Ferramentas de acabamento são integradas ao SAi Flexi

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/11/2014

Nova versão do Flexi oferece ferramentas e drivers melhorados

Nova versão do Flexi oferece ferramentas e drivers melhorados

O SAi Flexi, software dedicado a impressão digital, foi melhorado para oferecer novas ferramentas de acabamento de banners e peças de sinalização.

A nova versão do SAi Flexi possibilita adicionar digitalmente sangrias e marcas de costura, ilhós e dobras em banners, o que elimina etapas do fluxo de trabalho, tornando-o muito mais rápido. Além disso, sangrias duplicadas e espelhamentos podem ser criados com facilidade. Segundo a empresa, com a eliminação das etapas manuais, é possível aumentar a precisão do acabamento e economizar de 5 a 15 minutos na produção de cada peça.

A ferramenta de ilhós facilita o trabalho em banners, bandeiras e outras aplicações ao posicionar corretamente os furos onde serão inseridos os anéis. Com a ferramenta, o operador pode definir tamanho, números, distância entre os anéis, mudar a cor, entre outras funções.

Já as marcas de vinco e sangrias são muito comuns em displays roll-up e banners, sobretudo quando material extra é necessário nas laterais ou nas partes de cima ou de baixo da peça. O material extra pode ser um espaço em branco, uma sangria de cor chapada ou a continuação de uma imagem.

Outra nova ferramenta do SAi Flexi é a de criação de QR Code, para links na web, e-mails, números de celular e SMS. Além disso, novos drivers de impressoras e plotters de recorte das maiores marcas do mercado fazem parte do pacote de melhorias do software.

Fonte: SAi



Nova plotter de recorte da Serilon em pré-venda

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/02/2013

A plotter de recorte Portrait, novo modelo da linha Silhouette, da Serilon, já pode ser adquirida antes de seu lançamento oficial, que ocorre em 11 de março. A marca, que está com algumas unidades disponíveis, recomenda que os interessados façam seus pedidos o quanto antes.

Compacta, a plotter é capaz de recortar materiais como papel, adesivo, cartolina, tecido, transfer, entre outros substratos de 20cm x 3,05m.

Portrait, nova plotter de recorte da linha Silhouette, da Serilon

Portrait, nova plotter de recorte da linha Silhouette, da Serilon

Com ela, é possível fazer o corte e o contorno de imagens impressas por meio de seu sensor (laser), que as detecta com facilidade. Para isso, basta fazer as configurações necessárias no software Silhoutte Studio.

De acordo com a Serilon, a plotter é capaz de cortar papéis de alta gramatura (até 280g/m²) a uma velocidade de até 10cm/s, garantindo produtividade e rapidez. A Silhoutte Portrait também conta com uma micro lâmina de alta durabilidade, que promove o corte com detalhes. Sua lâmina possui 10 ajustes de profundidade.

Fonte: Serilon



Brasileiro fica em segundo lugar em concurso internacional promovido pela Roland DG

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/11/2015
Competição reuniu no Japão os melhores profissionais de todas as assistências técnicas autorizadas da Roland no mundo

Competição reuniu no Japão os melhores profissionais de todas as assistências técnicas autorizadas da Roland no mundo

Entre os dias 20 e 22 outubro, na sede japonesa da Roland DG Corporation, em Hamamatsu, técnicos do mundo inteiro participaram da final do Global SE Award 2015, competição de engenheiros de serviço responsáveis pela reparação e manutenção de equipamentos da fabricante nipônica. O campeão foi Terry Carpenter, dos Estados Unidos. Em segundo lugar ficou o brasileiro Alexandre Geraldi. O posto de terceiro lugar foi ocupado por Peter De Bont, da Bélgica.

O Global SE Awards foi criado em 2008 entre as assistências técnicas japonesas. Em 2013, foi expandido para todas as subsidiárias Roland DG. No processo, são selecionados técnicos de serviços para concorrer ao título mundial, no Japão, onde os profissionais têm de colocar em prática habilidades e conhecimentos sobre equipamentos da marca.

Realizadas entre fevereiro e agosto de 2015, as etapas regionais tiveram a participação de 449 técnicos de 50 países, dentre os quais 21 profissionais foram selecionados. A etapa final foi composta por três desafios: substituição de cabeças de impressão, reparação de máquinas quebradas e exame escrito.

Alexandre Geraldi recebe troféu de executivo da Roland DG, no Japão
Alexandre Geraldi recebe troféu de executivo da Roland DG, no Japão

Somente concorreram ao Global SE Award profissionais que possuem certificação técnica da Roland DG. Para se tornar um certificado, é necessário passar por treinamento específico, que inclui exames práticos e escritos.

A Roland DG também está desenvolvendo um sistema on-line, para que as assistências técnicas autorizadas troquem informações, ajudando assim umas as outras. Futuramente, a empresa pretende unificar o sistema com o Global SE Award, para criar um banco de informações único.

Takaaki Koshita, gerente geral de serviços técnicos Roland DG Japão, declarou: “Com a promoção das etapas nacionais, buscamos desafiar os conhecimentos e as habilidades técnicas de cada profissional, que foram conquistadas com seu trabalho diário, e incentivá-los a compartilhá-las com seus colegas. Atendimento ao cliente e suporte são cada vez mais importantes, tanto para diferenciar a marca no mercado quanto para gerar confiança em seus produtos. Por isso, a missão da Roland DG é fornecer serviços de manutenção padronizados em todo o mundo”.

Fonte: Roland DG Brasil