Envelopamento de carros: com ou sem emendas

Por Eduardo Yamashita em 20/11/2014

Envelopamentos de veículos sem emenda exigem planejamento e são desafiadores. Muitos instaladores de vinil não possuem habilidades para colocar isso em prática corretamente. Muitos prometem envelopamento sem emendas, mas não conseguem entregá-lo. E uma coisa é certa: com um envelopamento autêntico, é possível se diferenciar da concorrência. E, sim, os melhores instaladores conseguem realizar instalações com poucas emendas.

Planejamento

O sucesso do envelopamento está diretamente ligado ao planejamento e a mãos firmes. Quanto mais bem planejado, mais fácil será a aplicação. É uma medida que serve para qualquer trabalho. No entanto, evitar emendas exige mais cuidado.

No envelopamento sem emendas, há algumas complicações. Você tem de entender os baixos-relevos e como eles afetam a aplicação. Antes de começar o trabalho, saiba como abordar o consumo de vinil e as condutas com eles.

Pergunte-se: Antes de aplicar o vinil no veículo, terei a cobertura que preciso? Depois de considerar cuidadosamente a resposta, faça outra pergunta: O que é necessário fazer para preparar esta área do veículo de modo que pareça uma peça única?

Instaladores que sabem aplicar vinis sem emendas conseguem se diferenciar no mercado

Instaladores que sabem aplicar vinis sem emendas conseguem se diferenciar no mercado

Combinação de cores

Por exemplo, se depois de aplicar um vinil vermelho e preto sobre um carro branco surgirem espaços brancos, vai parecer um trabalho desleixado. Para evitar isso, é preciso embutir componentes dentro de algumas das áreas de baixo-relevo (acabamentos) para que a cor original do carro não seja revelada. E não esqueça de considerar essas questões antes de projetar o envelopamento.

Pergunte-se: Os acabamentos (baixos-relevos) serão um problema? O que vou fazer com eles? Se essas áreas são pintadas de preto e a imagem é composta de preto e vermelho, então você não tem de se preocupar em combinar o gráfico.

Provavelmente, a melhor cor para trabalhar em cima em um veículo é a preta, porque ela "desaparece" e não chama atenção. Num mundo utópico, haveria apenas carros pretos, para facilitar o trabalho dos instaladores. E, nesse caso, o envelopamento sem emenda seria muito mais fácil, porque é possível transformar o preto em qualquer cor. Mas a realidade é diferente: há uma série de pinturas variadas.

Planejamento é fundamental para garantir uma aplicação profissional

Planejamento é fundamental para garantir uma aplicação profissional

Envelopamento parcial

Em alguns casos, a cor é tão diferente que, dependendo do projeto, deve-se usá-la em conjunto com o projeto e fazer um envelopamento parcial.

Envelopamento parcial pode ser a melhor solução em muitos casos, porque é possível que o instalador não possua as habilidades necessárias para obter uma cobertura completa e executar o trabalho corretamente.

Se você não tem as habilidades para fazer um envelopamento sem emendas, não hesite em realizar o parcial. Por exemplo, é muito mais fácil aplicar imagens de chamas nas laterais do veículo do que envolver todo o veículo.

Quando você não pode fazer um envelopamento total, às vezes, envelopamentos parciais funcionam bem.

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carros e comunicação visual



Mimaki Brasil lança impressora para sublimação TS300P-1800

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/07/2016
TS300P-1800 pode rodar na velocidade de 115 metros quadrados por hora

TS300P-1800 pode rodar na velocidade de 115 metros quadrados por hora

No dia 21 de julho, a Mimaki Brasil realizou uma cerimônia especial em seu showroom para lançar a TS300P-1800, impressora sublimática de 1,8m de largura indicada para a produção de materiais têxteis para moda, vestuário, sinalização, estofados, pontos de venda e decoração.

Além de poder trabalhar na velocidade máxima de 115m2/h e incluir o software RIP RasterLink 6, cuja interface renovada é fácil de operar, o equipamento inclui uma série de dispositivos para reduzir os danos causados pelo enrugamento do papel sublimático durante a impressão. Entre eles estão o sistema de vácuo, as placas de mídia impressa e o alimentador automático que mantém o substrato estável ao aplicar automaticamente a correta tensão no material. Além disso, as cabeças também estão posicionadas a uma altura maior em relação ao papel para evitar colisão com a mídia.

A TS300P-1800 emprega sistema bulk ink MBIS3, composto por embalagens de 2 litros de tinta da série Sb410, que, segundo a empresa, reduz custos, melhora a rentabilidade e garante desempenho estável para melhorar o fluxo de tinta e a limpeza dos nozzles. A formulação de baixa sedimentação ajuda na reproduação de cores mais vibrantes e de alta densidade.

O equipamento também vem com MAPS4 (Advanced Pass System 4), ferramenta que evita o surgimento de banding ao empregar menor quantidade de tinta nos limites das faixas de impressão sobrepostas.

Outro diferencial da TS300P-1800 é a função de recuperação de nozzles, que permite que a máquina continue a imprimir mesmo que haja falhas e entupimentos em determinados nozzles.

A impressora estará em exposição na Febratex 2016, que ocorre entre os dias 9 e 12 de agosto, em Blumenau (SC). Confira o vídeo promocional da impressora:

Fonte: Mimaki



Como atrair mais clientes com sinalização digital de janela

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/02/2019
Displays específicos são projetados para oferecer o melhor desempenho em janelas de lojas

Displays específicos são projetados para oferecer o melhor desempenho em janelas de lojas

Atualmente, um dos grandes desafios dos varejistas é conseguir a atenção de clientes dominada pelas telas do celular. Os profissionais de marketing da área estão mais inteligentes e veiculam anúncios nos celulares por meio da tecnologia de beacon, para atrair diretamente os clientes. Sem mencionar todos os outros outdoors e displays que competem pela atenção dos usuários.

Para se diferenciar, no entanto, os varejistas podem se beneficiar da sinalização digital, especificamente sinalização digital instalada em janelas.

Por que usar a sinalização digital em janelas?

“Há muitas opções disponíveis que vão além da sinalização estática tradicional. Os monitores digitais captam mais facilmente a atenção dos clientes, mesmo sob luz solar direta. Além disso, permitem um gerenciamento de conteúdo simples e eficiente para os monitores sempre atualizados”, declara SG Kim, vice-presidente executivo da divisão de displays da Samsung.

Que tipo de sinalização de janela os varejistas devem usar?

É preciso considerar uma variedade de elementos, como a exibição mesmo sob luz solar forte ou fraca. Outros fatores incluem versatilidade e flexibilidade. Os varejistas devem procurar soluções que possam ser posicionadas de várias maneiras. Kim argumenta que o melhor é escolher um “design inteligente que possa ser incorporado em qualquer espaço”.

Uma solução indicada pelo executivo da fabricante sul-coreana é a série OWN da Samsung, com design fino, operação eficiente, qualidade de imagem brilhante e excelente visibilidade, mesmo sob luz solar direta.

Fonte: DigitalSignageToday