HP lança mídia composta por material reciclado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/10/2018
Recycled Satin Canvas é produzido em esquema mais sustentável

Recycled Satin Canvas é produzido em esquema mais sustentável

A HP anunciou no mercado internacional a Recycled Satin Canvas, mídia composta por garrafas plásticas recicladas.

Segundo a empresa, a mídia é mais barata do que a maioria dos substratos similares. Além disso, não exige a aplicação superficial de um revestimento protetor.

Compatível com tintas aquosas, a HP Recycled Satin Canvas oferece acabamento acetinado e ligeiramente texturizado. Por isso, apresenta uma aparência artística indicada para aplicações como ampliações de fotos e decoração de ambientes corporativos e hospitalidades.

A HP Recycled Satin Canvas foi premiada na Product of Year 2018, competição promovida pela SGIA, conceituada associação norte-americana especializada no mercado de impressão digital.

Entre 5 e 13 milhões de toneladas de plástico são descartados nos oceanos todos os anos, e 91% dos resíduos plásticos nunca são reciclados. Para dirimir esses números alarmantes, tanto consumidores quanto fornecedores estão produzindo esforços para aumentar a consciência ambiental e utilizar materiais mais sustentáveis, como o HP Recycled Satin Canvas.

Fonte: HP



Brasileiro fica em segundo lugar em concurso internacional promovido pela Roland DG

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/11/2015
Competição reuniu no Japão os melhores profissionais de todas as assistências técnicas autorizadas da Roland no mundo

Competição reuniu no Japão os melhores profissionais de todas as assistências técnicas autorizadas da Roland no mundo

Entre os dias 20 e 22 outubro, na sede japonesa da Roland DG Corporation, em Hamamatsu, técnicos do mundo inteiro participaram da final do Global SE Award 2015, competição de engenheiros de serviço responsáveis pela reparação e manutenção de equipamentos da fabricante nipônica. O campeão foi Terry Carpenter, dos Estados Unidos. Em segundo lugar ficou o brasileiro Alexandre Geraldi. O posto de terceiro lugar foi ocupado por Peter De Bont, da Bélgica.

O Global SE Awards foi criado em 2008 entre as assistências técnicas japonesas. Em 2013, foi expandido para todas as subsidiárias Roland DG. No processo, são selecionados técnicos de serviços para concorrer ao título mundial, no Japão, onde os profissionais têm de colocar em prática habilidades e conhecimentos sobre equipamentos da marca.

Realizadas entre fevereiro e agosto de 2015, as etapas regionais tiveram a participação de 449 técnicos de 50 países, dentre os quais 21 profissionais foram selecionados. A etapa final foi composta por três desafios: substituição de cabeças de impressão, reparação de máquinas quebradas e exame escrito.

Alexandre Geraldi recebe troféu de executivo da Roland DG, no Japão
Alexandre Geraldi recebe troféu de executivo da Roland DG, no Japão

Somente concorreram ao Global SE Award profissionais que possuem certificação técnica da Roland DG. Para se tornar um certificado, é necessário passar por treinamento específico, que inclui exames práticos e escritos.

A Roland DG também está desenvolvendo um sistema on-line, para que as assistências técnicas autorizadas troquem informações, ajudando assim umas as outras. Futuramente, a empresa pretende unificar o sistema com o Global SE Award, para criar um banco de informações único.

Takaaki Koshita, gerente geral de serviços técnicos Roland DG Japão, declarou: “Com a promoção das etapas nacionais, buscamos desafiar os conhecimentos e as habilidades técnicas de cada profissional, que foram conquistadas com seu trabalho diário, e incentivá-los a compartilhá-las com seus colegas. Atendimento ao cliente e suporte são cada vez mais importantes, tanto para diferenciar a marca no mercado quanto para gerar confiança em seus produtos. Por isso, a missão da Roland DG é fornecer serviços de manutenção padronizados em todo o mundo”.

Fonte: Roland DG Brasil



Epson inaugura nova fábrica de impressoras inkjet nas Filipinas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/08/2017
Empresa investiu aproximadamente 143 milhões de dólares

Empresa investiu aproximadamente 143 milhões de dólares

A Epson, fabricante de impressoras digitais, realizou no dia 25 de agosto uma cerimônia para inaugurar sua nova fábrica nas Filipinas. A planta, que tem 53 mil metros quadrados de área construída, demandou um investimento de aproximadamente 143 milhões de dólares. A cerimônia contou com a participação de dignitários do governo das Filipinas e parceiros comerciais da Epson.

Concluída no final de junho, a nova planta nas Filipinas ajudará a aumentar a produção de impressoras da Epson, que usa um modelo de negócios verticalmente integrado que envolve fabricação, comercialização, serviços e suporte de produtos originais com tecnologias inkjet e 3LCD.

Minoru Usui, presidente da Epson, declarou: “A Epson Filipinas desempenhará um papel crítico na estratégia de negócios de médio e longo prazo da empresa. A nova fábrica contribuirá para a inovação de tecnologias inkjet e outras áreas”

Fonte: Epson