Abertas as inscrições para o HP Sign&Display Print Excellence 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/12/2012

Prêmio HP

Ótima oportunidade de mostrar ao mundo o potencial do seu birô

A HP está promovendo o concurso Sign & Display Print Excellence 2013. A intenção do prêmio é reconhecer os donos de impressoras Scitex e Designjet que tenham produzido instalações de destaque no mercado internacional de grandes formatos.

Julgados por especialistas, os trabalhos podem ser inscritos em diferentes categorias, como envelopamento de veículos, aplicações de comunicação visual comercial, para varejo e PDV (ponto de venda), por exemplo.

Para se inscrever, basta acessar o site oficial do HP Print Excellence Awards e preencher o formulário até o dia 25 de fevereiro de 2013. Os campeões serão anunciados em abril desse mesmo ano, durante a feira ISA  Sign Expo. Os vencedores também recebem um título especial por colaborarem com o meio ambiente por usarem tintas UV, látex ou à base d’água.

Para Xavier Garcia, vice-presidente e diretor geral da área de Grande Formato da HP, essa é uma ótima oportunidade: "Os birôs estão sempre procurando maneiras de se diferenciar. Essa é uma bela chance para que eles mostrem como estão usando as soluções HP para criar trabalhos inovadores".

Você também pode conferir a galeria dos vencedores de 2012.

Fonte: HP. Texto: InfoSign



swissQprint desenvolve ferramenta que evita desperdício na impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/02/2017
Recurso permite a retomada perfeita da impressão após falha

Recurso permite a retomada perfeita da impressão após falha

A SwissQprint, fabricante de impressoras digitais, adicionou um novo recurso de software que ajuda a evitar retrabalhos. O aplicativo, imediatamente após uma falha de impressão, retoma as operações exatamente no ponto da última passada, e sem deixar rastros.

É praxe nas máquinas UV da swissQprint que o carro de impressão pare imediatamente caso entre em contato com uma pessoa ou objeto. O sistema também para se houver o perigo de a cabeça de impressão entrar em contato com o substrato, um choque que ocorre quando há ondulações ou bordas elevadas na mídia. Portanto, os operadores e as cabeças ficam mais seguros.

Com a nova ferramenta, depois de uma falha ou acidente, o operador pode retomar a impressão exatamente do mesmo ponto onde a cabeça estacionou, que pode ser, por exemplo, no meio de uma passada.

Segundo a empresa, trata-se de uma ferramenta útil para empresas que produzem com prazos muito apertados ou quando se trabalha com mídias caras e em quantidade limitada, pois a interrupção da impressão não resultará em perda de tempo e material.

A nova ferramenta está disponível para os atuais clientes da swissQprint como um upgrade, além de ter sido integrado a sistemas OEM da companhia.

Fonte: swissQprint



Região italiana ganha destaque como polo produtor de impressoras têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/08/2014

Na cidade de Milão e no entorno do lago Como estão concentradas diversas fabricantes de impressoras digitais para estamparia têxtil

Na cidade de Milão e no entorno do lago de Como estão concentradas diversas fabricantes de impressoras digitais para estamparia têxtil

Há séculos, a cidade de Milão e a região do lago de Como, na Itália, foram polos definidores de tendências para as indústrias de moda e decoração. Trata-se de um centro de inovação em impressão de tecidos – muito influenciada recentemente pelos sistemas digitais.

Os primeiros equipamentos a jato de tinta para estamparia têxtil começaram a ser fabricados na década de 1990, por empresas locais, como Robustelli. Atualmente, a região conta com fabricantes como AlephF-Tex, DurstKornitReggianiMS Printing – empresas que vêm transformando o mercado de tecidos, como ponta de lança de eficiência produtiva e sustentabilidade.

Com as impressoras digitais mais recentes, a Miroglio Textile, por exemplo, conseguiu reduzir o consumo de água em mais de 90% e diminuiu drasticamente a emissão de CO2.

Pesquisa do InfoTrends indica que em 2013 cerca de 370 milhões de metros quadrados de tecidos foram produzidos digitalmente para vestuário, decoração e aplicações industriais. A tendência é que o número cresça nos próximos anos.

Fonte: My Print Resource