GCC introduz novo módulo para gravadoras a laser

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/04/2014

Novo módulo otimiza qualidade do corte da gravadora

Novo módulo otimiza qualidade do corte da gravadora

A GCC, fabricante de equipamentos para comunicação visual, passa a oferecer um novo módulo AAS para os seguintes modelos de gravadoras a laser: GCC LaserPro Spirit, X380, Gaia e X500I. Segundo a empresa, o dispositivo aumenta a precisão do corte.

O módulo pode ser usado principalmente por empresas que fazem aplicações de impressão e corte, ou seja, gráficos com marcas de registro que serão cortados com máquinas a laser. O GCC AAS oferece também os seguintes recursos de autocorreção:

Auto-Tracking

Reconhece objetos desalinhados em até 10º. Quando os usuários colocam o material de trabalho sobre a mesa de gravação, o sistema AAS faz ajustes para compensar o desalinhamento.

Auto-Scaling

Ajusta a diferença de tamanho entre diferentes impressos, em variações de  +/-7,5mm.

Auto-Keystone Correction

Capaz de identificar distorções no impresso geradas durante o processo de impressão.

Fonte: GCC



Roland DG lança campanha para ajudar empresários

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/03/2016
Com uma linha de equipamentos acessíveis, a Roland DG oferece oportunidades em ano de crise

Com uma linha de equipamentos acessíveis, a Roland DG oferece oportunidades em ano de crise

O ano de 2016 está sendo classificado como o ano do empreendedorismo de oportunidade. Essa informação pôde ser confirmada numa recente feira de negócios promovida pelo Sebrae-SP. Do público que visitou o evento, 16,57% eram de pessoas jurídicas, um contingente significativo de interessados em começar ou melhorar um negócio. O que corrobora com a visão da Roland DG de investir este ano na campanha “Faça você mesmo!”.

A ideia da campanha é basicamente ajudar os empresários brasileiros a realizar suas ideias. A equipe técnica da fabricante selecionou equipamentos compactos, de fácil manuseio e custo acessível para que empreendedores e criativos tenham acesso ao que há de mais moderno no mercado. 

Fazem parte desta campanha os equipamentos listados abaixo, que podem executar trabalhos diversos, de personalização de capas de celular, tablets e notebooks à produção de protótipos 3D. Confira:

- CAMM-1 GS-24: recorta substratos espessos e densos e é indicada para aplicações como envelopamento de veículos, sinalizações, decalques e personalização de vestuário;

- Engraver EGX-350: produz imagens e textos gravados em acrílicos, madeira, resinas, alumínio, aço e latão;

- iModela: usina em 3D modelos e projetos em materiais como foam, cera de modelagem e plásticos de engenharia;

- Metaza MPX-9: grava por impacto e imprime em aço inoxidável, titânio, ferro, níquel, ouro, prata, cobre, bronze, platina, alumínio e acrílico;

- Modela MXD-40A: modeladora com tecnologia SRP (Prototipagem Rápida por Subtração) que produz peças e protótipos em uma ampla variedade de materiais com precisão e acabamento;

- monoFAB ARM-10: produz peças que desafiam a modelagem padrão com cortes e formas complexas;

- monoFAB SRM-20: proporciona acabamento com detalhes finos, superfícies suaves e precisas;

- VersaSTUDIO BN-20: imprime e recorta materiais personalizados sob demanda;

- VersaUV LEF-12/20: imprime diretamente sobre uma grande diversidade de substratos planos e objetos tridimensionais

Para mais informações, acesse a página do projeto: http://www.rolanddg.com.br/facavocemesmo/

Fonte: Roland DG Brasil



Tinta da Kiian recebe certificado Eco Passport

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/06/2017
Sublimática, Digistar Hi-Pro recebeu status de material sustentável

Sublimática, Digistar Hi-Pro recebeu status de material sustentável

A fabricante Kiian anunciou que uma de suas tintas sublimáticas mais populares, a Digistar Hi-Pro, recebeu o selo Eco Passport, o qual certifica que o insumo pode ser utilizado na produção sustentável de tecidos.

O Eco Passport é obtido depois do produto passar por duas etapas de análise. Na primeira, a composição da tinta é escrutinada. Não pode haver nenhum material prejudicial ao meio ambiente. Na segunda etapa, um laboratório do instituto Oeko-Tex realiza testes de verificação para contaminantes e impurezas.

Alessandra Borghi, diretora da Kiian Digital, declarou: “Trata-se de um diferencial para quem escolhe a Kiian Digital. As certificações também aumentam as chances das empresas se tornarem parceiras de marcas que exigem credenciais de conformidade dos produtos utilizados em seus processos, para diminuir riscos ambientais”.

Fonte: Kiian