Feira drupa 2021 será realizada em apenas 9 dias

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/07/2020
Inicialmente, o evento teria 11 dias de duração

Inicialmente, o evento teria 11 dias de duração

A organização da drupa 2021, a feira internacional de tecnologias de impressão, decidiu reduzir a duração da exposição, de 11 para 9 dias. Essa deliberação responde aos anseios da associação Printing and Paper Technology Trade Association e de muitos expositores, para tornar o evento mais eficiente e direcionar melhor o volume de visitantes.

Claus Bolza-Schünemann, presidente da drupa, declarou: “Como menos visitantes estrangeiros poderão viajar para a drupa 2021, consideramos sensata uma redução da duração da feira. Ao mesmo tempo, a duração de 9 dias garante que as máquinas possam ser devidamente exibidas”.

Apesar de alguns cancelamentos causados em função da pandemia de covid-19, os números da drupa continuam altos, com mais de 1.500 expositores e um espaço de mais de 140.000m².

A organização espera que expositores e visitantes participem da feira para fortalecer e impulsionar o setor.

Para garantir uma feira segura, a organização da drupa realizou dezenas de adaptações e contará com um conceito de higiene e proteção contra infecções que é continuamente adaptado aos mais recentes regulamentos e requisitos de proteção contra o novo coronavírus.

“A drupa 2021, devido às novas normas de higiene, certamente será diferente do que estamos acostumados, mas continuará a dar uma contribuição muito importante para a recuperação econômica”, ressaltou Bolza-Schünemann.

Fonte: drupa

Tags: drupa 2021,


ColorJet apresenta nova impressora digital têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/08/2018
Metro emprega cabeças de impressão Kyocera

Metro emprega cabeças de impressão Kyocera

A ColorJet, fabricante indiana de impressoras digitais, anunciou o Metro, equipamento de estamparia têxtil digital com 1,8m e 16 cabeças Kyocera.

De acordo com a empresa, entre os destaques da máquina estão a velocidade máxima (de 200m2/h), a tecnologia de motor linear e o sistema de alimentação de substratos.

Com estrutura robusta e estável, a Metro é capaz de imprimir pequenas ou grandes quantidades de tecidos, além de consumir menos energia.

As impressoras ColorJet empregam um método de cura por calor seco, que não polui o ar e economiza água, devido ao sistema de recirculação de água e filtragem.

Segundo a empresa, mais de 4.000 impressoras ColorJet estão em operação em todo o mundo. A ColorJet mantém sua presença ao expor em feiras internacionais, como a ITMA.

Fonte: ColorJet



Novajet 1602S pode vir com uma ou duas cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/07/2015
Novajet 1602S pode vir com uma ou duas cabeças de impressão

Novajet 1602S pode vir com uma ou duas cabeças de impressão

A Akad, fornecedora nacional de materiais e equipamentos para comunicação visual, anunciou o lançamento da Novajet 1602S, impressora de grande formato que pode trabalhar com tinta sublimática ou ecossolvente.

Com largura de 1,50m, a máquina imprime com resolução de até 1400dpi e pode empregar uma ou duas cabeças Epson DX7. Quando adquirida com duas peças, o equipamento produz em velocidade de até 62m²/h (no modo 360 x 1080dpi, com três passadas). Quando adquirida com uma cabeça de impressão, imprime com velocidade máxima de 31m²/h (no modo 360 x 1080dpi com três passadas).

A Novajet 1602S possui sistema de alimentação rolo a rolo, rebobinador de mídia (take-up) e sistema automático de limpeza das cabeças de impressão.

Com tinta sublimática, o equipamento pode estampar tecidos de poliéster, para aplicações como moda praia, cortinas, painéis, roupas esportivas, estofados e decoração de ambientes. Já com insumo ecossolvente, a máquina pode imprimir em banners, faixas, adesivos, painéis, vinis para envelopamento de carros, rótulos, entre outros substratos.

Fonte: Akad