Inca Digital lança impressora inkjet formato B1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/05/2017
Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

A fabricante Inca Digital apresentou uma nova impressora inkjet para produções de substratos no formato B1. Baseada na mesma plataforma dos modelos Onset X e Spyder X, a máquina foi desenvolvida para empresas que atuam nos mercados de offset, serigrafia e impressão industrial.

A máquina tem oito canais de tinta e pode ser configurada de acordo com as necessidades da gráfica. Segundo a fabricante, a nova plataforma B1 praticamente elimina o manuseio das mídias pois emprega um sistema automatizado de alimentação de substratos. Isso permite que o operador se concentre na qualidade de impressão e reduza erros.

A impressora emprega cabeças que disparam gotas com 7 picolitros para formar textos de quatro pontos e cores suaves, ideais para impressões que serão visualizadas de perto. Além disso, inclui um sistema de cura UV de dois estágios não esquenta substratos sensíveis ao calor durante a impressão.

A fabricante ainda ressalta que a impressora tem uma série de outros recursos, como recirculação de tinta, limpeza automática das cabeças e prevenção de colisões, que garantem que a máquina mantenha seu desempenho produtivo regular.

John Mills, CEO da Inca, declarou: “Esta solução é a nossa resposta à demanda por uma impressora inkjet B1 capaz de produzir tiragens mais curtas e sob demanda. A produtividade e a qualidade da nova plataforma darão aos gráficos e serígrafos a confiança necessária para reduzir o volume de trabalho de suas impressoras comerciais, aumentar a produtividade geral e abrir novos fluxos de receita potenciais no processo”.

Fonte: Fujifilm



Benefícios da cura LED UV na impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/07/2014

Pouca geração de calor e baixo consumo de energia elétrica são alguns dos benefícios do LED na cura de tintas UV

Pouca geração de calor e baixo consumo de energia elétrica são alguns dos benefícios do LED na cura de tintas UV

Na indústria de impressão digital, algo novo está sempre sendo apresentado. À medida que a tecnologia cresce, é importante que o conhecimento sobre ela também aumente. Por exemplo, você sabia que a tecnologia LED usada na cura de tintas UV consome 75% menos eletricidade que as lâmpadas tradicionais?

De acordo com a Hybrid Services, distribuidora britânica de equipamentos Mimaki, os clientes estão cada vez mais preocupados com os impactos ambientais. E também têm se esforçado para reduzir custos operacionais. Nesse caso, o uso da tecnologia LED UV pode trazer benefícios, tais como:

  • consumo menor de eletricidade (75% menos que sistemas tradicionais de impressão de cura UV);
  • geração mínima de calor;
  • durabilidade de 5.000 horas;
  • operação livre de ozônio;
  • menor geração (aproximadamente 75% menos) de CO2;
  • intensidade de emissão ajustável.

A Hybrid Services informa que a maioria das fabricantes de impressoras UV atualmente utilizam lâmpadas tradicionais "quentes". No entanto, há empresas, como a Mimaki, que são pioneiras em empregar LEDs de cura "fria".

Há milhares de impressoras Mimaki com LED UV operando no mundo. São máquinas capazes de imprimir diretamente em displays para PDV, produtos promocionais, painéis de membrana, sinalização, mídias rígidas, capas de telefone, canetas, chaveiros, vestuário, fine arts, vinis para envelopamento de carro, cartazes, papéis de parede, peças para decoração e uma série de outras aplicações.

A Hybrid Services informa ainda que a tecnologia LED paulatinamente tem se tornado mais eficaz e acessível, em comparação com as lâmpadas "quentes", e os benefícios dela têm ficado cada vez mais evidentes.

Fonte: led-uv.co.uk



Feira Signs Nordeste espera receber 8 mil visitantes em 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/09/2013

Signs Nordeste: feira leva novidades à região

Signs Nordeste: feira leva novidades à região

Agendada para ocorrer entre os dias 29 de outubro e 01 de novembro, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza (CE), a edição 2013 da Signs Nordeste, feira de impressão digital e serigrafia, promete apresentar novos equipamentos, materiais e mídias para técnicos e empresários da região.

Faça sua inscrição
Baixe a planta da feira

Segundo a FCEM Feiras e Congressos, organizadora do evento, a exposição contará com os principais fornecedores de equipamentos serigráficos e de impressão digital sediados atualmente no país. Também serão apresentados lançamentos de lonas, adesivos, substratos e tintas.

No ano passado, a primeira edição da feira contou com 45 marcas, que exibiram tecnologias para mais de 5 mil profissionais. Para 2013, a expectativa é que o evento atraia mais de 8 mil pessoas.

Além das marcas que expuseram em 2012, o visitante encontrará, numa área de exposição ainda maior, prestadores de serviço e publicações técnicas. O evento ainda conta com apoio das seguintes entidades:

  • Abigraf (Associação Brasileira da Indústria Gráfica);
  • Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos);
  • Fortaleza Convention & Visitors Bureau;
  • Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas);
  • Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial);
  • Sindicato da Indústria Gráfica do Ceará.

Veja fotos da edição passada da feira Signs Nordeste:

Os visitantes poderão ver tecnologias de sublimação em funcionamento

Os visitantes poderão ver tecnologias de sublimação em funcionamento

Em 2012, a feira atraiu cerca de 5 mil pessoas

Em 2012, a feira atraiu cerca de 5 mil pessoas

Em 2013, a organizadora pretende angariar 8 mil visitantes

Em 2013, a organizadora pretende angariar 8 mil visitantes

Visitante vai poder conferir novas impressoras digitais

Visitante vai poder conferir novas impressoras digitais

Feira dá ênfase a tecnologias de impressão digital

Feira dá ênfase a tecnologias de impressão digital

Fonte: Signs Nordeste