Durst Brasil expande serviços de centro de manutenção

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/08/2018
Centro de Reparos de Módulos passa a oferecer manutenção para cabeça da linha Rho

Centro de Reparos de Módulos passa a oferecer manutenção para cabeça da linha Rho

A filial brasileira Durst, fabricante europeia de impressoras digitais, anunciou que seu centro de reparos passou a oferecer serviços de manutenção para cabeças da família Rho. Até então, o núcleo, que fica em Campinas (SP) e é o único existente fora da matriz italiana, oferecia esse tipo de serviço apenas para os equipamentos Gamma, voltados à produção cerâmica. Portanto, clientes com impressoras industriais UV Rho de norte a sul do país também poderão usufruir das manutenções oferecidas pela marca.

Guilherme Poggianelli, gerente de operações da Durst Brasil, declarou: “Com a nova capacidade do Repair Center, queremos oferecer agilidade, velocidade e qualidade nos serviços de suporte técnico e reparo de cabeças de impressão para nossos clientes do segmento de comunicação visual. Através da estrutura atual, temos condições de realizar reparos nas cabeças de impressão Rho em dois ou três dias e de reinstalar o módulo no equipamento do cliente em tempo menor do que se houvesse a necessidade de importar esse item, e a um custo muito inferior ao de se comprar uma cabeça nova”.

Fonte: Durst Brasil



Lexno passa a vender novas routers

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/03/2013

Nova router da Lexno

Nova router da Lexno

A Lexno, indústria brasileira, anunciou a disponibilidade de dois novos modelos de router. As máquinas trabalham com substratos como MDF, PVC, acrílico, inox e chapas galvanizadas. Enquanto o modelo 2015 possui 2000mm de comprimento de corte e 1500mm de largura de corte, o modelo 3020 tem comprimento de 3000mm e largura de 2000mm.

Com um motor Spindle 4CV refrigerado a ar, a router possui fusos de esferas classe C7. Segundo a empresa, a máquina possui guias que garantem a precisão de até 0,0125mm. A router também tem eixo Z de 160mm (com opção de 400mm)

Aos compradores, a marca promete garantia de dois anos e treinamento de três dias para até dois funcionários.

Fonte: Lexno



Fujifilm adquire controle da Xerox

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/02/2018
Acordo movimentou cerca de 6,1 bilhões de dólares

Acordo movimentou cerca de 6,1 bilhões de dólares

A Fujifilm anunciou um acordo para adquirir a participação majoritária (50,1%) da Xerox Corporation. Será usada dívida bancária para o investimento de cerca de 6,1 bilhões de dólares.

A relação entre as empresas é de longa data. Em 1962, ambas criaram a Fuji Xerox, uma joint venture que atualmente tem sedes nos Estados Unidos e no Japão. Ela manterá a Xerox na Bolsa de Valores de Nova York e será liderada por Jeff Jacobson (atual CEO da Xerox) e Shigetaka Komori (presidente da Fujifilm).

A Xerox tem registrado queda em suas receitas nos últimos quatro anos. Por isso, o acionista Carl Icahn, que possui cerca de 9,7% das ações da companhia, esteve por trás da desagregação recente dos negócios de processos outsourcing, para que a empresa se concentrasse em seus produtos principais. Além disso, Icahn tem sido o motivador de mudanças no conselho de administração da Xerox.

O negócio abrirá oportunidades para a redução de custos e alavancagem de tecnologia básica. Em seu anúncio de ganhos trimestrais, a Xerox prevê a economia de 1,7 bilhão de dólares nos próximos quatro anos. Os relatórios também sugerem que, em função da consolidação das funções de fabricação e administrativas, cerca de 10 mil empregos serão eliminados da Fuji Xerox.

Em anúncio oficial, a Xerox declarou: “A Fuji Xerox estará bem posicionada para liderar em áreas como impressão inkjet de alta velocidade, embalagens, impressão industrial e automação, bem como abrirá oportunidades de desenvolvimento em inteligência artificial, internet das coisas e realidade aumentada”.

Fonte: InfoTrends