Gênesis lança papéis resinados para impressão sublimática digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/09/2016
Mídias melhoram o desempenho do processo sublimático digital

Mídias melhoram o desempenho do processo sublimático digital

A Gênesis, fabricante de tintas digitais, anunciou o lançamento de uma série de papéis resinados (tratados) para impressão digital sublimática e transferência térmica (transfer) em substratos de poliéster, cerâmica (resinada), borracha EVA (resinada), entre outras mídias.

Indicados para produção de fotoprodutos e brindes personalizados, os papéis, segundo a fornecedora, oferecem os seguintes benefícios: excelente performance, economia de até 30% de tinta em relação ao papel comum, estabilidade na prensagem, secagem rápida, cores vibrantes e alta definição de impressão.

Ainda de acordo com a empresa, os papéis são resinados na parte da frente e possuem um bloqueador no verso, o que confere maior estabilidade durante a prensagem. Confira os tipos, gramaturas e formatos dos papéis:

- DS.0020 – papel sublimático resinado de 75g: bobina (rolo) 0,610 x 100m;

- DS.0021 – papel sublimático resinado de 75g: bobina (rolo) 1,100 x 100m;

- DS.0022 – papel sublimático resinado de 75g: bobina (rolo) 1,600 x 100m;

- DS.0025 – papel sublimático resinado de 90g: pacote com 500 folhas A4 (210 x 297mm);

- DS.0026 – papel sublimático resinado 90g: pacote com 500 folhas A3 (297 x 420mm).

Fonte: Gênesis



Passo a passo mostra processo de sublimação digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/01/2013

Saiba como fazer sublimação digital

Saiba como fazer sublimação digital

A sublimação digital tem uma série de vantagens. A primeira é que ela garante ótimos resultados de qualidade de imagem. A segunda é que a tinta (de corante) fica impregnada nas fibras do tecido, de forma que, mesmo após muitas lavagens, as cores das estampas continuam firmes e resistentes. Outra vantagem é a oferta de impressoras, tintas, papéis transfer e prensas disponíveis hoje no mercado.

Ficou interessado? Quer saber como funciona a sublimação digital? Então acompanhe, na galeria abaixo, um passo a passo preparado pela Fremplast, que utilizou software RIP Photoprint, impressora Epson 9700 e tintas Cromajetsubli.

Observação: para garantir resultados de alta qualidade na sublimação, recomenda-se o uso de papéis transfer sublimáticos e tecidos sintéticos (de preferência 100% poliéster).

Fonte: Fremplast



Mimaki Brasil lança impressora UV e mesa de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/08/2015
Na feira Serigrafia Sign 2015, a Mimaki lançou a impressora SIJ-320UV e a plotter de recorte CFL-605RT

Na feira Serigrafia Sign 2015, a Mimaki lançou a impressora SIJ-320UV e a plotter de recorte CFL-605RT

A filial brasileira da Mimaki, fabricante de equipamentos digitais, aproveitou a edição 2015 da feira Serigrafia Sign para lançar no país a SIJ-320 UV, impressora UV capaz de reproduzir imagens de alta qualidade em aplicações como banners promocionais, adesivos, vinis para envelopamento, backdrops, placas de sinalização, entre outros substratos.

Outro equipamento apresentado pela primeira vez no Brasil foi a CFL-605 RT, plotter compacta de mesa, indicada para corte e vinco, para confecção de protótipos de embalagens, mock-ups e baixas produções.

A Mimaki também participou da conferência Digital Textile Conference, que ocorreu dentro da Serigrafia Sign 2015. O responsável pelo mercado têxtil da empresa, Marcelo Ribeiro Godinho, ministrou a palestra "Algodão versus Poliéster: Qual o caminho do mercado nacional?", com o objetivo de esclarecer aos profissionais do setor quais são os comparativos, os processos de estamparia, as vantagens, desvantagens e aplicações.

Além disso, a quinta edição do Cambea, campeonato de envelopamento de carros, que também ocorreu dentro da feira, foi patrocinada pela Mimaki. O campeão foi premiado com uma CG-60SR III, plotter de recorte que trabalha na velocidade máxima de 70cm/seg.

A impressora oficial do Cambea foi a CJV150-160, usada para imprimir os adesivos aplicados durante a competição. Com novo design, a linha CJV150 imprime com alta qualidade e baixo custo operacional, em velocidade de até 56,2m²/h.

Fonte: Mimaki Brasil