Ferramentas de acabamento são integradas ao SAi Flexi

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/11/2014

Nova versão do Flexi oferece ferramentas e drivers melhorados

Nova versão do Flexi oferece ferramentas e drivers melhorados

O SAi Flexi, software dedicado a impressão digital, foi melhorado para oferecer novas ferramentas de acabamento de banners e peças de sinalização.

A nova versão do SAi Flexi possibilita adicionar digitalmente sangrias e marcas de costura, ilhós e dobras em banners, o que elimina etapas do fluxo de trabalho, tornando-o muito mais rápido. Além disso, sangrias duplicadas e espelhamentos podem ser criados com facilidade. Segundo a empresa, com a eliminação das etapas manuais, é possível aumentar a precisão do acabamento e economizar de 5 a 15 minutos na produção de cada peça.

A ferramenta de ilhós facilita o trabalho em banners, bandeiras e outras aplicações ao posicionar corretamente os furos onde serão inseridos os anéis. Com a ferramenta, o operador pode definir tamanho, números, distância entre os anéis, mudar a cor, entre outras funções.

Já as marcas de vinco e sangrias são muito comuns em displays roll-up e banners, sobretudo quando material extra é necessário nas laterais ou nas partes de cima ou de baixo da peça. O material extra pode ser um espaço em branco, uma sangria de cor chapada ou a continuação de uma imagem.

Outra nova ferramenta do SAi Flexi é a de criação de QR Code, para links na web, e-mails, números de celular e SMS. Além disso, novos drivers de impressoras e plotters de recorte das maiores marcas do mercado fazem parte do pacote de melhorias do software.

Fonte: SAi



Mimaki apresenta nova tinta UV termo-moldável

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/05/2016
Tinta LUS-350 pode ser utilizada em impressoras Mimaki UJF-7151 e JFX200-2513

Tinta LUS-350 pode ser utilizada em impressoras Mimaki UJF-7151 e JFX200-2513

A Mimaki, fabricante de soluções para impressão digital, anunciou no mercado europeu a LUS-350, tinta UV termo-moldável compatível com os modelos Mimaki UJF-7151plus e JFX200-2513.

Disponível nas versões CMYK, branca e transparente, o insumo conta com uma nova tecnologia que permite que objetos sejam impressos antes de passarem pelo processo termo-moldável.

De acordo com a empresa, a tinta pode esticar até 350% quando aquecida entre 120˚C e 200˚C. Após esfriar à temperatura ambiente, a película de tinta é restaurada à sua rigidez original e adere sem rachar ou descascar. Trata-se do insumo mais elástico da Mimaki, cujo portfólio também contempla tintas UV semiflexíveis e 200% termo-moldável.

Outra sugestão é utilizar a tinta em vinis adesivos que serão aplicados em superfícies com muitas curvas complexas e de alta complexidade.

Fonte: Fespa



Inca Digital lança impressora inkjet formato B1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/05/2017
Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

A fabricante Inca Digital apresentou uma nova impressora inkjet para produções de substratos no formato B1. Baseada na mesma plataforma dos modelos Onset X e Spyder X, a máquina foi desenvolvida para empresas que atuam nos mercados de offset, serigrafia e impressão industrial.

A máquina tem oito canais de tinta e pode ser configurada de acordo com as necessidades da gráfica. Segundo a fabricante, a nova plataforma B1 praticamente elimina o manuseio das mídias pois emprega um sistema automatizado de alimentação de substratos. Isso permite que o operador se concentre na qualidade de impressão e reduza erros.

A impressora emprega cabeças que disparam gotas com 7 picolitros para formar textos de quatro pontos e cores suaves, ideais para impressões que serão visualizadas de perto. Além disso, inclui um sistema de cura UV de dois estágios não esquenta substratos sensíveis ao calor durante a impressão.

A fabricante ainda ressalta que a impressora tem uma série de outros recursos, como recirculação de tinta, limpeza automática das cabeças e prevenção de colisões, que garantem que a máquina mantenha seu desempenho produtivo regular.

John Mills, CEO da Inca, declarou: “Esta solução é a nossa resposta à demanda por uma impressora inkjet B1 capaz de produzir tiragens mais curtas e sob demanda. A produtividade e a qualidade da nova plataforma darão aos gráficos e serígrafos a confiança necessária para reduzir o volume de trabalho de suas impressoras comerciais, aumentar a produtividade geral e abrir novos fluxos de receita potenciais no processo”.

Fonte: Fujifilm