Envelopamento de carros: com ou sem emendas

Por Eduardo Yamashita em 20/11/2014

Envelopamentos de veículos sem emenda exigem planejamento e são desafiadores. Muitos instaladores de vinil não possuem habilidades para colocar isso em prática corretamente. Muitos prometem envelopamento sem emendas, mas não conseguem entregá-lo. E uma coisa é certa: com um envelopamento autêntico, é possível se diferenciar da concorrência. E, sim, os melhores instaladores conseguem realizar instalações com poucas emendas.

Planejamento

O sucesso do envelopamento está diretamente ligado ao planejamento e a mãos firmes. Quanto mais bem planejado, mais fácil será a aplicação. É uma medida que serve para qualquer trabalho. No entanto, evitar emendas exige mais cuidado.

No envelopamento sem emendas, há algumas complicações. Você tem de entender os baixos-relevos e como eles afetam a aplicação. Antes de começar o trabalho, saiba como abordar o consumo de vinil e as condutas com eles.

Pergunte-se: Antes de aplicar o vinil no veículo, terei a cobertura que preciso? Depois de considerar cuidadosamente a resposta, faça outra pergunta: O que é necessário fazer para preparar esta área do veículo de modo que pareça uma peça única?

Instaladores que sabem aplicar vinis sem emendas conseguem se diferenciar no mercado

Instaladores que sabem aplicar vinis sem emendas conseguem se diferenciar no mercado

Combinação de cores

Por exemplo, se depois de aplicar um vinil vermelho e preto sobre um carro branco surgirem espaços brancos, vai parecer um trabalho desleixado. Para evitar isso, é preciso embutir componentes dentro de algumas das áreas de baixo-relevo (acabamentos) para que a cor original do carro não seja revelada. E não esqueça de considerar essas questões antes de projetar o envelopamento.

Pergunte-se: Os acabamentos (baixos-relevos) serão um problema? O que vou fazer com eles? Se essas áreas são pintadas de preto e a imagem é composta de preto e vermelho, então você não tem de se preocupar em combinar o gráfico.

Provavelmente, a melhor cor para trabalhar em cima em um veículo é a preta, porque ela "desaparece" e não chama atenção. Num mundo utópico, haveria apenas carros pretos, para facilitar o trabalho dos instaladores. E, nesse caso, o envelopamento sem emenda seria muito mais fácil, porque é possível transformar o preto em qualquer cor. Mas a realidade é diferente: há uma série de pinturas variadas.

Planejamento é fundamental para garantir uma aplicação profissional

Planejamento é fundamental para garantir uma aplicação profissional

Envelopamento parcial

Em alguns casos, a cor é tão diferente que, dependendo do projeto, deve-se usá-la em conjunto com o projeto e fazer um envelopamento parcial.

Envelopamento parcial pode ser a melhor solução em muitos casos, porque é possível que o instalador não possua as habilidades necessárias para obter uma cobertura completa e executar o trabalho corretamente.

Se você não tem as habilidades para fazer um envelopamento sem emendas, não hesite em realizar o parcial. Por exemplo, é muito mais fácil aplicar imagens de chamas nas laterais do veículo do que envolver todo o veículo.

Quando você não pode fazer um envelopamento total, às vezes, envelopamentos parciais funcionam bem.

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carros e comunicação visual



J-Teck3 passa a vender novas tintas para sublimação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/06/2013

Fespa 2013 também será palco de lançamentos da J-Teck3

Fespa 2013 também será palco de lançamentos da J-Teck3

Para celebrar seu décimo aniversário na Fespa 2013 (em Londres), a J-Teck3, fabricante de insumos, vai lançar duas séries de tintas para sublimação e impressão direta em tecido sintético.

As linhas J-Cube RF40 e KF40 foram desenvolvidas, respectivamente, para máquinas Ricoh e cabeça de impressão Kyocera. As duas séries estão disponíveis na paleta CMYK e oferecem "cores vívidas e excelente definição de imagem", conforme a J-Teck3.

A empresa, de origem italiana, declara também que é grata aos seus clientes e parceiros ao redor do mundo, por ter ajudado no crescimento e sucesso da J-Teck3 ao longo dos últimos dez anos.

Fonte: Output Magazine



GCC atualiza seu software de plotter de recorte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/12/2012

plotter de recorte GCC

Programa é usado em plotters de recorte da GCC, como a Expert 24

A GCC, fabricante de produtos para a comunicação visual, anunciou uma nova opção de software para ser utilizado com suas plotters de recorte. O SignPal 10,5 é compatível com todos os modelos da fabricante e possui quatro diferentes pacotes: SignPal Apprentice, SignPal Expert, SignPal Master e o SignPal Pro.

Por meio do programa, é possível acessar recursos como o espelho, dimensão automática e combinação de cores (veja mais nos tópicos abaixo). O SignPal conta ainda com novas ferramentas, como a inserção de sombras suaves, zoom para cursor e divisão manual de linhas.

Segundo a GCC, o software — criado para signmakers que trabalham com plotters de corte — dá mais rapidez aos fluxos de trabalho do usuário. Com ele, é possível fazer aplicações em materiais como vinil adesivo, por exemplo.

programa para plotters de recorte

SignPal chega à versão 10,5, com novidades para quem usa plotters de recorte da GCC

Veja algumas ferramentas disponíveis no software da GCC:

  • Autotrace: permite converter imagens bitmap em vetores, traça o bitmap e corta.
  • Automatic Dimension: cria automaticamente linhas verticais e horizontais em um objeto. Essas linhas não têm elo com o objeto.
  • ColorTrace: converte uma cor bitmap em objetos vetoriais, com caminhos de cores. Você pode escolher quantas cores quer reservar, e então dar a saída de corte.
  • Color Trapping: partes desnecessárias de objetos sobrepostos podem ser removidas automaticamente.
  • Combine: dispõe vários modos de combinação de objetos.
  • Mirror: comando usado para criar objetos espelhados e separados por uma distância específica.
  • Shadow: você pode colocar uma sombra ao redor do objeto.
  • Step and Repeat: você pode usar esse comando para criar várias cópias de um objeto.

Fonte: GCC. Texto: InfoSign