Espectrodensitômetro eXact passa a oferecer ferramenta para cores especiais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/12/2017
Equipamento inclui a função Spot Color Tone Value, para cores especiais

Equipamento inclui a função Spot Color Tone Value, para cores especiais

A X-Rite, fabricante de soluções para gerenciamento de cores, anunciou que a família de espectrodensitômetros eXact passou a oferecer o recurso Spot Color Tone Value (SCTV), que suporta o padrão ISO 20654. Com a ferramenta, as gráficas de embalagens poderão mensurar o valor tonal de cores especiais para aumentar a precisão de cores especiais de marcas.

Com a atualização, usuários poderão configurar separadamente a fórmula do valor tonal para cores especiais. Além disso, o eXact passou a incluir uma função de pesquisa que fornece acesso mais rápido e fácil a padrões de cores como o Pantone. Os usuários poderão selecionar o Pantone ou um padrão de outra biblioteca de cores por meio de seu nome ou código, o que melhora a experiência do usuário.

Ray Cheydleur, gerente de portfólio de produtos de impressão e imagens da X-Rite, declarou: “A X-Rite oferece suporte SCTV para todos nossos softwares de controle de processos das famílias eXact, IntelliTrax2 e ColorCert Suite 3.0, proporcionando aos clientes o gerenciamento de cores e as ferramentas de fluxo de trabalho necessárias para atender aos novos padrões da indústria, bem como para formulação otimizada de tintas e sua interação com o substrato de impressão”.

Fonte: X-Rite



Inca Digital anuncia nova série de impressoras UV Onset X

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/10/2015
Onset X3 pode trabalhar na velocidade de 900 metros quadrados por hora

Onset X3 pode trabalhar na velocidade de 900 metros quadrados por hora

A fabricante Inca Digital anunciou a Onset X, nova série de impressoras planas UV composta por três modelos, que podem trabalhar com mídias em formatos acima de 3,22m x 1,6m e espessura de 50mm. As máquinas têm as seguintes configurações:

- Onset X1: trabalha na velocidade máxima de 560m2/h e agrega oito canais: quatro para o CMYK e quatro para configurações ajustáveis de laranja, branco, light magenta e light cyan. A impressora pode receber upgrades;

- Onset X2: produz na velocidade máxima de 725m2/h e incorpora seis canais opcionais. Também pode receber upgrade e apresenta 14 canais de tinta. Oferece modos de produção de alta qualidade e impressão uni ou bidirecional;

- Onset X3: capaz de imprimir a 900m2/h, a impressora apresenta CMYK triplo, opção de tinta branca ou laranja e cabeças de 14 ou 27 picolitros. Com a Onset X3, é possível substituir impressoras serigráficas em produções de grandes tiragens com alta qualidade, consistência e confiabilidade.

Vendidos exclusivamente pela Fujifilm, os modelos da linha Onset X empregam o conceito de arquitetura escalonável, em que a mesa de suporte de mídias agrega 25 zonas de vácuo e sistema de controle UV, que elimina o mascaramento e possibilita que o sistema de impressão incorpore diversos canais de tinta. Isso permite que os clientes personalizem as configurações de produtividade, cor e qualidade.

Segundo a empresa, as zonas de vácuo da mesa de impressão são controladas de forma independente e facilmente geridas pelo operador. Informações sobre formatos de mídias usados com frequência podem ser programadas e armazenadas em um banco de dados. Essa inovação aumenta em até 20% a produtividade da Onset X em relação aos modelos anteriores da série Onset.

Além disso, as impressoras incluem um pacote de ferramentas que aumentam a produtividade. Entre elas estão o sistema que protege as cabeças contra danos durante a impressão de substratos grossos, um opcional de limpeza automática de substratos e um sistema especial de alimentação de mídias corrugadas que melhora o contato dos substratos sobre a mesa de impressão. Além disso, para a linha Onset X, a Inca desenvolveu ferramentas de gerenciamento de trabalhos com as quais o operador pode salvar configurações, criar filas de impressão e otimizar cada etapa do processo de impressão.

Fonte: Inca Digital



Curso: Iniciativas técnicas para aplicação de vinil autoadesivo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/06/2019
Treinamento será dado no dia 15 de junho, na ABTG

Treinamento será dado no dia 15 de junho, na ABTG

Com o objetivo de capacitar profissionais de comunicação visual (vendedores, instaladores e interessados em abrir um negócio), no dia 15 de junho será ministrado o curso “Iniciativas técnicas para aplicação de vinil autoadesivo”, que ocorrerá das 09h00 às 17h00, na ABTG (R. Bresser, 2315 - São Paulo, SP).

Com valor de 280 reais, o curso abordará os seguintes tópicos:

  • Tipos de superfícies;
  • Preparo de superfícies;
  • Tipos de vinis autoadesivos: filme, adesivo e liner;
  • Métodos de aplicação e instalação;
  • Métodos de acabamentos;
  • Manutenção e limpeza de imagens.

O curso foi montado porque é crescente o número de clientes finais descontentes com a comunicação visual de vinis autoadesivos. Isso acontece porque os profissionais de sinalização não estão capacitados para trabalhar de forma adequada com esses materiais. Conhecer as características e os limites desses substratos é o diferencial para garantir eficácia aos trabalhos.

Quem ministrará o curso é Eduardo Yamashita, profissional com vasta experiência no mercado de comunicação visual. Trabalhou em grandes fabricantes de vinis, tintas, lonas e tecidos. Yamashita é professor, palestrante e consultor de empresas no Brasil e no exterior. Possui formação acadêmica nas áreas química e administração de empresas, com especialização em diversos segmentos industriais.

Fonte: ABTG