Esko lança mesa de corte Kongsberg C Edge

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/04/2019
Principal característica da C Edge é seu sistema modular

Principal característica da C Edge é seu sistema modular

A fabricante Esko anunciou no mercado internacional o lançamento da Kongsberg C Edge, mesa de corte com design modular, que pode ser atualizado de acordo com as necessidades produtivas dos usuários.

Indicada para produção de embalagens e peças de sinalização, a máquina é capaz de rodar na velocidade de até 75m/min, com aceleração de 1G.

A máquina pode ser equipada com a adaptador “Fast Tool”, para reduzir as trocas manuais de ferramentas e diminuir o tempo de inatividade. Com duas ferramentas “Fast Tool”, a mesa pode render mais e melhorar a qualidade dos acabamentos, sobretudo em materiais de sinalização como vinis. A C Edge também está disponível com ou sem transportador.

Para os fabricantes de embalagens de papelão ondulado, a Edge C também pode ser equipada com uma unidade de força descendente de 50kg, para produzir vincos de alta qualidade com uma roda de vinco de 150mm.

A Edge C também pode empregar a CorruSpeed, ferramenta exclusiva para corte de papelão ondulado em altas velocidades e sem oscilações.

Fonte: Esko



Roland DG anuncia máquina para brindes e instrumentos cirúrgicos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/08/2017
MPX-95 customiza produtos e aplica códigos de barras em equipamentos médico-hospitalares

MPX-95 customiza produtos e aplica códigos de barras em equipamentos médico-hospitalares

A fabricante Roland DG anunciou a MPX-95, solução indicada para os mercados de brindes e de produtos médico-hospitalares. Trata-se de uma máquina compacta que pode empregar dois kits opcionais.

Um deles, o Kit Gift (GK-1), foi criado para o segmento de brindes vendidos em quiosques, joalherias e estabelecimentos de peças sob demanda. O equipamento imprime fotos super-realistas, textos e logotipos em pingentes, fivelas de cinto, canetas, óculos, joias, relógios, garrafas, canecas, pen drives, porta-chaves, entre outros objetos.

Já o Kit DPM é indicado para profissionais da área da saúde que gravam códigos de barras, números de segurança, logos e nomes em instrumentos cirúrgicos. Tal identificação deve constar obrigatoriamente nos produtos médico-hospitalares para segurança dos pacientes.

Ambos os kits gravam em uma grande variedade de materiais, como aço inoxidável, ferro, titânio, platina e substratos mais suaves (ouro, prata, cobre, níquel e alumínio).

Anderson Clayton, gerente de marketing da Roland DG Brasil, declarou: “As marcações da máquina Roland diferenciam-se por serem mais resistentes e por manterem a superfície inalterada, o que facilita a perfeita limpeza e esterilização dos equipamentos cirúrgicos”.

Fonte: Roland DG Brasil



Avery anuncia envelopador campeão do Wrap Like a King 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/11/2016
Projeto Toxic Rat, envelopado por Nick Caminiti, levou o prêmio máximo do Wrap Like a King 2016

Projeto Toxic Rat, envelopado por Nick Caminiti, levou o prêmio máximo do Wrap Like a King 2016

A Avery Dennison, fabricante de películas adesivas, anunciou o campeão do Wrap Like a King 2016, concurso internacional de envelopamento automotivo promovido pela empresa. O vencedor foi o Nick Caminiti, instalador da Exotic Graphix, sediada na Austrália.

Caminiti competiu com outros 223 instaladores de 21 países e recebeu uma série de prêmios durante a Sema 2016, exposição dedicada a envelopamento e personalização de veículos. O campeão declarou: “Eu e minha equipe da Exotic Graphix trabalhamos muito duro para desenvolver um trabalho único, criativo e tecnicamente desafiador. É uma honra ser reconhecido por isso. É também a primeira vez que a Austrália ganha um Wrap Like a King”.

O Toxic Rat, projeto inscrito por Caminiti, empregou vinis Avery Supreme Wrapping Diamond Silver e laminados DOL 1460. Inspirado na década de 1960, o design do 1930 Ford Tudor foi inteiro remodelado. A parte traseira foi aerografada e outras áreas do veículo foram cobertas por filmes impressos digitalmente. O interior do carro também foi adesivado para manter a coesão de todo o trabalho.

Na edição de 2016 da competição, um painel de juízes especialistas avaliou 224 inscrições levando em conta os critérios de transformação visual, qualidade e nível de dificuldade da instalação, aparência geral e singularidade do projeto.

Vencedores do Wrap Like a King 2016 no estande da Avery na Sema Show

Fonte: Wrap Like a King