Fespa Brasil Fórum encerra atividades de 2016 com sucesso

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/12/2016
Itinerário do fórum percorreu as cidades de Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Itinerário do fórum percorreu as cidades de Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Iniciativa realizada em conjunto com a Fespa e a APS Feiras, o Fespa Brasil Fórum 2016 chegou à sua derradeira fase no dia 22 de novembro, quando ocorreu a etapa conclusiva dos eventos no Rio de Janeiro.

Segundo a organização, o fórum obteve novamente o sucesso esperado e passou por três capitais: Curitiba (26/10), Belo Horizonte (09/11) e Rio de Janeiro (22/11). Em todas as cidades houve alta taxa de comparecimento do público. Também foi uma oportunidade de disseminar conhecimento e receber informações de técnicas e específicas.

As palestras abordaram temas atuais. O diretor da Fespa no Brasil, Alexandre Keese, tratou de soluções integradas dentro do mercado de impressão. O executivo destacou um estudo da Fespa que constatou o otimismo do mercado global de impressão. Características do mercado atual foram abordadas, como o aumento da procura por produtos customizados e que sejam entregues com maior rapidez em tiragens mais baixas e designs criativos.

Processos evolutivos vêm sendo incorporados nos negócios, ressaltou o especialista. Um exemplo são os dados variáveis, que incorporam esta evolução, trazendo um produto extremamente personalizado, um objetivo facilmente alcançado com a impressão digital. As baixas tiragens e os dados variáveis também mudam a forma de pensar em processos como design, armazenamento e logística.

A especialista Luciana Andrade também participou do Fespa Brasil Fórum 2016. Em sua palestra, ela destacou o novo mercado de comunicação visual e lembrou que o melhor investimento para atingir novos mercados é a mudança do pensamento das empresas, que deve apostar em novas estratégias, buscar parcerias, mudar o foco comercial do vendedor e direcionar investimentos em marketing e treinamento.

O Fespa Brasil Fórum honra o lema “Lucro por um Propósito” da Fespa, que consiste no compromisso de reinvestir o faturamento da federação na indústria de impressão digital.

Fonte: Fespa Brasil



Hollanders lança lavadora de tecidos ColorWash XL

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/12/2013

A Hollanders, fabricante de equipamentos para o mercado têxtil, anunciou a ColorWash XL, lavadora de tecidos que acompanha impressoras digitais.

De acordo com a empresa, a máquina tem uma série de refinamentos que aumentam o rendimento e a velocidade das operações e reduzem os níveis de ruído do equipamento.

Com 3,2m de largura, a lavadora possui um sistema de aspiração de água, que deixa o tecido mais seco e limpo. Além disso, tem um tubo de lavagem redesenhado, para proporcionar ciclos adicionais de produção e economizar recursos.

ColorWash XL é lavadora de tecidos fabricada pela Hollanders

ColorWash XL é a lavadora de tecidos lançada pela Hollanders

A ColorWash XL é totalmente automatizada. Ela apresenta um sistema modular rolo a rolo e incorpora um controle on-board de temperatura de água, velocidade de lavagem, concentração de sabão e tensão da mídia.

A lavadora foi desenvolvida para trabalhar em conjunto com as impressoras ColorBooster XL e Colorfix, mas também pode ser anexada a equipamentos de outras marcas.

Fonte: My Print Resource



Akad lança máquina a laser Novacut BCL1006MF

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/08/2017
Equipamento opera na velocidade máxima de 60.000mm/min

Equipamento opera na velocidade máxima de 60.000mm/min

A Akad, fornecedora nacional de equipamentos para comunicação visual, anunciou a Novacut BCL1006M, máquina a laser com área útil de corte de 1000mm x 600mm e potência de 90W, capaz de trabalhar com materiais como MDF, acrílico, couro, tecido, entre outras mídias homologadas.

Desenvolvida na Suíça, a BCL1006MF é indicada para empresas de prestação de serviços nos segmentos de sinalização, comunicação visual, serigráfico, indústria têxtil, indústria de vidros e de brindes promocionais

Capaz de operar na velocidade máxima de 60.000mm/min, o equipamento é ideal para o corte e gravação de chapas planas por possuir uma área de corte composta por réguas móveis que oferecem flexibilidade no suporte das peças a serem trabalhadas, além de proporcionar melhor circulação de ar no interior da máquina.

A BCL1006MF inclui sistema de compressão e exaustão de ar, refrigeração a água do tubo do laser e software de operação.

A fornecedora oferece garantia de 12 meses no corpo de equipamento, o que exclui consumíveis como espelhos, lentes e tubos laser.

Fonte: Akad