Designer usa Dibond para criar exposição de arte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/03/2019
Exposição foi sediada em museu britânico

Exposição foi sediada em museu britânico

O Museu de História Natural de Oxford, na Inglaterra, recebeu a exposição "Settlers: Genetics, geography and the peopling of Britain" ("Colonizadores: Genética, geografia e povoamento da Grã-Bretanha"), que ficou aberta ao público de 9 de fevereiro a 9 de setembro de 2018.

Para criar a comunicação visual da exposição, o museu, com projeto arquitetônico neogótico vitoriano, convidou o designer gráfico Ian Kirkpatrick, acostumado a criar imagens digitalmente e reproduzi-las em mídias como aço inoxidável, vinil, papelão ondulado, acrílico e Dibond, material composto de alumínio fabricado pela 3A Composites.

Para a exposição “Settlers”, Kirkpatrick escolheu diversas placa gráficas Dibond e criou uma série de seis painéis intitulada “De onde viemos? O que somos? Para onde estamos indo?”.

Dibond é um material composto por duas folhas pré-pintadas de alumínio. Ambas são ligadas a um núcleo de polietileno sólido. A mídia pode receber impressão digital direta e receber acabamento de routers.

Kirkpatrick passou quatro meses pesquisando, planejando e criando os seis painéis para a exposição que, de acordo com o museu, exploram as causas sociais e naturais por trás da migração humana, tanto nos tempos antigos quanto nos dias atuais.

Quatro grandes painéis, com 360cm × 150cm, foram montados para ilustrar uma cena panorâmica dentro dos arcos e colunas de pedra do primeiro andar do museu. Dois painéis menores, com 240cm × 86cm, foram montados para exibição em arcos de pedra próximos à exposição “Settlers”.

O birô Dock Street Signs utilizou uma impressora Durst Rho para estampar digitalmente as imagens nos painéis. Cada um dos seis painéis chegou como duas metades impressas que seriam unidas na instalação, um processo desafiador, pois o prédio histórico do museu deveria se manter intacto. Para não danificar os arcos de alvenaria com perfuração ou colagem, a gerência do museu criou peças de compensado cortadas à mão para dar suporte aos painéis de Dibond, que não ficaram em contato nenhuma superfície do próprio museu.

Fonte: WhatTheyThink



Gandy Digital vai expor impressoras UV na Fespa 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/06/2013

A Gandy Digital, fabricante de impressoras, anunciou que vai apresentar dois equipamentos na Fespa 2013, realizada em Londres. Com mais de 50 instalações em todo o mundo, os modelos são o Pred8tor (com área de 1,22 x 2,44m) e o Domin8tor (2,00 x 3,05m).

A Pred8tor é uma impressora UV plana, com sistema rolo a rolo opcional. A máquina pode imprimir em folhas de 1,22 x 2,44m, com espessura de até 50mm.

A Domin8tor também é uma impressora UV plana, que produz em alta qualidade de impressão, usando cabeças Ricoh de 6 picolitros e tecnologia de pontos variáveis.

James Gandy, fundador da Gandy Digital, comenta: "Nos últimos anos, temos investido em pesquisa para desenvolver tecnologia de ponta. Nossas impressoras foram projetadas para produção industrial, com velocidades acima dos 120m2/h".

Pred8tor: impressora plana UV da Gandy Digital

Pred8tor: impressora plana UV da Gandy Digital

Fonte: Large Format Review



SPGPrints alavanca novos negócios na Febratex 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/08/2016
Empresa apresentou a impressora Javelin e lançou as tintas Nebula

Empresa apresentou a impressora Javelin e lançou as tintas Nebula

A SPGPrints, fornecedora de materiais para impressão têxtil, participou da 15ª edição da Febratex (Feira Brasileira para a Indústria Têxtil), realizada entre os dias 9 e 12 de agosto, em Blumenau. Segundo a empresa, o evento superou expectativas e alavancou novos negócios com a nova impressora Javelin.

A feira recebeu a visitação de 96 mil pessoas do Brasil e de países da Europa, Ásia e das Américas Latina e do Norte. José Maria Alves, diretor da SPGPrints, declarou: “Nossa participação na Febratex foi um sucesso. Recebemos clientes e prospects qualificados que superaram nossas expectativas mais otimistas para o evento. Voltaremos na próxima edição com espaço ainda maior”.

A empresa destacou a importância de ter apresentado na Febratex a Javelin, impressora que pode produzir até 2 milhões de metros lineares por ano. Outro investimento da fabricante nos últimos anos foi o incremento em seu portfólio de tintas. A principal novidade foi lançada na Febratex: as tintas ácidas Nebula HD, indicadas para lycra poliamida (PA), peças em lã e itens de seda de luxo, como echarpes e gravatas de alta costura. Trata-se de uma formulação completamente nova, para oferecer maior intensidade de cor e melhor desempenho na impressão.

Fonte: SPGPrints