Fespa 2018 dá ênfase à estamparia digital têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/05/2018
Exposição ocorre na Alemanha, entre os dias 15 e 18 de maio

Exposição ocorre na Alemanha, entre os dias 15 e 18 de maio

A estamparia digital têxtil está em alta. Não apenas no Brasil, mas no mundo. Isso poderá ser constatado na Fespa 2018, feira internacional que ocorre entre os dias 15 e 18 de maio, em Berlim, Alemanha. A exposição contará com mais de 120 expositores de equipamentos, substratos e consumíveis para a impressão em tecidos. Além disso, a feira oferecerá muitos conteúdos educativos e interativos, como o Print Make Wear.

No Print Make Wear, o visitante poderá conhecer de perto uma linha de produção de vestuários, do design ao acabamento. Estarão rodando soluções têxteis de fornecedores como Brother, Dekken, Gerber, Juki, MagnaColours, MHM, Mimaki, entre outras empresas.

O designer Sanaa Annukka, da Marimekko, criou materiais para a produção de roupas no Print Make Wear. Para tanto, usou cores Pantone e efeitos especiais e metálicos, que serão estampados por uma impressora serigráfica automática da MHM.

Outro destaque da Fespa 2018 será a Dover Digital Printing, que demonstrará um workflow de produção de camisas de futebol customizadas. É uma espécie de simulação de uma fábrica de artigos esportivos, que contará com soluções das marcas Caldera, MS Printing Solutions, JK Group, Monti Antonio e Zünd.

A feira terá a participação da Epson, que levará a impressora têxtil industrial Monna Lisa e mostrará uma coleção feminina de alta costura criada pelo designer Richard Quinn.

A organização da Fespa 2018 também destaca a Aeoon, que mostrará sua série híbrida Kyo Hybrid, indicada para produção digital em uma escala industrial.

Fonte: Fespa Brasil



MS Printing lançará impressora UV industrial na Fespa 2018

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/04/2018
JPK UV é indicada para empresas que produzem grandes tiragens

JPK UV é indicada para empresas que produzem grandes tiragens

A MS Printing, fabricante de impressoras digitais, estará na Fespa 2018, feira que ocorrerá entre os dias 15 e 18 de maio, na Alemanha. Para o evento, a empresa promete levar o JPK UV, equipamento LED desenvolvido para suprir demandas de alta produtividade de usuários que utilizam sistemas tradicionais, como a flexografia, mas buscam migrar para a impressão digital.

Com tecnologia semelhante à de outras máquinas da MS Printing, a JPK UV emprega cilindros de alta capacidade para desenrolar e rebobinar mídias, os quais permitem operação industrial por 24 horas por dia, em 7 dias por semana.

De acordo com a empresa, a JPK UV é indicada para indústrias de produtos de decoração interna (pavimentos e laminados de móveis e parede) e externa (painéis de construção e laminados de portas).

Klaas Kackmann-Schneider, gerente de desenvolvimento de negócios da MS Printing, declarou: “A JPK UV foi projetada como alternativa às soluções de impressão analógicas. Ela permite que as empresas de impressão tradicional façam a mudança para o digital. Atualmente, o ponto de equilíbrio entre o digital e o analógico está mudando, e os clientes estão exigindo impressoras digitais que podem produzir mais a custos mais baixos. A JPK UV é a impressora ideal para atender a essa demanda crescente”.

Fonte: MS Printing



HP lançará impressora látex para substratos rígidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/03/2018
Equipamento terá canal de tinta látex branca

Equipamento terá canal de tinta látex branca

Durante ISA Sign Expo 2018, feira que ocorreu entre os dias 21 e 24 de março, nos Estados Unidos, a HP anunciou a HP Latex R, nova série de impressoras látex de grande formato com sistema de alimentação de mídias rígidas e flexíveis. A máquina também oferecerá o recurso de tinta branca. Entre os materiais que poderão ser estampados estão PVC, papelão, polipropileno, plásticos sólidos, alumínio, madeira, vidro e outros substratos. Trabalhar com maior variedade de materiais permite que os provedores de serviços de impressão expandam suas ofertas e entrem em novos mercados.

Segundo a empresa, ao contrário da tecnologia UV, que cria uma camada espessa de tinta sobre as mídias, a tinta látex à base d’água da HP preserva a aparência do substrato e proporciona impressões inodoras e seguras ao ambiente e ao operador da máquina.

Ainda de acordo com a empresa, o sistema de impressão de tinta de látex branca da HP possui um sistema inovador de recirculação, que evita o assentamento dos pigmentos do insumo. Portanto, ele proporciona um “branco verdadeiro”, lustroso e de alta qualidade, que não amarela ao longo do tempo.

Thom Brown, chefe do departamento de tecnologia da HP, declarou: “A tinta branca tem sido um problema para o setor. Ela usa partículas de pigmento maiores e mais pesadas, que frequentemente entopem as cabeças. Além disso, a mistura opaca fica segmentada no fundo do reservatório de tinta. Até o momento, a solução para essa questão tem sido agitar os reservatórios. Por meio do investimento da HP em inovação em química e engenharia, a solução de tinta branca da HP Latex R é um avanço na indústria”.

A HP Latex R estará disponível a partir do terceiro trimestre de 2018. Vai estrear oficialmente em maio, na feira Fespa 2018, em Berlim, Alemanha.

Fonte: WhatTheyThink