Gandy lança impressora SL8TE

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/05/2014

Impressora SL8TE é apresentada na Fespa 2014

SL8TE é a impressora mais acessível da Gandy

A Gandy, fabricante de impressoras digitais, lançou no mercado internacional o SL8TE, equipamento UV híbrido de entrada. A máquina emprega cabeças Ricoh Gen 4 (de seis picolitros) e é ideal para impressão de mídias rígidas ou flexíveis, para PDV, displays e vinis adesivos.

Disponível em várias larguras de impressão (1,6m, 2,2m, 2,6m ou 3,2m), a SL8TE emprega quatro ou seis cores, além de branco e verniz (para acabamento).

A mesa de impressão suporta mídias rígidas com área máxima de 1,6m x 2,6m ou 2,6m x 3m (dependendo do modelo) e possui pinos de registro e zonas de vácuo. Além disso, fixa materiais irregulares e apresenta sopradores para a remoção do substrato da máquina.

Segundo a empresa, um dos destaques SL8TE é o novo Crash Sensor, dispositivo que elimina a possibilidade de colisão entre a cabeça de impressão e o substrato, o que pode gerar uma economia de 10 mil a 15 mil euros por ano.

Fonte: Large Format Review



Museu londrino usa sinalização digital em mostra

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/11/2012

As mídias de sinalização digital já fazem parte do nosso cotidiano, não apenas em cafés e restaurantes, mas em locais como museus e galerias. Prova disso é uma recente mostra realizada no Victoria and Albert Museum, de Londres (Inglaterra).

Para a exibição "British Glamour Since 1950", o museu fez uma instalação inusitada: contou com projetores Projectiondesign F32 para apresentar imagens na parte superior das quatro alcovas do ambiente (construído na segunda metade do século XIX, o edifício conta com formas abaloadas em seu interior).

O sistema desenvolvido pela Sysco em parceria com a Electrosonic usou o software Watchout (da Dataton), para ajustar as imagens projetadas.

"As alcovas do museu têm curvaturas que produzem uma superfície de projeção incomum, por causa disso foi preciso deformar as imagens projetadas, para que elas casassem perfeitamente com o ambiente".

Para Fredrik Svahnberg, diretor da de marketing da Dataton, essa foi uma boa oportunidade para mostrar o quanto a sinalização digital pode enaltecer um local público: "Estão usando a nossa tecnologia como um meio de explorar a beleza da arquitetura", concluiu.

Uma das dificuldades da instalação foi projetar imagens nas superfícies curvas dos ambientes internos do museu

Uma das dificuldades da instalação foi projetar imagens nas superfícies curvas dos ambientes internos do museu

Fonte: ScreenMedia. Texto: InfoSign



SPGPrints apresenta linha de tintas sublimáticas Nebula

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/03/2016
Nebula Sublimation é indicada para indústrias têxteis

Nebula Sublimation é indicada para indústrias têxteis

A SPGPrints, fornecedora de materiais para impressão digital, anunciou no mercado internacional a Nebula Sublimation, série de tintas sublimáticas desenvolvida e indicadas para uso em indústrias têxteis. De acordo com a empresa, a nova linha de insumos proporciona cores brilhantes e pode produzir pretos profundos.

A empresa declarou que a questão ambiental foi uma das motivações para o desenvolvimento das tintas sublimáticas, pois elas não exigem processamento de vaporização e lavagem, requisitos fundamentais em processos de impressão direta em tecidos.

A fornecedora também disponibiliza outros tipos de tintas para estamparia têxtil, como a Nebula Direct Disperse e a Nebula Reactive HD. Todos os insumos são compatíveis com cabeças Kyocera.

A SPGPrints tem uma planta na Holanda, onde desenvolve e produz suas próprias tintas. A fábrica completou recentemente uma série de programas de expansão cuja finalidade era dobrar o espaço de produção e instalar novos equipamentos.  

Fonte: SPGPrints