Impressora para sublimação da Roland chega com exclusividade ao Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/01/2013

Roland RE-640s, impressora para sublimação

Roland RE-640s, impressora para sublimação chega ao Brasil

A Roland DG, fabricante de equipamentos para comunicação visual, lança no mercado brasileiro a RE-640S, impressora para sublimação. A iniciativa visa atender os mercados de estamparia, uniformes e vestimentas. Segundo a empresa, a máquina é ideal para quem está iniciando na impressão sublimática, por ter custo acessível.

"Com o crescimento do mercado têxtil, a Roland desenvolveu a RE-640s especialmente para o Brasil, como porta de entrada para os empreendedores nesse negócio", esclarece Willians Lotti, supervisor de produto da Roland DG. "Além de atender pequenas e grandes tiragens de produção, a RE-640s vem com o RIP VersaWorks e rebobinador de material, que dispensa o acompanhamento contínuo das impressões", conclui o supervisor.

Interessado? Veja mais algumas informações técnicas da RE-640s:

  • Impressora para sublimação: de 1,6m de largura;
  • Sistema de rebobinador de mídia integrado;
  • Velocidade máxima de impressão de 32m²/h;
  • Resolução de até 720 dpi;
  • Sistema inteligente de manutenção automática.

Fonte: Roland DG. Edição: InfoSign



DTG Digital lançará equipamentos para impressão direta em tecidos na Fespa 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/03/2016
DTG M3 é indicada para empresas que produzem altas tiragens de peças têxteis personalizadas

DTG M3 é indicada para empresas que produzem altas tiragens de peças têxteis personalizadas

Durante a Fespa 2016, feira internacional que ocorre entre os dias 8 e 11 de março, na Holanda, a DTG Digital, fornecedora de equipamentos para estamparia têxtil, promete lançar a DTG M3, máquina de impressão direta em tecidos.

Segundo a empresa, a M3 possui uma série de novos recursos que complementam a demanda de empresas com produções de alto volume.

A máquina apresenta um novo sistema composto por séries de placas que permitem a impressão de três peças de formato muito grande ou a impressão de seis peças de tamanho padrão, o que reduz a necessidade de múltiplas placas na produção e utiliza um espaço de no máximo 1.150mm x 650mm.

Steve Richardson, CEO da DTG Digital, declarou: “Ao desenvolver a M3, queríamos aumentar a velocidade e simplificar a interface do usuário. Sentimos que precisávamos oferecer um equipamento mais produtivo e mais viável financeiramente”.

A DTG Digital já instalou mais de 8 mil equipamentos de impressão direta em tecidos no mundo.

Fonte: Fespa



Caldera lança solução para monitorar produção (Printboard)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/03/2013

Printboard da Caldera

Printboard, da Caldera, pode ser acessada através de tablets

A Caldera, desenvolvedora de softwares gráficos, anuncia solução que permite aos birôs e gráficas digitais monitorar tudo o que está sendo impresso dentro da empresa. Intitulada de Printboard, a solução — que havia sido lançada em 2012 apenas como plug-in — é composta pelo software Variable Display e por um hardware, que suporta qualquer tipo de display (tela), além de ser compacto e de fácil instalação.

A Printboard exibe informações como a quantidade diária de metro quadrado produzido, a produção de cada impressora e o número de erros cometidos. Isto é, ela oferece uma visão panorâmica dos trabalhos, além de facilitar o gerenciamento de toda a empresa.

A Printboard pode ser acessada de qualquer lugar através de dispositivos móveis, como tablets.

Segundo a Caldera, quando os birôs e gráficas digitais experimentarem a Printboard, eles vão perceber a importância de apresentá-la como um "valor agregado" aos seus clientes.

Printboard da Caldera

Printboard exibe informações sobre a produção do birô

Fonte: Caldera. Texto: InfoSign