FastSigns: eleita a melhor franquia do mercado gráfico e de sinalização

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/01/2013

A FastSigns foi apontada como a empresa líder em franquia gráfica e de sinalização. O título, concedido pela revista Entrepeuner, resultou da comparação entre dezenas de companhias, e levou em conta aspectos como crescimento, atuação, desempenho e desenvolvimento global.

Com isso, a FastSigns subiu 25 pontos em relação ao ano de 2011, alcançando o primeiro lugar em sua categoria pela terceira vez, além de obter o posto 79 da classificação geral, que conta com 500 nomes.

"Estamos muito orgulhosos por recebermos este reconhecimento pelo terceiro ano consecutivo", comemorou Catherine Monson, presidente da FastSigns. "No entanto, isso é só a ‘cereja do bolo’ para o nosso ano de 2012, que foi repleto de recordes. Entramos em países anteriormente inexplorados, aumentando a chance de tornarmos nossa marca mais forte", completou Catherine.

 fastsigns logo

A Entrepeuner utiliza uma fórmula exclusiva para determinar o ranking das empresas, tomando como base informações sobre estabilidade financeira e taxa de crescimento, por exemplo. Em 2012, a FastSigns fechou 37 acordos de franquia, além de abrir 27 novos centros no mundo.

"Estamos muito felizes de compartilhar os avanços das empresas que entraram na lista deste ano", disse Cosper, editora-chefe da revista.

Atualmente, a FastSigns possui mais de 530 mil unidades em todo o mundo. A marca oferece serviços de marketing e comunicação visual, como impressão de banners, decalques, displays para PDV, cartazes, entre e outros tipos de sinalização.

Fonte: WhatTheyThink. Texto: InfoSign



Aeroporto de Dubai inova com sinalização digital interativa

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/12/2012

Sinalização digital em aerporto

Assistente virtual informa e interage com passageiros em Dubai

A Tensator, empresa especializada em gerenciamento de filas e sinalização digital, apresentou recentemente uma nova geração de assistentes virtuais. Exposta no Aeroporto Internacional de Dubai, a "atendente" (ver foto) oferece dicas e informações sobre viagens aos passageiros.

Localizada no Terminal 3, a projeção, conhecida como "Tensator Virtual Assistant", cumprimenta, apresenta vídeos e convida as pessoas a interagir. Através de recursos touchscreen, os passageiros podem obter informações sobre chegadas e partidas, banheiros e áreas de check-in. Bilíngue, a assistente reconhece tanto o árabe quanto o inglês.

sinalização digital aeroporto

Perdido? Então peça informações para a moça virtual

"É o primeiro aeroporto no mundo a usar a Tensator Virtual Assistant. Estamos sempre tentando melhorar a viagem de nossos clientes (mais de 50 milhões de passageiros por ano), otimizando a eficiência operacional e diminuindo o tempo de espera e de filas", explicou Majed Al Joker, vice-presidente de operações de terminais do Aeroporto de Dubai.

"As reações dos passageiros em relação à tecnologia têm sido muito positivas", disse Abdel Aziz Rahal, gerente geral da Tensator FZE. "A assistente virtual chama atenção para as informações mais críticas e faz os passageiros pararem, olharem, ouvirem e também interagirem. As pessoas gostam de obter as informações que precisam sem delongas", explicou.

De acordo com a fabricante, a opção interativa não é restrita aos aeroportos. Ela pode ser customizada e adaptada às necessidades de cada cliente.

Fontes: DSC e Tensator. Texto: InfoSign



Inca Digital lança impressora inkjet formato B1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/05/2017
Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

A fabricante Inca Digital apresentou uma nova impressora inkjet para produções de substratos no formato B1. Baseada na mesma plataforma dos modelos Onset X e Spyder X, a máquina foi desenvolvida para empresas que atuam nos mercados de offset, serigrafia e impressão industrial.

A máquina tem oito canais de tinta e pode ser configurada de acordo com as necessidades da gráfica. Segundo a fabricante, a nova plataforma B1 praticamente elimina o manuseio das mídias pois emprega um sistema automatizado de alimentação de substratos. Isso permite que o operador se concentre na qualidade de impressão e reduza erros.

A impressora emprega cabeças que disparam gotas com 7 picolitros para formar textos de quatro pontos e cores suaves, ideais para impressões que serão visualizadas de perto. Além disso, inclui um sistema de cura UV de dois estágios não esquenta substratos sensíveis ao calor durante a impressão.

A fabricante ainda ressalta que a impressora tem uma série de outros recursos, como recirculação de tinta, limpeza automática das cabeças e prevenção de colisões, que garantem que a máquina mantenha seu desempenho produtivo regular.

John Mills, CEO da Inca, declarou: “Esta solução é a nossa resposta à demanda por uma impressora inkjet B1 capaz de produzir tiragens mais curtas e sob demanda. A produtividade e a qualidade da nova plataforma darão aos gráficos e serígrafos a confiança necessária para reduzir o volume de trabalho de suas impressoras comerciais, aumentar a produtividade geral e abrir novos fluxos de receita potenciais no processo”.

Fonte: Fujifilm