Entrevista com Ricardo Augusto Lie, sócio-diretor da Ampla

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/04/2016
Ricardo Augusto Lie, sócio-diretor da Ampla Digital

Ricardo Augusto Lie, sócio-diretor da Ampla Digital

Há mais de uma década, a Ampla Digital marca presença no mercado nacional entre as grandes fornecedoras de comercialização e fabricação de impressoras digitais de grande formato. Para manter e ampliar sua posição, a fabricante sofistica anualmente seu portfólio de equipamentos, para dar conta da constante demanda por tecnologias mais robustas, produtivas e versáteis. Recentemente, além de atender a birôs e gráficas nacionais, a empresa tem investido em uma nova rede de distribuição internacional, para expandir seus negócios a outros países, sobretudo da América Latina. Para falar mais sobre esses e outros assuntos, o InfoSign entrevistou o sócio-diretor da Ampla Digital Ricardo Augusto Lie, que também tratou de perspectivas de negócios, projetos e lançamentos.

InfoSign: A Ampla planeja fazer lançamentos em 2016?

Ricardo Lie: Sim, vamos apresentar em primeira mão na feira Serigrafia Sign 2016 a Ampla Elite 3204, impressora com 3,2m de largura que pode trabalhar na velocidade de até 80m²/h. Ela é indicada para o empresário de pequeno ou médio porte que planeja investir em um segundo equipamento. Esperamos visitantes e clientes em nosso estande para conhecer de perto a máquina.

Como a Ampla tem enfrentado a atual retração do mercado brasileiro?

Fazendo os ajustes necessários – como todas as empresas. Porém, estamos mantendo o foco no novo posicionamento mercadológico definido pela nova diretoria da empresa.

Qual a expectativa de negócios para os próximos meses?

Nossas expectativas são positivas. Consideramos tanto o potencial de nossa linha de produtos (incluindo o lançamento da Elite 3204) quanto uma definição do nosso cenário político-econômico, com uma consequente retomada da confiança dos empresários.

Como funciona o modelo de negócios da Ampla, considerando os representantes do mercado brasileiro?

Estamos desenvolvendo uma qualificada rede de distribuidores em todo o país, cujo trabalho será complementado pelas vendas diretas da empresa. Os distribuidores nos tornam mais próximos dos clientes e também agilizam o feedback e o trabalho de pós-venda.

Quais as perspectivas para o mercado externo?

Também temos perspectivas muito otimistas para o mercado externo, considerando que, além do Brasil em sua totalidade, a Ampla possui distribuidores nos seguintes mercados e países: América Central, Argentina, Bélgica, Bolívia, Canadá, Chile, Colômbia, Egito, Equador, Índia, México, Peru, Reino Unido, Rússia e Uruguai. 

Como tem funcionado o esquema de comercialização e instalação de máquinas em países estrangeiros?

O projeto é todo desenvolvido em conjunto com o cliente pela equipe técnica da Ampla com o apoio dos distribuidores internacionais.

O Programa Portas Abertas contempla quais benefícios e ações de apoio ao cliente?

Aumentar a proximidade com o cliente e criar uma oportunidade confortável de ele expor suas necessidades, além de conhecer e indagar sobre a Ampla, seus produtos e serviços.

Além da comunicação visual, a Ampla pretende atuar em outros mercados?

Comunicação visual ainda é o nosso maior negócio, mas hoje os pilares de atuação da Ampla se focam também nos mercados de estamparia digital para a indústria têxtil (favorecida pela evolução dos tecidos em poliéster, que aumenta o valor agregado pela personalização das peças) e de impressão digital industrial em segmentos como o coureiro, calçadista, moveleiro, de decoração e de embalagens.

Isso é parte da filosofia da nova diretoria?

Este é um movimento natural de crescimento e qualificação do mercado que a nova diretoria da Ampla considera de importância estratégica vital não apenas seguir, mas, se possível, antecipar.



Aplike lança nova película adesiva para envelopamento de carro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/02/2013

Novo vinil da Aplike, o Jateado Black é calandrado, jateado e texturizado

Novo vinil da Aplike, o Jateado Black é calandrado, jateado e texturizado

A Aplike, fabricante nacional de vinis adesivos, lançou uma nova película para envelopamento de carro. Chamada "Jateado Black", a novidade protege a pintura original do carro, evita riscos e arranhões e, segundo seu fabricante, tem alto poder de adesão.

O material é reposicionável, o que facilita sua aplicação. Texturizada, a película pode ser utilizada em latarias com curvas acentuadas e até invertidas.

O "Jateado Black" pode ser recortado em qualquer plotter. Sua durabilidade para aplicação vertical é de quatro anos. Já para aplicações horizontais, sua vida útil é de um ano. Veja mais características técnicas do produto:

  • Frontal : Aplikcar Vinil Jateado Preto Texturizado Automotivo
  • Filme: PVC calandrado, jateado, preto e texturizado
  • Espessura: 0,09mm
  • Largura: 1,22m
  • Comprimento: 50m
  • Liner: Papel siliconado de 150 g/m2
  • Fornecimento: em bobinas de 1,22m (largura) x 50m (comprimento).

Fonte: Aplike. Texto: InfoSign



Resultado da enquete: no que os leitores do InfoSign investiram em 2017

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/01/2018
Conheça as tecnologias de impressão digital que mais interessaram os leitores do InfoSign em 2017

Conheça as tecnologias de impressão digital que mais interessaram os leitores do InfoSign em 2017

Ao longo de 2017, o InfoSign perguntou em enquete aberta qual tipo de impressora de grande formato os leitores do site gostariam de adquirir. O resultado (de um total de 678 votos) demonstra a tendência estabelecida desde 2015, isto é, a preferência por tecnologias para estamparia têxtil digital.

A tecnologia mais votada foi a sublimática, com 186 votos (27% do total). Em segundo lugar, ficou a impressão direta em tecido, com 142 votos (21%). Ambas são indicadas sobretudo para a estamparia têxtil. A látex, com 46 votos (7%), também é capaz de imprimir em diversos tipos de tecidos, o que ajuda a endossar a inclinação do público a fazer investimentos em tecnologias têxteis.

A enquete mostrou, ainda, que tecnologias consolidadas obtiveram desempenho satisfatório. Praticamente empatadas, a solvente recebeu 126 votos (19%) e a UV, 122 (18%). A impressão com tinta à base d'água teve 46 votos (7%), deixando claro que se trata de uma tecnologia voltada a um nicho mais específico.

O que você achou dos resultados? Concorda com eles? E não deixe de participar da nova enquete, que procura conhecer quais as tecnologias de impressão digital de grande formato nossos leitores pretendem adquirir em 2018. Você pode acessá-la na homepage do Infosign.