Expositores se preparam para a Febratex 2018

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/05/2018
Feira reunirá mais de duas mil marcas

Feira reunirá mais de duas mil marcas

A edição de 2018 da Febratex, Feira Brasileira para a Indústria Têxtil, está marcada para ocorrer entre os dias 21 e 24 de agosto, em Blumenau (SC). A organizadora FCEM espera receber, durante os quatro dias de evento, milhares de compradores e visitantes qualificados, que circularão pelos cinco pavilhões da exposição, onde figurarão novidades e negócios de empresas do Brasil e de países como Alemanha, Argentina, China, Estados Unidos, Índia, Itália, Peru, Portugal, Suíça, Turquia, entre outros.

São expositores que apresentarão inovações nos segmentos de máquinas de corte e costura, bordado, estamparia digital, teares, fiação, máquinas e insumos para tinturaria e setor de lavanderia, equipamentos para enfesto, corte automático, texturização, retorção e enrolamento e matérias-primas, entre outras.

Alguns dos expositores já deram início à divulgação. É o caso da Fremplast Tintas, que apresentará a impressora sublimática CS1802, e a J-Teck Global, que levará as tintas de sublimação Digital Globaltech e equipamentos de grande formato.

Além da área de exposição, o evento contará com o Fórum Febratex de Informação, que oferecerá palestras diárias com conteúdo para o mercado, apresentado por profissionais e entidades conceituadas.

Hélvio Roberto Pompeo Madeira, diretor-presidente do FCEM, declarou: “Posicionada entre os principais eventos globais de tecnologia para a cadeia produtiva têxtil, a Febratex 2018 assume uma posição de importância estratégica para o crescimento do setor no Brasil, porque oferece aos seus visitantes uma experiência completa de atualização em equipamentos, materiais e tendências, em uma oportunidade única de interação com seus mais importantes players”.

Com previsão de reunir mais de 2.400 marcas, a feira será visitada por milhares de profissionais, que podem fazer o credenciamento grátis pelo site.

Fonte: FCEM



Avery Dennison anuncia novo tipo de adesivo para vinis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/04/2015

Hi-Tack Easy Apply compõe algumas películas da Avery Dennison

Hi-Tack Easy Apply compõe algumas películas da Avery Dennison

A Avery Dennison, fabricante de películas, anunciou o Hi-Tack, adesivo de alto desempenho usado em conjunto com a Easy Apply, tecnologia que facilita a retirada de ar e reduz o surgimento de bolhas durante a aplicação.

Segundo a empresa, o Hi-Tack permite que vinis tenham alta adesão em superfícies desafiadoras, como em veículos 4×4, barcos e motos esportivas, além de máquinas industriais, como furadoras e escavadeiras. São produtos que frequentemente apresentam superfícies com revestimento em pó, plásticos com baixa energia superficial ou fibra de vidro.

A Avery Dennison vende os seguintes vinis com o novo adesivo Hi-Tack:

  • MPI 2126: vinil calandrado que pode receber impressão digital. Apresenta acabamento fosco e dura até seis anos.
  • 900 Supercast: linha de vinis cast opacos, que podem ser recortados com plotters ou receber impressão serigráfica. Duram 12 anos.
  • 700 High Performance: linha de vinis calandrados e opacos, que podem ser recortados com plotters ou receber impressão serigráfica. Duram seis anos.

Fonte: My Print Resource



Software Caldera 10 recebe atualização

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/07/2015
Versão 10.1 do Caldera conta com maior número de drivers para suportar impressoras e plotters de recorte recém-lançadas

Versão 10.1 do Caldera conta com maior número de drivers para suportar impressoras e plotters de recorte recém-lançadas

A Caldera, desenvolvedora francesa de softwares para impressão digital, anunciou a versão 10.1 do pacote homônimo de aplicativos.

A atualização permite que o usuário adicione marcas extras de corte e impressão inseridas por meio do VisualRIP ou do GrandRIP na fase final dos trabalhos. Segundo a empresa, essa ferramenta proporciona maior precisão, sobretudo na impressão digital têxtil. Também otimiza o espaço usado nas mídias, eliminando a necessidade de marcas de corte nas bordas. Equipamentos da Zünd, Protek e Summa dão suporte à ferramenta.

Entre as atualizações de desempenho da versão 10.1 está a incorporação do APPE 3.7, que diminui o tempo de processamento do RIP para arquivos PDF com conteúdo de dados variáveis ou transparências. Além disso, a velocidade de processamento de arquivos com cores especiais (spot colors) aumentou mais de quatro vezes (quando empregado computador com motor C4 ou similar), o que melhora a produtividade nas impressões com efeitos especiais.

Frédéric Soulier, diretor da Caldera, declarou: “Continuaremos a melhorar o software com incrementos e novas formas de aumentar a velocidade e ampliar o desempenho da produção”.

A versão 10.1 do Caldera está disponível para todos os usuários que já possuem a versão 10 do software.

Fonte: Caldera