Impressora Mimaki Tx300P-1800 receberá upgrade

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/04/2017
Tx300P-1800 poderá trabalhar com tintas pigmentadas e sublimáticas

Tx300P-1800 poderá trabalhar com tintas pigmentadas e sublimáticas

A Mimaki anunciou que o Tx300P-1800, equipamento de impressão direta em tecidos, terá a capacidade de trabalhar tanto com tinta sublimática (para tecidos com poliéster) quanto com pigmentada (para algodão). Isso significa que a mesma máquina poderá estampar maior número de tipos de tecidos sem precisar trocar os sistemas de alimentação dos insumos. Segundo a empresa, a nova tecnologia é um avanço que melhorará a produtividade e aumentará a flexibilidade de empresas que produzem materiais têxteis.

Os tipos de tintas não requerem pós-tratamentos (vaporização ou lavagem), o que facilita a adoção da tecnologia, pois ela não exige muito espaço para instalação, não emprega grande quantidade de água e não requer conhecimentos especiais para estampar os tecidos impressos. No entanto, além da própria impressora, é necessário o uso de equipamentos de fixação de cor.

Indicada para estampar tecidos para decoração, vestuário, moda e sinalização, a Tx300P-1800 é indicada para produções de curta tiragens ou de amostras e projetos personalizados.

Ronald van den Broek, gerente geral da Mimaki Europe, declarou: “É fácil e rápido trocar os tipos de tecido, basta selecionar o sistema de tinta apropriado para cada material. Além disso, estas tintas não exigem o uso de água ou vapor no processo de pós-tratamento, tornando-as ambientalmente sustentável”.

A novidade estará disponível a partir do segundo semestre de 2017.

Fonte: Mimaki



3M anuncia seis novas opções de vinis para envelopamento de carros

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/09/2016
Adições fazem parte da linha 3M Wrap Film Series 1080

Adições fazem parte da linha 3M Wrap Film Series 1080

A 3M, desenvolvedora de tecnologias, anunciou no mercado internacional o lançamento de seis opções de vinis adesivos da linha Wrap Film Series 1080, composta por filmes para envelopamento de carros. Três películas apresentam acabamento iridescente (Gloss Flip Electric Wave, Satin Flip Caribbean Shimmer e Satin Flip Glacial Frost) e três apresentam cores clássicas com efeitos diferenciados (Gloss Storm Gray, Satin Gold Dust Black and Satin Frozen Vanilla).

Os três filmes iridescentes exibem efeitos policromáticos exclusivos que mudam sob diferentes ângulos de visão e iluminação. Esses vinis refratam tons de roxos e azuis e criam um acabamento prismático diferenciado. Os outros três vinis apresentam tons neutros e produzem efeitos com brilhos texturizados e acabamento acetinado ou brilhante.

Segundo a empresa, as novas opções de vinis oferecem excelente estabilidade dimensional, reposicionamento e durabilidade. Além disso, possuem adesivo permanente e garantia 3M MCS e são vendidos em rolos de 60 polegadas de largura.

Janelle Pizzi, gerente de produto da 3M Commercial Solutions Division, declarou: “Para os instaladores, nada é mais importante do que vinis que ajudam a executar trabalhos criativos, razão pela qual a 3M tem o prazer de apresentar essas seis opções de filmes”.

Fonte: 3M



Bordeaux lança tinta digital látex

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2014

Eden TX foi desenvolvida para impressão de tecidos

Eden TX foi desenvolvida para impressão de tecidos

A Bordeaux, fabricante de insumos para impressão digital, lançou a Eden TX, série de tintas látex compatíveis com tecidos de fibras naturais, sintéticas ou misturadas.

Trata-se de uma tinta pigmentada à base d’água que pode imprimir diretamente (sem a necessidade de pré ou pós-tratamento) em substratos de algodão ou de poliéster – versatilidade que a fabricante enxerga como fundamental no mercado atual de impressão digital.

Por imprimir em qualquer mistura de tecidos (100% algodão, 100% poliéster ou uma mistura de ambos), a Eden TX dispensa os birôs de estocarem vários tipos de tinta para imprimir em diferentes tipos de tecidos.

Segundo a empresa, a tinta látex da Bordeaux foi desenvolvida para ser empregada em cabeças de impressão piezoelétricas da Epson.

Fonte: Bordeaux