Epson contará com novo laboratório de pesquisas inkjet em outubro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/09/2019
Inkjet Innovation Lab buscará parcerias com outros desenvolvedores de tecnologia a jato de tinta

Inkjet Innovation Lab buscará parcerias com outros desenvolvedores de tecnologia a jato de tinta

A Seiko Epson abrirá em outubro um novo laboratório dedicado a desenvolver tecnologias inkjet. Chamada de Fujimi Inkjet Innovation Lab, a instalação fica dentro da fábrica da marca, em Nagano, no Japão.

O laboratório realizará pesquisas conjuntas com institutos e empresas que desejam aplicar inkjet em processos industriais. A Epson pretende desenvolver novas aplicações e acelerar o uso de suas cabeças de impressão na indústria.

Nos próximos três anos, a empresa pretende aumentar seu crescimento ao apostar em inovações e tirar o máximo proveito de seus ativos. Além disso, a Epson quer expandir as vendas de cabeças do modelo PrecisionCore. O Inkjet Innovation Lab foi desenvolvido para ajudar nesses objetivos. O laboratório está equipado com impressoras e uma unidade de avaliação que empregam cabeças da marca, além de outras máquinas que produzem testes e avaliações. Os visitantes poderão aproveitar o laboratório e explorar o potencial da tecnologia inkjet aplicada em diversos segmentos.

Satoshi Hosono, diretor executivo da Seiko Epson, declarou: “Nosso objetivo é ter o pioneirismo no fornecimento de soluções com cabeças inkjet. Além de oferecer benefícios como excelente desempenho de impressão, desempenho ambiental e compatibilidade de tintas. Vemos o Inkjet Innovation Lab como o primeiro passo para expandir o número de parcerias com aqueles que compartilham nossas aspirações”.

Fonte: Epson



Vanguard Digital Printing é nova fabricante de impressoras de grande formato

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/01/2016
VR5D faz parte do portfólio de impressoras UV da Vanguard

VR5D faz parte do portfólio de impressoras UV da Vanguard

Três executivos veteranos do mercado norte-americano de grandes formatos (Dave Cich, Jim Case e Jim Peterson) anunciaram a fundação de uma nova fabricante de impressoras digitais, a Vanguard Digital Printing.

O trio, que fazia parte da CET Color, encabeça o projeto que já deu o primeiro fruto: a VR5D, impressora plana UV que emprega tecnologia Ricoh Gen5 e conjunto de tinta CMYK e branco. O equipamento vem com o sistema proprietário BandGuard, que alinha as cabeças de impressão (YMCK-KCMY) para eliminar bandings.

A impressora pode receber atualizações para trabalhar em velocidades maiores. A mesa de impressão foi projetada para acomodar uma ampla gama de mídias rígidas de até 125cm x 250cm, com até 10cm de espessura.

A VR5D também vem com o CureGuard (sistema de LED ajustável para curar substratos sensíveis ao calor) e com o StaticGuard (dispositivo de controle para PVC e acrílicos com estática).

Dave Cich, cofundador da Vanguard Digital Printing Systems, declarou: “A empresa é uma continuação do que fiz em minha carreira. Em 25 anos, aprendi que você pode ser bem-sucedido se faz um negócio focado nas necessidades dos clientes e, ao mesmo tempo, valoriza seus colaboradores e fornecedores”.

Fonte: Vanguard Digital Printing



Sawgrass apresentará tecnologia de sublimação em algodão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/10/2018
Solução estará no estande da empresa na SGIA 2018

Solução estará no estande da empresa na SGIA 2018

A Sawgrass, fornecedora de soluções para impressão sublimática, estará presente na SGIA 2018, feira que ocorre entre os dias 18 e 20 de outubro, em Las Vegas (EUA). Além de levar seus produtos, a empresa apresentará materiais dos parceiros Chemica, ChromaLuxe, Forever, PrintLAT, Poli-Tape, Siser e Vapor Apparel.

Entre as principais soluções que a Sawgrass disponibilizará ao público da feira está a SubliCotton, que permite a sublimação de imagens em tecidos de algodão. A tecnologia foi desenvolvida em conjunto com a Forever e a PrintLAT.

Segundo a empresa, a sublimação em algodão é uma forte demanda de muitos clientes, porque trata-se de um tecido extremamente popular. Porém, o processo sublimático só funciona com polímeros e exclui o algodão. A SubliCotton vem, portanto, para mudar esse paradigma.

A Sawgrass também levará para a SGIA 2018 materiais para sublimação em tecidos escuros. São as mídias SubliTwill e SubliFlock (da Poli-Tape), SubliTex (da Chemica) e a HTV (da Siser), que trabalham com os sistemas Virtuoso HD e Virtuoso Print Manager (da Sawgrass). A empresa explica que as tintas de sublimação são semitransparentes. Por esse motivo, depois da prensagem, as cores impressas são influenciadas pela cor dos substratos. Os materiais citados foram desenvolvidos para lidar com essa particularidade do processo.

Fonte: Sawgrass