Durst comercializará linha de impressoras Tau no Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/05/2016
Modelo Tau 330 é o carro-chefe da linha

Modelo Tau 330 é o carro-chefe da linha

A filial brasileira da Durst, fabricante europeia de impressoras digitais, anunciou que a partir de junho de 2016 passará a englobar as ações comerciais diretas que envolvem a linha Tau. Anteriormente, as operações estavam a cargo de uma empresa parceira.

Da linha, o destaque fica por conta da Tau 330, impressora inkjet para rótulos e etiquetas que trabalha com resoluções de até 720 x 1.260 dpi, mídias com até 330mm e tecnologia de ponto variável. A máquina pode ser equipada com até sete cores (CMYK, laranja, violeta e branco). Por ter alta opacidade, a tinta branca garante cobertura total em apenas uma passada, o que reduz o consumo de tinta e, por conseguinte, o custo de produção. 

Outro fator importante das mudanças na comercialização da linha Tau no Brasil refere-se à política de garantia e de peças de reposição. A Durst Brasil oferece 12 meses de garantia para os equipamentos.

Ricardo Pi, diretor geral da Durst Brasil, declarou: “Além disso, mantemos um estoque de peças no Brasil, o que evita problemas com prazos e burocracia para importação em caso de paradas técnicas”.

Drupa 2016

A Durst anunciou o lançamento da Tau 330E durante a Drupa 2016, feira que ocorre na Alemanha entre os dias 31 de maio e 10 de junho. Trata-se de uma impressora que incorpora tecnologia de tinta pigmentada e oferece alta produtividade na produção de rótulos e etiquetas. Indicado para pequenas e médias empresas, o equipamento pode trabalhar com até cinco cores (CMYK e branco) e roda na velocidade de 48 metros lineares por minuto.

Ricardo Pi fez também a seguinte afirmação: “Enxergamos um grande potencial para o mercado de rótulos e etiquetas produzidos com impressão inkjet digital UV no Brasil. A tecnologia inkjet UV traz diferenciais competitivos importantes diante de seus concorrentes que usam toner e tintas, como, por exemplo, maior produtividade e, devido à sua velocidade, custo operacional menor”.

Fonte: Durst Brasil



Eagle TX 130 é nova impressora DTG

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/09/2018
Máquina pode conter várias mesas de impressão

Máquina pode conter várias mesas de impressão

A Ser.Tec., fabricante italiana de máquinas para estamparia serigráfica e digital, apresentou na Europa o Eagle TX 130, equipamento DTG (direct-to-garment) cuja área de impressão que pode agrupar várias mesas de tamanhos diferentes, de acordo com as necessidades do cliente. Uma das possibilidades, por exemplo, é a configuração de 18 mesas no formato A4.

De acordo com a empresa, as mesas centrais da impressora contam com um sistema deslizante que permite que elas sejam extraídas da máquina enquanto durante a operação, para que sejam descarregadas e recarregadas, o que diminui tempos de espera e paradas.

Uma mesa opcional de 130cm x 150cm pode ser instalada para a impressão de materiais pré-cortados e tecidos em geral.

Disponível em configurações de quatro cores ou quatro cores e branco, o Eagle TX 130, assim como todas as demais impressoras da linha Eagle, é controlável remotamente com por meio de um tablet dedicado.

Assista ao vídeo (em inglês) sobre a nova impressora abaixo:



Elitron lança soluções de corte e pré-impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/04/2019
Klick e Kombo SDC + 21.32 estão entre as novidades da empresa italiana

Klick e Kombo SDC + 21.32 estão entre as novidades da empresa italiana

A Elitron, fabricante italiana de máquinas de acabamento, anunciou no mercado internacional a Klick (ferramenta de pré-impressão) e o Kombo SDC+ 21.32 (sistema de corte).

A Klick é indicada para automatizar o processo de pré-impressão e pode ser conectado a todas as impressoras para acelerar a produção, reduzir o desperdício de tinta, manter a limpeza dos equipamentos e permitir a reutilização de mídias que sobram. Trata-se de um sistema que reconhece automaticamente a posição dos substratos livremente colocados em qualquer parte da mesa de impressão e gerencia o fluxo de trabalho.

O novo sistema de corte Kombo SDC + 21.32 vem com uma área de vácuo de 2.100 x 3.200mm e uma cabeça de corte multi-ferramenta. Capaz de se integrar facilmente ao fluxo de produção com impressoras de grande formato, a máquina corta rolos com até 3,2m e diversas mídias rígidas. Segundo a empresa, o equipamento é indicado também para o acabamento de tecidos estampados digitalmente.

A Elitron também disponibiliza o sistema de corte Kombo TH. Com duas cabeças de corte e área de trabalho variável de vácuo de 3.150 x 2.050mm, o equipamento permite a divisão da área de trabalho em duas zonas independentes (cada uma com sua própria cabeça de corte multi-ferramenta).

Fonte: Elitron