Epson leva impressoras solvente e sublimáticas na Serigrafia Sign 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/07/2013

Com um espaço de 340m², a Epson, fabricante de impressoras digitais, comparece a feira Serigrafia Sign pela terceira vez consecutiva. Na edição de 2013, a empresa vai apresentar lançamentos e equipamentos para impressão solvente e sublimática.

Impressoras solvente

Além dos equipamentos para CAD (SureColor Série-T), fotografia e provas (Stylus Pro e SureLab Série-D), a Epson levará novidades da linha SureColor Série-S (de grande formato):

  • S50670: impressora com duplo CMYK que trabalha na velocidade máxima de 91m²/h;
  • S70670: com 10 cores, incluindo as tintas branca e prata, voltada para o mercado de decoração.
Epson S50670: tem duplo CMYK

Epson S50670: tem duplo CMYK

Impressoras para sublimação

Os aguardados modelos Epson SureColor F6070 e F7070 estarão presentes no evento. "Hoje, 80% do parque instalado no mercado de sublimação são equipamentos Epson, pois a nossa tecnologia patenteada MicroPiezo é a única no mercado que permite a impressão sublimática", destaca Evelin Wanke, especialista de produtos na linha de grandes formatos.

Veja as características técnicas das novas impressoras para sublimação da Epson.

Nova impressora da Epson para sublimação

Nova impressora da Epson para sublimação

Serviços e benefícios

A fornecedora também vende tintas e papéis, além de oferecer o Epson Rewards, um programa no qual o cliente acumula pontos, que poderão ser trocados por garantia estendida ou descontos na aquisição de equipamentos. Outro benefício é a garantia total das impressoras, incluindo as cabeças de impressão.

Epson oferece garantia total em suas impressoras

Epson oferece garantia total em suas impressoras

De acordo com os seus representantes, a Epson possui aproximadamente 20% de market share no país. "A unidade de negócios de maior investimento para a Epson do Brasil é, reconhecidamente, a de grandes formatos, que hoje representa 10% do faturamento da empresa", destaca Eduardo Valentin, gerente de grupo de produtos da Epson do Brasil.

Confira mais informações e novidades sobre a Serigrafia Sign e seus expositores.

Fonte: Epson Brasil



Global Inkjet Systems lança placa gerenciadora de impressão USB 3.0

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/09/2013

PMB-C8-3 foi criada para suportar os novos requisitos técnicos das mais recentes cabeças de impressão industriais

PMB-C8-3 foi criada para suportar os novos requisitos técnicos das mais recentes cabeças de impressão industriais

A Global Inkjet Systems (GIS), desenvolvedora de drivers e peças eletrônicas para cabeças de impressão, acrescentou a tecnologia USB 3.0 à sua família de placas gerenciadoras de impressão (Print Manager Boards, PMB). Com isso, a empresa passa a produzir e vender a nova PMB-C8-3.

Segundo a companhia, o novo dispositivo aumenta a taxa de transferência de dados para mais de 2.700Mb/s, permitindo o gerenciamento de um número maior de cabeças de impressão, o que reduz a quantidade de conexões no sistema de produção.

A nova PMB-C8-3 é também compatível com USB 2.0 e não substitui outros produtos da empresa. Mas a fabricante espera que ela seja mais utilizada em sistemas que empregam cabeças de alta resolução e alta velocidade, como a Kyocera KJ4, a Konica Minolta 1800i e a Ricoh Gen 5.

Nick Geddes, CEO da GIS, comenta: "As impressoras, principalmente as de única passada, têm empregado um número cada vez maior de cabeças, para proporcionar mais velocidade e resolução. Por isso, estamos sempre procurando melhorar todo o sistema. Ao adotar a tecnologia USB 3.0, estamos aumentando a confiabilidade das impressoras e dando início à próxima geração dessa tecnologia".

Fonte: Global Inkjet Systems



Região italiana ganha destaque como polo produtor de impressoras têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/08/2014

Na cidade de Milão e no entorno do lago Como estão concentradas diversas fabricantes de impressoras digitais para estamparia têxtil

Na cidade de Milão e no entorno do lago de Como estão concentradas diversas fabricantes de impressoras digitais para estamparia têxtil

Há séculos, a cidade de Milão e a região do lago de Como, na Itália, foram polos definidores de tendências para as indústrias de moda e decoração. Trata-se de um centro de inovação em impressão de tecidos – muito influenciada recentemente pelos sistemas digitais.

Os primeiros equipamentos a jato de tinta para estamparia têxtil começaram a ser fabricados na década de 1990, por empresas locais, como Robustelli. Atualmente, a região conta com fabricantes como AlephF-Tex, DurstKornitReggianiMS Printing – empresas que vêm transformando o mercado de tecidos, como ponta de lança de eficiência produtiva e sustentabilidade.

Com as impressoras digitais mais recentes, a Miroglio Textile, por exemplo, conseguiu reduzir o consumo de água em mais de 90% e diminuiu drasticamente a emissão de CO2.

Pesquisa do InfoTrends indica que em 2013 cerca de 370 milhões de metros quadrados de tecidos foram produzidos digitalmente para vestuário, decoração e aplicações industriais. A tendência é que o número cresça nos próximos anos.

Fonte: My Print Resource