Ferramenta on-line oferecida pela Roland DG atualiza dezenas de técnicos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/11/2016
Cerca de 60% dos técnicos de manutenção usaram a plataforma

Cerca de 60% dos técnicos de manutenção usaram a plataforma

Desde julho de 2016, os técnicos de manutenção da rede autorizada da Roland DG Brasil podem se atualizar, sem custo, pela Roland DG Academy, plataforma on-line pela qual são ministrados treinamentos específicos sobre os equipamentos da fabricante. A empresa também disponibiliza treinamentos presenciais na unidade de Cotia-SP.

As aulas estão disponíveis em português para que o técnico possa explorar todo o potencial das máquinas e softwares. Os cursos e as respectivas avaliações permitem que a Roland DG faça uma análise constante do processo de treinamento e propicie ao técnico uma qualificação contínua. Como consequência, o cliente poderá contar com tempos de reparos mais breves e melhor atendimento.

Segundo Alan Pepe, gerente de assistência da Roland DG, cerca de 60% dos técnicos já utilizaram a plataforma e a expectativa é que no ano de 2017 mais de 80% deles façam os cursos. Hoje são 49 ATAs (Assistências Técnicas Autorizadas) espalhadas pelo Brasil e cerca de 96 técnicos.

Para a empresa, a educação corporativa é uma estrutura de processos organizacionais que permitem a criação e sistematização de uma cultura de aprendizagem constante, com a utilização de inúmeras ferramentas teóricas e práticas para promover o aprendizado.

Anderson Clayton, gerente de marketing da Roland DG do Brasil, declarou: “A Roland vai além de apenas treinar os técnicos para que eles adquiram mais qualificação. Buscamos desenvolver nesses profissionais uma maneira totalmente nova de pensar e agir, para que eles estejam permanentemente aptos a desempenharem suas funções e se adaptarem, ou melhor, ainda, se anteciparem às mudanças e à dinâmica do mercado e dos negócios”.

Fonte: Roland DG



Ilha da Sublimação será expandida para a Fespa 2019

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/07/2018
Espaço terá o dobro do tamanho em sua próxima edição

Espaço terá o dobro do tamanho em sua próxima edição

Depois de estrear na ExpoPrint Latin America 2018, a Ilha da Sublimação voltará em 2019 com o dobro do espaço, mas dessa vez dentro da Fespa Brasil, feira que ocorrerá entre os dias 20 e 23 de março, no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, na cidade de São Paulo.

O projeto, que é uma parceria entre a Fespa e ComunidadeWEB, tem como objetivo compartilhar informações sobre impressão sublimática e oferecer ferramentas para o profissional que deseja empreender ou ampliar sua participação no segmento.

A ampliação do espaço foi uma demanda dos visitantes e expositores, que elogiaram a primeira edição da iniciativa. O projeto segue o padrão aprovado pelos participantes. Durante os quatro dias de feira, especialistas em sublimação e temas correlatos compartilharão técnicas e informações em diversas palestras. Ao final do dia, ocorrem os workshops ministrados pelo time da ComunidadeWEB, para mostrar na prática o que foi apresentado durante o dia. Também haverá exposição de produtos, para que os profissionais vejam de perto as possibilidades das tecnologias.

Para 2019, já estão confirmadas para a Ilha da Sublimação as seguintes empresas: Barato Máquinas, Barato Móvel, ComunidadeWEB, Gramonn Confecções, Sertha Brindes, SFCT, Silksmaq e Única Brasil.

Fonte: Fespa Brasil



Caldera oferece Pantone Color Matching para usuários de Caldera V11

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/11/2016
Clientes que adquirirem o Caldera V11 receberão os indicadores gratuitamente

Clientes que adquirirem o Caldera V11 receberão os indicadores gratuitamente

Para comemorar seus 25 anos, a Caldera, desenvolvedora francesa de softwares, está presenteando os clientes que adquirirem a versão 11 do RIP homônimo com indicadores de iluminação da Pantone, usados para determinar se as condições de iluminação estão corretas na avaliação de cores.

A oferta vai até o dia 31 de dezembro de 2016. Os novos clientes receberão seus indicadores na caixa do Caldera V11, já os demais clientes poderão solicitá-los on-line ao atualizar o software.

Para tornar as avaliações de cores, as condições de iluminação precisam estar calibradas. Para tanto, a Pantone desenvolveu etiquetas indicadoras de iluminação. As diferenças de iluminação entre os ambientes podem ser muito grandes, e tomar decisões sobre cores em condições incorretas pode resultar em muitas reimpressões.

Ao utilizar os indicadores da Pantone, os operadores podem checar rapidamente se as condições de iluminação são adequadas. O indicador D50 é indicado para estúdios de design gráfico, ao passo que o indicador D65 é recomendado no desenvolvimento de produtos industriais e têxteis.

Segundo a empresa, os indicadores são fáceis de usar. Quando as condições de iluminação estiverem adequadas, haverá correspondência entre dois patches. Entretanto, em condições incorretas, os patches serão diferentes.

Joseph Mergui, CEO da Caldera, declarou: “Os indicadores da Pantone sempre foram recomendados pela equipe da Caldera ao lidar com questões de correspondência de cores, razão pela qual consideramos esses dispositivos um brinde valioso aos nossos clientes”.

Fonte: Caldera