Novas impressoras Océ Arizona 480 chegam ao mercado internacional

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/11/2012

Arizona 480 GT: impressora UV plana da Océ

A Océ, fabricante de impressoras digitais, aproveitou as recentes feiras internacionais para lançar dois equipamentos planos (flatbed) da linha Arizona®: o 480 GT (mesa de 1,25 x 2,5m) e o 480 XT (2,5 x 3,05m). Além das características típicas da família, como a tecnologia Océ VariaDot® (pontos de dimensões variadas), as impressoras incluem uma série de novidades técnicas:

Oito canais independentes de tinta

Os quatro primeiros canais são dedicados às cores do padrão CMYK. Porém os canais "5" e "6" podem ser configurados de duas maneiras:

  • Verniz e tinta branca: combinados, esses dois insumos podem criar aplicações únicas. A tinta branca, por exemplo, pode ser usada para fazer impressões em substratos coloridos, incluindo backlits. Já o verniz serve para dar acabamento superficial (reserva ou total);
  • Duas vezes tinta branca: nesse caso, dois canais ("5" e "6") são usados para o branco, proporcionando o dobro da opacidade na impressão.

Os demais canais, "7" e "8", podem ser usados para aumentar a produtividade, ao acrescentar mais tintas cyan e magenta. Esse esquema é chamado de CM2 e oferece modos de operação de alta qualidade, mas de velocidades maiores (quase 25% mais rápido do que o modo de produção normal, sem os canais adicionais de tintas).

Impressora Océ Arizona 480 XT possui oito canais de tintas

Compensação de pixel

As impressoras Océ Arizona 480 usam uma nova tecnologia que, segundo a fabricante, otimiza a nitidez, densidade e uniformidade das imagens impressas, tanto em substratos em bobina quanto naqueles fixados na mesa. Para tanto, os equipamentos têm a capacidade de fazer compensações de pixels nas imagens, deixando-as mais equilibradas.

Sistema de vácuo (na mesa da impressora)

Há seis zonas de vácuo na Océ Arizona 480 GT. Já na Océ Arizona 480 XT, são sete áreas. Estas zonas foram projetadas para trabalhar com os formatos de mídias mais usados no mercado, para reduzir o manuseio de substratos feito pelos operadores.

Modo "Batch"

Com essa nova função, o operador pode imprimir um conjunto de mídias (por exemplo: 50 itens de 90 x 120cm e 30 itens de 122 x 243cm) numa mesma produção.

Mais características técnicas

As duas novas impressoras da Océ podem imprimir em mídias rígidas de até 50,8mm de espessura. Trabalham em velocidade de impressão de 25,3m2/h, para estampar diversos materiais rígidos e flexíveis. A empresa vende como opcional o sistema de alimentação de substrato do tipo rolo a rolo, que suporta bobinas com 2,2m de largura.

Veja mais: conheça um pouco da fabricação das impressoras Arizona:

Fonte: Océ. Texto: InfoSign



Mimaki anuncia nova mesa de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/10/2017
CF22-1225 possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m

CF22-1225 possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m

A filial norte-americana da Mimaki, fabricante de impressoras e plotters, anunciou no mercado internacional a CF22-1225, mesa de corte que estará disponível a partir de dezembro de 2017.

Baseado na plataforma Mimaki CF2, o equipamento possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m e pode acomodar mídias impressas em equipamentos flatbed, como corrugados, placas de estireno, borrachas, materiais de resina e plásticos, para a produção de embalagens e aplicações industriais e de comunicação visual. Além disso, oferece vários tipos de encaixes para diversas ferramentas de corte, dobra e desenho. Entre elas, facas giratórias, facas tangenciais, facas reciprocantes e opções de caneta.

A CF22-1225 roda com os softwares FineCut8 e RasterLink6 Plus, que inclui a função ID Cut, para tornar a impressão e o corte mais rapidos. Além das marcas de registro, o aplicativo insere códigos de barras (nas impressões) que contém informações de corte que permitem à CF22-1225 automatizar o fluxo de trabalho.

Além de suportar conexões USB 2.0 e Ethernet, a máquina possui painel LCD de controle com teclas de atalho para as funções mais usuais.

A Mimaki sugere que a CF22-1225 seja utilizada em conjunto com o software ArtiosCAD Designer Solution e a impressora plana JFX200-2513 UV-LED – uma solução completa para criação de embalagens e materiais customizados.

Fonte: Mimaki USA



Gênesis lança tintas sublimáticas da marca Sublitop Micropiezo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/09/2013

Tintas Digital Sublitop, da Gênesis

Tintas Digital Sublitop, da Gênesis

A Gênesis, fabricante de tintas, anuncia o lançamento da linha Sublitop Micropiezo. Composta por quatro produtos (relação abaixo), a novidade foi desenvolvida para uso em cabeças Epson Micropiezo DX4, DX5, DX6 (TFP) e DX7. Segundo a fabricante, trata-se de uma linha universal, criada para aumentar o desempenho e diminuir a quantidade de limpezas nas cabeças.

Voltada para empresas que trabalham com produtos promocionais e maior tiragem, a nova série de tintas para sublimação é composta pelos seguintes insumos:

  • DS.8001 – Tinta Digital Sublitop Micropiezo Amarelo;
  • DS.8002 – Tinta Digital Sublitop Micropiezo Magenta;
  • DS.8004 – Tinta Digital Sublitop Micropiezo Cyan;
  • DS.8006 – Tinta Digital Sublitop Micropiezo Preto.

A Gênesis vende as tintas Sublitop Micropiezo em frascos de 1 litro. Além disso, as garrafas são acondicionadas individualmente em uma caixa forrada de isopor, o que proporciona maior durabilidade e vida útil aos insumos. Esse cuidado é necessário para que as tintas não percam suas características.

Aos interessados, a fabricante também recomenda o uso de papel com tratamento físico ou químico, como os papéis tratados e calandrados. Não é recomendado o papel sulfite, pois ele absorve muita tinta e pode danificar a cabeça de impressão.

Outros insumos para sublimação fazem parte do portfólio da Gênesis, como a Subligen (tinta para cabeças Epson DX4 e DX5), a Subliplus (tinta para cabeças Epson Micropiezo DX4 e DX5) e os materiais para limpeza, como o Cleaner Digital Subligen e o Cleaner Digital Subliplus.

Fonte: Gênesis