HP anuncia impressora de grande formato para produção de médios volumes

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/03/2016
HP Scitex 9000 chegará ao mercado internacional em meados de 2016

HP Scitex 9000 chegará ao mercado internacional em meados de 2016

A HP, fabricante de eletrônicos, anunciou que em junho de 2016 lançará a HP Scitex 9000, impressora inkjet de grande formato desenvolvida para atender a demandas por produções de médias tiragens de sinalização e comunicação visual. O equipamento expande o portfólio HP Scitex High Dynamic Range (HDR), cujas instalações já foram realizadas em mais de 30 países.

Segundo a empresa, a HP Scitex 9000 pode imprimir até 90 peças por hora. Na opção de carregamento manual de mídias, a produtividade do equipamento cai para 60 peças por hora, pois dependerá da habilidade do operador. Por ano, a máquina pode imprimir 500 mil metros quadrados de materiais, como displays de PDV. Além disso, pode receber upgrades, que aumentam a produtividade de acordo com o crescimento das demandas de qualidade e produtividade do birô.

Para a Scitex 9000, a HP desenvolveu a tinta original HDR245 Scitex, compatível com diversas mídias rígidas e flexíveis. Com pouco odor, o insumo pode eliminar a necessidade de aplicação de películas e vernizes de proteção superficial nas mídias, o que reduz custos de produção. Segundo a empresa, a tinta HDR245 Scitex oferece maior gama de cores e cobre mais de 86% da escala Pantone, além de ter durabilidade de mais de dois anos em ambientes externos.

Xavier Garcia, vice-presidente de grande formato da HP, declarou: “Os birôs estão constantemente sendo desafiados a ter soluções de impressão mais produtivas e menos custosas. A nova HP Scitex 9000 permite que mais clientes tirem vantagem da qualidade e da produtividade da tecnologia HP Scitex HDR”.

Fonte: HP



Sun Chemical lança série de tintas ecossolvente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/12/2015
Streamline ESL 2 é compatível com alguns modelos Roland

Streamline ESL 2 é compatível com alguns modelos Roland

A Sun Chemical, fabricante de insumos para impressão, anunciou no mercado internacional a disponibilidade da Streamline ESL 2, série composta por sete tintas digitais ecossolvente que fazem parte do portfólio de insumos que empregam plataforma química HPQ-LO (High Print Quality-Low Odor), especialmente desenvolvida para impressoras instaladas em ambientes fechados.

De acordo com a empresa, a Streamline ESL 2 é compatível com equipamentos da série Roland Eco Sol Max II, oferece excelente durabilidade ao ar livre e pode ser misturada com tintas Roland, o que permite a instalação sem desperdício. Além disso, a tinta confere resistência a álcool quando impressa em suportes apropriados, garantindo impressos de alta qualidade e durabilidade.

A série de sete cores inclui as tintas CMYK com amarelo livre de níquel, light cyan, light magenta e light black.

A Sun Chemical também atualizou a linha Streamline Ultima, que está sendo produzida com a plataforma HPQ-LO. Projetada para impressoras ecossolvente da Mimaki, a tinta oferece aderência a vários materiais usados nos mercados de sinalização e comunicação visual.

Fonte: Sun Chemical



Durst Brasil lança equipamento para impressão em vidros

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/06/2016
Rho Vetrocer pode estampar vidros para diversas atividades e aplicações

Rho Vetrocer pode estampar vidros para diversas atividades e aplicações

A Durst Brasil anunciou a disponibilidade no país da Rho Vetrocer, nova impressora industrial especialmente projetada para impressão em vidros para empresas especializadas em aplicações decorativas e técnicas e indústrias de veículos, eletrodomésticos, elevadores etc.

Segundo a empresa, a Rho Vetrocer é capaz de estampar vidros decorados para ambientes internos, como casas e escritórios, ou ambientes externos, como áreas de edifícios, painéis solares e sinalização.

Apresentada oficialmente ao mercado internacional na feira China Glass 2016, a Rho Vetrocer 250 suporta substratos com largura de até 2,5m e possui mecanismo especial de transporte pelo qual a mídia é conduzida por meio de ventosas, o que evita deslocamentos e atritos e aumenta a qualidade visual final.

Depois de impressos, os vidros saem semissecos da máquina, graças ao sistema de secagem interno dela. Em seguida, podem ir para fornos de têmpera, onde são submetidos à queima de cerca de 680°C.

Ricardo Pi, diretor geral da Durst Brasil, declarou: “O Rho Vetrocer não se trata de um equipamento digital adaptado à impressão em vidros. Trata-se de um equipamento especialmente criado para esse fim, e, dessa forma, oferece performance, robustez e confiabilidade para vidraçarias que, hoje, utilizam serigrafia em seus trabalhos”.

Fonte: Durst