões de euros entre 2007 e 2014. O CEO declarou: “Sou realmente apaixonado pelo país e pela Fespa Brasil, que é parte fundamental do crescimento global da federação. Ela é a feira com o melhor resultado de visitante por metro quadrado de nosso portfólio. O Fespa Brasil Fórum vem a somar às iniciativas que já existiam e às outras novidades apresentadas hoje”.

Já o diretor da APS Feiras, Ismael Guarnelli, destacou a importância de estar conectado ao que ocorre em todas as regiões do país. O executivo declarou: “Cada região do Brasil possui características muito específicas. Com o fórum, poderemos entender as necessidades e as demandas de cada local, podendo assim promover uma feira ainda mais grandiosa e integrada ao empresário e trabalhador do ramo de impressão digital”.

Fonte: Fespa Brasil