Epson anuncia investimento em novas linhas de cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/06/2013

Epson faz investimento para ampliar a fabricação de cabeças de impressão

Epson faz investimento para ampliar a fabricação de cabeças de impressão

No Japão, a Seiko Epson Corporation investiu aproximadamente 16 bilhões de ienes (algo em torno de 164 milhões de dólares) em duas novas linhas de cabeças de impressão. As novidades devem chegar ao mercado no próximo semestre.

De acordo com a marca, os investimentos feitos nos últimos três anos resultaram em uma série de tecnologias capazes de atender às novas exigências de produção.

As novas cabeças possuem um design aperfeiçoado, que auxilia a automatização dos processos nas linhas de montagem.

"Nossa visão corporativa apela para a expansão do negócio de impressoras a jato de tinta, e as novas linhas de produção representam um elemento essencial nesses planos", disse Motonori Okumura, diretor executivo e gerente administrativo.

"Daqui para frente, a Epson vai aumentar a sua competitividade, expandindo o uso das novas cabeças de impressão", concluiu Okumura.

Fonte: Epson



EFI adquire fabricante de impressoras Matan

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/07/2015
Tecnologia da Matan será incorporada ao portfólio da EFI

Tecnologia da Matan será incorporada ao portfólio da EFI

A EFI, fabricante de soluções gráficas, adquiriu a Matan Digital Printers, fabricante de impressoras de grande formato.

Com sede em Rosh HaAyin, em Israel, a Matan conta com aproximadamente 70 funcionários, entre eles o ex-presidente Hanan Yosefi, que passou a ocupar o cargo de vice-presidente e gerente geral da EFI Inkjet Israel. Sobre a aquisição, o executivo declarou: “Nossa tecnologia e, principalmente, nossos clientes possuem um grande futuro com a EFI em termos de suporte e inovação. Eu e a equipe da Matan estamos animados com a perspectiva de continuar crescendo e inovando como parte de um dos principais fabricantes de produtos de impressão a jato de tinta industrial do mundo”.

A aquisição foi uma transação de aproximadamente 29 milhões de dólares, pagos pela EFI aos sócios da Matan com o objetivo de obter todas as ações da fabricante. No contrato de venda, a EFI também assumiu aproximadamente 5 milhões de dólares em dívidas da Matan e depositou 14 milhões de dólares sob custódia para servir de segurança em benefício da EFI pelas obrigações indenizatórias dos acionistas da Matan.

A EFI espera que a transação seja levemente acumulativa em relação aos ganhos do ano fiscal de 2015. A empresa divulgará informações financeiras sobre os resultados antecipados do terceiro trimestre de 2015, incluindo o impacto dessa transação, durante sua chamada sobre ganhos no segundo semestre de 2015, marcada para 21 de julho de 2015.

Guy Gecht, CEO da EFI,declarou: “Essa aquisição proporciona à EFI uma ampla variedade de produtos para ajudar nossos clientes a aproveitar oportunidades na impressão de grande formato. A força de pesquisa e desenvolvimento da Matan acelerará a inovação de impressão a jato de tinta da EFI e, ao mesmo tempo, preencherá um espaço importante no portfólio da empresa, em uma linha de impressoras rolo a rolo de menor custo de aquisição focadas em sinalização, banners, outdoors e gráficos de frota”.

Fonte: EFI



Fujifilm e Heidelberg unem-se para desenvolver novo tipo de impressora inkjet

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/02/2016
Equipamento desenvolvido pela Fujifilm e pela Heidelberg imprime substrato no formato B1

Equipamento desenvolvido pela Fujifilm e pela Heidelberg imprime substrato no formato B1

A Fujifilm, fabricante de impressoras digitais, e a Heidelberg, fabricante de impressoras offset, apresentarão um novo tipo de equipamento inkjet industrial durante a Drupa 2016, feira internacional que ocorrerá entre os dias 31 de maio e 10 de junho, em Dusseldorf, Alemanha.

Desenvolvida para imprimir mídias no formato B1, a máquina emprega cabeças de impressão Samba (da Fujifilm Dimatix) e um conjunto de sete cores (CMYK, laranja, verde e azul violeta) de tintas pigmentadas à base d’água com a tecnologia Rapic, para reprodução de imagens de alta definição. Além disso, a impressora emprega sistema especial de vernizes e o Prinect Digital Frontend (DFE), ambos fabricados pela Heidelberg.

O sistema permitirá o desenvolvimento de novas aplicações e oferecerá ferramentas de personalização, dados variáveis e aplicações de marketing direcionado. A ideia é que a impressora produza materiais com qualidade comparável à da impressão offset, mas com consistência e confiabilidade superior.

Tanto a Fujifilm quanto a Heidelberg planejam iniciar a comercialização da máquina em 2017. A primeira instalação em campo pode ocorrer logo após a Drupa 2016. A iniciativa começou em 2013, quando as duas fabricantes firmaram uma parceria para desenvolver uma nova impressora inkjet industrial.

Shigetaka Komori, CEO da Fujifilm Corporation, declarou: “Graças à nossa parceria com a Heidelberg, um dos principais fornecedores na indústria de impressão global, agora estamos confiantes de que podemos atender às necessidades crescentes do mercado de impressão industrial. A nova máquina com formato B1 aumenta o alcance da tecnologia a jato de tinta da Fujifilm”.

Fonte: Heidelberg