Epson, Avery e Casa do Zezinho unem-se por causa educacional

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/11/2018
Realizado em dez países, projeto Impressione América Latina chega ao metrô da capital paulista

Realizado em dez países, projeto Impressione América Latina chega ao metrô da capital paulista

A Epson Brasil, em parceria com a Avery Dennison, criou o Impressione América Latina, projeto que estimula o debate sobre questões sociais por meio da exposição de impressões em grande formato. No dia 21 de novembro, a ação desembarcou em São Paulo (SP), onde permanecerá até 20 de dezembro e abordará a necessidade do desenvolvimento de atividades educativas, artísticas, culturais e esportivas para crianças e adolescentes de baixa renda.

O primeiro passo da Epson foi realizar um concurso e selecionar a obra da artista gráfica Bianca Klempe, de 20 anos, para ilustrar a causa defendida no Brasil. Com o tema “Enquanto você espera só um pouquinho, já tem gente esperando por muito tempo”, a criação impressa em grande formato ficará exposta na Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo, em duas portas da plataforma de embarque da Estação Pinheiros e no corredor de acesso à Estação Paulista. Além disso, a ação resultou em uma doação em dinheiro para a Casa do Zezinho, organização sem fins lucrativos localizada no Parque Maria Helena, bairro da Zona Sul paulistana.

Os painéis criados por Bianca foram estampados em substrato Avery Dennison pela impressora solvente Epson SureColor S60600, que incorpora a cabeça de impressão PrecisionCore TFP. Sobre a tecnologia, Evelin Wanke, gerente de vendas da Epson do Brasil, declarou: “Os equipamentos dessa linha ainda incluem a tinta solvente GS3 UltraChrome, que oferece alta qualidade de impressão, durabilidade e menor tempo de secagem”

Criada em 1994, a Casa do Zezinho recebe jovens entre 6 e 21 anos que frequentam a rede pública de ensino. Com base nos quatro pilares da Pedagogia do Arco Íris, criada pela psicopedagoga Tia Dag, a ONG investe em programação socioeducativa que compreende artes, ciências, filosofia e espiritualidade

Eduardo Valentin Gonçalves, head de marketing da Epson do Brasil, declarou: “A Epson está sempre atenta às necessidades de desenvolvimento dos países onde está presente. No Brasil, acreditamos que a educação é um fator para a transformação social. Por isso, optamos por realizar este trabalho com a Casa do Zezinho. E o metrô de São Paulo, pela democracia e abrangência que oferece, possibilita gerar impacto em grupos de diferentes gêneros, raça, idade e classe social. Cerca de 197 mil pessoas passam pela Estação Paulista diariamente, enquanto 173 mil usuários circulam todos os dias pela Estação Pinheiros”.

Outros nove países participam do Impressione América Latina. O primeiro local a contar com a exposição de uma obra foi o Museu Gabriela Mistral, em Santiago (Chile). No país, a causa defendida foi o combate ao câncer de mama, assim como na Argentina, onde uma obra foi exibida no Museu de Arquitetura e Design de Buenos Aires.

Fonte: Epson Brasil



Novas cabeças aumentam velocidade de impressoras swissQprint

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/10/2014

Produtividade das impressoras Impala aumentou

Produtividade das impressoras Impala aumentou

A swissQprint, fabricante europeia de impressoras digitais, anunciou que os modelos Impala serão equipados com novas cabeças que permitem a máquina trabalhar com velocidades entre 130m2/h e 180m2/h. As impressoras UV Nyala 2, com 3,2m x 2m, também fabricadas pela swissQprint, já eram vendidas com as novas cabeças.

A Impala é uma impressora UV plana que pode trabalhar materiais com formato máximo de 2,5m x 4m. Para a impressão de substratos flexíveis em bobinas, é possível acoplar um sistema rolo a rolo opcional na máquina.

A impressora possui nove canais de cores que podem ser configurados de acordo com as necessidades do cliente. Portanto, a paleta CMYK pode vir acompanhada de branco, verniz, cores light, laranja, verde ou violeta.

Segundo a empresa, as tintas originais da Impala aderem a muitas superfícies e substratos não convencionais, o que aumenta consideravelmente as opções produtivas da máquina.

Fonte: Large Format Review



Foster lança elevador de bobinas para impressoras Agfa

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/03/2017
Dispositivo também pode ser utilizado para alimentar equipamentos das marcas Zünd e da Esko

Dispositivo também pode ser utilizado para alimentar equipamentos das marcas Zünd e da Esko

A Foster, fabricante de equipamentos, anunciou o Foster On-a-Roll Lifter Universal, dispositivo para elevação de bobinas especialmente desenvolvido para as linhas Agfa Anapurna, Mira, Tauro e Titan, compostas por impressoras digitais de grande formato. A máquina também pode ser utilizada para o carregamento de mídias em equipamentos Zünd e Esko.

De acordo com a empresa, com o dispositivo, os operadores podem manipular rolos pesados (de até 300kg) e largos (até 5m) com total segurança. Em máquinas da Agfa, a bandeja do elevador se encaixa facilmente no sistema de alimentação de mídias, e múltiplas configurações permitem que o operador posicione a bobina no exato local de carregamento e descarregamento.

Ted Borowsky, CEO da Foster, declarou: “As áreas de carregamento de muitas impressoras rolo a rolo são muito limitadas, e os dispositivos de elevação devem ser configurados individualmente para acomodar os diferentes formatos disponíveis no mercado. O Foster On-a-Roll Lifter Universal pode ser rapidamente configurado pelo operador, para que ele corresponda à estrutura exata de muitas impressoras. Isto é particularmente útil em empresas que utilizam vários modelos de impressoras. Além disso, o elevador de bobinas melhora a segurança do local de trabalho”.

Fonte: Foster