Inca Digital lança impressora inkjet formato B1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/05/2017
Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

A fabricante Inca Digital apresentou uma nova impressora inkjet para produções de substratos no formato B1. Baseada na mesma plataforma dos modelos Onset X e Spyder X, a máquina foi desenvolvida para empresas que atuam nos mercados de offset, serigrafia e impressão industrial.

A máquina tem oito canais de tinta e pode ser configurada de acordo com as necessidades da gráfica. Segundo a fabricante, a nova plataforma B1 praticamente elimina o manuseio das mídias pois emprega um sistema automatizado de alimentação de substratos. Isso permite que o operador se concentre na qualidade de impressão e reduza erros.

A impressora emprega cabeças que disparam gotas com 7 picolitros para formar textos de quatro pontos e cores suaves, ideais para impressões que serão visualizadas de perto. Além disso, inclui um sistema de cura UV de dois estágios não esquenta substratos sensíveis ao calor durante a impressão.

A fabricante ainda ressalta que a impressora tem uma série de outros recursos, como recirculação de tinta, limpeza automática das cabeças e prevenção de colisões, que garantem que a máquina mantenha seu desempenho produtivo regular.

John Mills, CEO da Inca, declarou: “Esta solução é a nossa resposta à demanda por uma impressora inkjet B1 capaz de produzir tiragens mais curtas e sob demanda. A produtividade e a qualidade da nova plataforma darão aos gráficos e serígrafos a confiança necessária para reduzir o volume de trabalho de suas impressoras comerciais, aumentar a produtividade geral e abrir novos fluxos de receita potenciais no processo”.

Fonte: Fujifilm



Matan lança impressora Barak 8QW com tinta branca

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/10/2013

Impressora Barak 8QW pode fazer impressão frente e verso

Barak 8QW pode fazer impressão frente e verso

A Matan, fabricante de impressoras digitais, lançou na SGIA 2013 a Barak 8QW, máquina com cura UV e sistema híbrido de alimentação de substrato, que pode trabalhar a 353m²/h, em mídias de até 5m de largura.

O equipamento emprega tinta branca e possui diversos atributos e funções, como a impressão frente e verso (com registro) em mídias blockout. Automático, esse processo é ativado por um conjunto de softwares e sensores ópticos e elimina a necessidade de manuseio.

A nova máquina também apresenta sistema de acabamento em linha, que permite a impressão e o corte em um único fluxo de trabalho.

Outras inovações do equipamento incluem uma mesa de vácuo (que possibilita trabalhar com substratos flexíveis), novos modos de impressão (que proporcionam padrões diferenciados de alta qualidade) e um software de análise (que ajuda a melhorar o aproveitamento da mídia, da tinta e da mão de obra).

De acordo com a fabricante, a impressão de tinta branca permite aos usuários expandir seus negócios e aumentar suas receitas e margens de lucros.

Fonte: Matan Printers



Caldera oferece Pantone Color Matching para usuários de Caldera V11

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/11/2016
Clientes que adquirirem o Caldera V11 receberão os indicadores gratuitamente

Clientes que adquirirem o Caldera V11 receberão os indicadores gratuitamente

Para comemorar seus 25 anos, a Caldera, desenvolvedora francesa de softwares, está presenteando os clientes que adquirirem a versão 11 do RIP homônimo com indicadores de iluminação da Pantone, usados para determinar se as condições de iluminação estão corretas na avaliação de cores.

A oferta vai até o dia 31 de dezembro de 2016. Os novos clientes receberão seus indicadores na caixa do Caldera V11, já os demais clientes poderão solicitá-los on-line ao atualizar o software.

Para tornar as avaliações de cores, as condições de iluminação precisam estar calibradas. Para tanto, a Pantone desenvolveu etiquetas indicadoras de iluminação. As diferenças de iluminação entre os ambientes podem ser muito grandes, e tomar decisões sobre cores em condições incorretas pode resultar em muitas reimpressões.

Ao utilizar os indicadores da Pantone, os operadores podem checar rapidamente se as condições de iluminação são adequadas. O indicador D50 é indicado para estúdios de design gráfico, ao passo que o indicador D65 é recomendado no desenvolvimento de produtos industriais e têxteis.

Segundo a empresa, os indicadores são fáceis de usar. Quando as condições de iluminação estiverem adequadas, haverá correspondência entre dois patches. Entretanto, em condições incorretas, os patches serão diferentes.

Joseph Mergui, CEO da Caldera, declarou: “Os indicadores da Pantone sempre foram recomendados pela equipe da Caldera ao lidar com questões de correspondência de cores, razão pela qual consideramos esses dispositivos um brinde valioso aos nossos clientes”.

Fonte: Caldera