HP expande portfólio de impressoras látex para mídias rígidas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/07/2018
Latex R1000 incrementou linha de impressoras

Latex R1000 incrementou linha de impressoras

A HP anunciou no mercado internacional a nova impressora Latex R1000. A máquina expande a linha de tecnologias látex para estampar mídias rígidas, que já incluía a Latex R2000, projetada para birôs de grande porte.

A estreante Latex R1000 é indicada para empresas em crescimento e com restrições de investimento e espaço. Ambas as máquinas da linha oferecem tecnologias para imprimir em grande variedade de mídias flexíveis e rígidas, para aplicações em varejo, sinalização externa, eventos, exposições e decorações.

De acordo com a empresa, a nova impressora é capaz de rodar a 57m²/h, vem com cartuchos de 3 litros de tinta e pode acomodar mídias com até 1,64m de largura e até 5cm de espessura.

A Latex R1000 emprega tinta branca capaz de estampar mídias transparentes e coloridas. Além disso, conta com cabeças térmicas removíveis que podem ser armazenadas em uma câmara off-line. A máquina também apresenta um sistema de manutenção automática que executa recirculação e verificações automáticas dos nozzles – funções operadas por meio do HP Smart Services, que maximizam o tempo de atividade e ajudam a evitar falhas na produção.

A HP também oferece um revestimento especial para acabamento superficial. À base d’água, o material proporciona alta aderência e resistência a riscos.

Fonte: HP



Austrália emprega papéis eletrônicos em sinalização de tráfego

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/08/2015
E-papers orientam e ajudam motoristas da cidade de Sydney

E-papers orientam e ajudam motoristas da cidade de Sydney

Os motoristas da cidade de Sydney, na Austrália, recentemente passaram a contar com uma nova forma de sinalização de tráfego. Trata-se de um tipo especial de papel eletrônico desenvolvido e instalado pelo Road and Maritime Services (RMS), órgão governamental australiano responsável pela gestão de rodovias e vias navegáveis, que trabalhou em parceria com a Visionect, empresa fornecedora de e-papers.

Segundo a Visionect, é a primeira vez no mundo que a tecnologia de “tinta digital”, também usada em e-books, foi empregada em sinalização de trânsito.

Além da instalação dos displays de e-papers pela cidade, a RMS desenvolveu outras tecnologias para tornar possível o uso inteligente das novas sinalizações digitais. É o caso de uma rede de comunicação sem fio por meio da qual é possível monitorar e detectar avarias nos displays de trânsito, o que possibilita consertos e reposições rápidas. A rede também ajuda a evitar problemas de funcionamento causados pelo calor do sol ou por paralisações durante quedas de energia.

Ainda de acordo com a Visionect, depois da instalação dos papéis eletrônicos, toda a sinalização de trânsito de Sydney passou a ser sustentável, pois os displays são alimentados por energia solar, recurso natural abundante na Austrália. Além disso, o material consome pouca energia e com eficiência.

Outra vantagem é a ótima visibilidade noturna oferecida pelos displays, que irradiam luz pela parte frontal do e-paper assim que começa a escurecer.

Fonte: Digital Signage Today



Canon lança série de impressoras UV Océ Arizona 2200

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/06/2016
Océ Arizona 2200 pode trabalhar com mídias com formato de 250cm x 308cm

Océ Arizona 2200 pode trabalhar com mídias com formato de 250cm x 308cm

A fabricante Canon anunciou no mercado europeu o lançamento da linha Océ Arizona 2200, composta por duas impressoras planas UV, a 2260 e a 2280. Ambas são indicadas a birôs e gráficas digitais que pretendem capitalizar novas oportunidades e explorar maior gama de aplicações de comunicação visual, sinalização e fotografia.

Baseada na tecnologia da série Arizona 600, a Arizona 2200 pode operar em velocidade máxima de 63,4m²/h, para imprimir mídias com espessura de até 50,8mm e área de até 250cm x 308cm. Pode-se acoplar um sistema rolo a rolo opcional para estampar substratos flexíveis em bobinas com largura de até 2,2m.

A arquitetura de mesa possibilita impressões ponta-a-ponta e dupla face em diversos substratos rígidos, até mesmo em mídias não convencionais, pesadas, lisas e pré-cortadas. Além de pinos de registro pneumáticos, a mesa conta com um sistema de vácuo de seis ou sete zonas, para otimizar o carregamento de mídias.

A série Arizona 2200 incorpora tecnologia patenteada de compensação de pixels, para garantir uniformidade da geometria de impressão tanto na mesa quanto no sistema opcional rolo a rolo. Além disso, o sistema de manutenção limpa as cabeças de impressão em menos de 25 segundos por cor, o que garante o desempenho consistente dos nozzles.

O equipamento pode também receber canais de tintas adicionais (branco e verniz), para melhorar sua versatilidade e qualidade de impressão. Quatro, seis ou oito canais de cores permitem aos usuários selecionar a melhor configuração para seus negócios.

As impressoras da série Arizona 2200 rodam com os softwares Onyx Thrive e Océ ProCut. Em conjunto, os programas são capazes de uniformizar o fluxo de trabalho, da impressão ao acabamento.

Fonte: Canon