Graphtec atualiza suas opções de software de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/01/2019
Aplicativos acompanham os novos equipamentos de corte da Graphtec

Aplicativos acompanham os novos equipamentos de corte da Graphtec

A Graphtec, fornecedora de soluções de corte acabamento, passou a oferecer dois novos softwares da própria marca, o Pro Studio e o Pro Studio Plus.

Baseados no FlexiSign, desenvolvido pela SAi, os softwares da Graphtec acompanham as plotters de recorte da marca e oferecem compatibilidade com mais de 30 formatos de arquivo, como AI, CMX, EPS e DXF.

Os aplicativos oferecem ferramentas avançadas, como edição de formas, rastreamento automático e soldagem combinada. Os principais recursos incluem criação automática de marcas de registro, criação de várias cópias do mesmo objeto, adição de linhas de corte, atribuição de ferramentas e configurações de operação (força e velocidade de corte).

O Pro Studio também suporta a versão 6 do sistema ARMS (Automatic Registration Mark Sensing) da Graphtec, usado para alinhar os materiais e aumentar a precisão dos cortes. Já o Pro Studio PLUS oferece funções adicionais para aumentar a produtividade. Isso inclui a capacidade de transformar gráficos, ativar códigos de barras, criar códigos QR, entre outras funções.

A Graphtec também está fornecendo o Cutting Master 4 como opção plug-in para Adobe Illustrator, CorelDraw e EnRoute V6 (com funções 2D e 3D).

Fonte: Graphtec



Novidades da Roland DG Brasil para 2015

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/01/2015

Creative Center foi remodelado para receber mais visitantes e clientes em 2015

Creative Center foi remodelado para receber mais visitantes e clientes em 2015

A subsidiária brasileira da Roland DG, fabricante de equipamentos para comunicação visual, anunciou que em 2015 passará a atuar nos mercados calçadista e de impressão 3D. Para tanto, lançou recentemente impressoras específicas para essas áreas.

Ambos os mercados apontam perspectivas auspiciosas. O varejo calçadista brasileiro deve crescer até 2019 a uma taxa média anual de 7%, segundo estudo da Euromonitor International. Já a impressão 3D destaca-se pelas inúmeras possibilidades de aplicação da tecnologia.

A Roland DG Brasil também anunciou a renovação do Creative Center, local onde clientes e visitantes podem conhecer ideias, aplicações e tecnologias dedicadas a diversos ramos e atividades.

Balanço: 2014

A fornecedora também revelou breve balanço dos negócios em 2014. Apesar das adversidades do cenário econômico brasileiro, a empresa atingiu suas metas e apresentou um resultado positivo para a matriz japonesa.

Anderson Clayton, gerente de marketing e novos negócios da Roland DG Brasil, declarou: "Para atingir este resultado, muitas ações foram desenvolvidas: bom planejamento, equipe integrada de venda e revenda e uma excelente gestão financeira e administrativa. Tudo isso fez diferença no fechamento anual".

Anderson Clayton: expansão e inovação são elementos fundamentais para a filial brasileira da Roland DG

Anderson Clayton: expansão e inovação são elementos fundamentais para a filial brasileira da Roland DG

Para manter o ritmo de crescimento, a estratégia utilizada em 2014 foi investir em novos mercados, como o médico e o odontológico. Além disso, a empresa atuou com força em segmentos mais tradicionais, como o de impressão UV e têxtil.

Fonte: Roland DG



Ampla lança impressora Elite RR LED UV

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/08/2016
Com porte semi-industrial, Elite RR LED UV chega ao mercado custando 199 mil reais

Com porte semi-industrial, Elite RR LED UV chega ao mercado custando 199 mil reais

A Ampla, fabricante nacional, anunciou o lançamento da Elite RR, impressora LED UV de grande formato e porte semi-industrial. Com preço de 199 mil reais, o equipamento tem 3,2m de largura, emprega quatro cabeças industriais de 7 picolitros, imprime com resolução de até 1.200dpi e trabalha na velocidade de até 40m²/h.

Já à disposição nos showrooms da Ampla, a Elite RR LED UV emprega a mesma tecnologia embarcada na linha New Targa XT LED UV. Portanto, possui estrutura mais compacta e conta com o Chassi Monobloco AmplaCore, que atribui ao equipamento robustez e estabilidade. Além do CLP industrial e da Interface Touchscreen, para controle e gerenciamento dos subsistemas, a impressora vem com a tecnologia AmplaSmart, para monitoramento em tempo real das suas principais funções produtivas.

Por empregar “cura fria”, o equipamento permite a impressão em diversos tipos de substratos flexíveis e rígidos leves, de até 5mm de espessura, inclusive mídias sensíveis ao calor.

Segundo a empresa, a nova Elite RR LED UV pode substituir impressoras de baixa produtividade ou ser incorporada como complemento na produção de aplicações como PDV, decoração, brindes e displays, entre outras peças de comunicação visual e sinalização.

Ricardo Augusto Lie, sócio-diretor da Ampla, declarou: “O benefício da Elite RR LED UV é tão evidente que o retorno do investimento começa no momento em que o cliente inicia os trabalhos de impressão com ela e reduz ou mesmo elimina etapas e custos de produção”. 

Vantagens da impressão digital UV

A tecnologia digital de cura ultravioleta pode reduzir etapas de produção e mão de obra. Por exemplo, em determinadas aplicações, com a UV, é possível prescindir dos vinis adesivos e estampar diretamente sobre as superfícies, dispensando custo e tempo de impressão, aplicação e acabamento, que são somados às margens de possíveis perdas devido a problemas na adesivação, como rasgos, bolhas, riscos e amassados.

Outra vantagem da UV é que ela emprega um tipo de tinta que não seca, mas polimeriza pela reação entre o fotoinicializador e a irradiação ultravioleta emitida pelas lâmpadas. Além disso, a UV pode imprimir tanto em materiais flexíveis (papéis, lonas e vinis) quanto em materiais rígidos (MDF, PS, PVC, PVC expandido, papelão, borracha, plástico, acrílicos etc). 

A tecnologia UV também é mais sustentável por não emitir VOCs (Componentes Orgânicos Voláteis), tem maior eficiência no consumo de energia, não gera calor excessivo e pode agregar valor aos impressos e, portanto, aumentar as receitas da empresa.

Fonte: Ampla