Epson lança impressora de grande formato SureColor P10000

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/03/2016
SureColor P10000 é indicada para impressões de alta qualidade de imagem

SureColor P10000 é indicada para impressões de alta qualidade de imagem

A Epson, fabricante de equipamentos eletrônicos, anunciou no mercado internacional mais um modelo de impressora de grande formato, a SureColor P10000. Indicada para aplicações de alta qualidade de imagem, a máquina possui 44 polegadas de largura e emprega cabeça PrecisionCore MicroTFP, que possibilita a impressão de pontos variáveis e disparo de gotas com 3,5 picolitros, além de verificação e limpeza automáticas de nozzles.

Para a SureColor P10000, a Epson indica o uso da linha de tintas pigmentadas UltraChrome Pro, vendidas em cartuchos de 700ml. Além das cores de processo padrão, a série é composta por cinza, cinza light e cinza escuro, para proporcionar transições mais suaves e menos ruído na reprodução de tons de cinza. A tinta amarela foi reformulada para aumentar a durabilidade dos impressos. Além disso, a SureColor P10000 utiliza a Resin Encapsulation, tecnologia que produz impressos com brilho mais uniformidade e melhor contraste.

Outro destaque da impressora é o novo sistema avançado de alimentação de mídias, que captura em tempo real as fotografias que estiverem na parte de trás das mídias e incorpora um algoritmo de reconhecimento de padrões, fornecendo feedback de até 60 timers por segundo, para garantir a alimentação precisa das mídias. Além disso, o sistema carrega as bobinas de mídia sem inclinação, a fim de protegê-las de arranhões durante o processo de impressão.

O sistema de alimentação também foi desenvolvido para papéis macios usados em fine arts, além de suportar mídias com até 1,5mm de espessura e tamanho de até 17 x 44 polegadas.

A máquina apresenta um servidor interno de 320GB que aumenta a produtividade ao transferir rapidamente trabalhos entre diferentes estações de trabalho.

Não há previsão de lançamento da SureColor P10000 para o Brasil.

Fonte: Epson



Fisher Textiles apresenta tecido reciclado para impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/08/2014

Material é compatível com impressão digital sublimática

Material é compatível com impressão digital sublimática

A Fisher Textiles, fornecedora de mídias, anunciou o lançamento no mercado internacional de um novo tecido para impressão digital. Trata-se do ET 2600 Jersey Spandex Knit, composto por fios produzidos a partir de garrafas plásticas recicladas (Repreve).

O substrato recebeu o certificado ET 2600, da Unifi, fabricante do Repreve.

Compatível com impressão digital sublimática e indicado para a confecção de vestuários atléticos, o tecido é tratado com Sorbtek, sistema de umidade da Unifi, que seca rapidamente, controla odores e promove conforto.

O ET 2600 é composto por 92% de poliéster reciclado e 8% de Spandex. É vendido em rolos de 61cm de largura.

Fonte: Fisher Textiles



Azon lança impressora UV LED de pequeno formato

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/01/2016
Modelos da linha Azon podem imprimir materiais com espessura de até 100mm

Modelos da linha Azon podem imprimir materiais com espessura de até 100mm

A Azon, fabricante europeia de impressoras digitais, anunciou no mercado internacional a Mason, nova geração de equipamentos UV LED com área máxima de impressão de 590mm x 700mm, usada para estampar diversos objetos 3D e substratos, como madeira, cerâmica, plásticos, entre outros materiais.

As máquinas vêm com sistema bulk ink com sensor de monitoramento e seis reservatórios de 500ml de tinta, que podem ser recarregados facilmente por meio de garrafas. As tintas utilizadas pelos equipamentos da série Mason são pigmentadas e duram até cinco anos.

De acordo com a empresa, as impressoras Mason empregam sistema de única passada e conjunto de cores CMYK e branco. Além disso, as máquinas incluem software RIP Azon, que viabiliza trabalhos com resolução de 1440dpi e imagens com detalhes finos.

Outro diferencial das máquinas Mason é o novo servo motor e o sistema de parafuso, que operam com precisão o movimento dos substratos pelo equipamento.

Fonte: Azon