Epson cria laboratório e centro de pesquisa de impressão digital têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/12/2016
Espaços foram criados em colaboração com a For.Tex e a F.lli Robustelli

Espaços foram criados em colaboração com a For.Tex e a F.lli Robustelli

A Epson, fabricante de impressoras digitais, anunciou a criação de dois departamentos específicos para pesquisa e desenvolvimento de tecnologia de estamparia digital têxtil. São um centro de pesquisa de impressão e um laboratório de pesquisa de inovação, ambos com base na Itália.

Criado junto com For.Tex, o laboratório de pesquisa de inovação objetiva desenvolver novas tintas para impressão digital para diversos substratos. Segundo a empresa, o ambiente está equipado com tecnologias de ponta e conta com uma equipe de tecnólogos e pesquisadores.

Sediado na planta da F.lli Robustelli, empresa adquirida pela Epson, o centro de pesquisas de impressão tem como objetivo auxiliar o desenvolvimento de dispositivos inkjet, para garantir o desenvolvimento contínuo das impressoras têxteis da Epson.

A Epson, a F.lli Robustelli e a For.Tex agem em colaboração desde 2003, quando lançaram a impressora digital Monna Lisa. Em 2014, criaram o Textile Solution Center (TSC), centro para desenvolvimento e promoção da estamparia digital têxtil no mundo. Para estabelecê-lo, foram gastos 2 milhões de euros, investimento empregado para a construção de uma instalação de 3 mil metros quadrados que oferece oportunidades de reproduzir todo o processo industrial de impressão digital em tecidos, incluindo etapas como pré-tratamento, vaporização, lavagem, secagem e acabamento.

De acordo com a empresa, tecnologias digitais para imprimir imagens, padrões e efeitos visuais em tecidos crescem rapidamente e substituem tecnologias analógicas em diversas áreas. Em 2014, aproximadamente 31 bilhões de metros quadrados de tecido foram impressos no mundo, dos quais aproximadamente 3% foram produzidos usando tecnologias digitais, segundo a Provost Ink Jet Consulting Ltd. De 2015 a 2019, espera-se que o volume de impressão digital têxtil aumente cerca de 17% ao ano, de acordo com a World Textile Market Outlook.

Fonte: Epson



Esko lançará mesas de corte na Fespa 2014

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/04/2014

Mesa de corte Kongsberg C64 é uma das novidade da Esko

Esko apresentará na Europa novas mesas de corte da linha Kongsberg

A Esko, fabricante de equipamentos para comunicação visual, estará presente na Fespa 2014, que acontecerá de 20 a 23 de maio, em Munique (Alemanha). No estande da empresa, os visitantes poderão ver a nova linha de mesas de corte Kongsberg V-Series.

Indicada para empresas de sinalização, embalagem e comunicação visual, a nova série é composta por dois equipamentos de diferentes configurações técnicas.

Armand Gougay, vice-presidente da Esko Europa, declarou: "Na Ásia, onde testamos inicialmente as novas mesas, tivemos uma grande demanda pelos equipamentos. Agora, estamos ampliando nossa produção para disponibilizar esses novos modelos em todos os canais Esko".

Fonte: Large Format Review



Hybrid Services lança tinta transparente para impressoras Mimaki JFX200-2513

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/10/2014

Insumo possibilita a criação de acabamentos especiais e efeito Braille

Insumo possibilita a criação de acabamentos especiais e efeito Braille

A Hybrid Services, fornecedora de materiais para comunicação visual, anunciou a LH-100, tinta transparente compatível com impressoras UV Mimaki JFX200-2513.

Com o novo insumo, é possível criar efeitos de acabamentos brilhantes e foscos, parecidos com os obtidos na impressão litográfica com verniz especial. Isso porque a tinta pode produzir camadas para realçar cores ou criar efeitos táteis em peças para PDV, etiquetas e até alfabeto Braille.

Stuart Cole, gerente comercial da Hybrid Services, declarou: "A nova geração de impressoras planas UV LED produzem materiais altamente sofisticados. E a nova LH-100 oferece possibilidades artísticas e criativas para usuários da JFX200".

A nova tinta pode ser inserida na impressora JFX200 facilmente. Os usuários precisam, apenas, rodar o mais recente firmware (versão 1.30 ou posterior) e o RIP Mimaki RasterLink 6 (versão 2.10 ou posterior).

Fonte: Large Format Review