Curso: Iniciativas técnicas para aplicação de vinil autoadesivo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/06/2019
Treinamento será dado no dia 15 de junho, na ABTG

Treinamento será dado no dia 15 de junho, na ABTG

Com o objetivo de capacitar profissionais de comunicação visual (vendedores, instaladores e interessados em abrir um negócio), no dia 15 de junho será ministrado o curso “Iniciativas técnicas para aplicação de vinil autoadesivo”, que ocorrerá das 09h00 às 17h00, na ABTG (R. Bresser, 2315 - São Paulo, SP).

Com valor de 280 reais, o curso abordará os seguintes tópicos:

  • Tipos de superfícies;
  • Preparo de superfícies;
  • Tipos de vinis autoadesivos: filme, adesivo e liner;
  • Métodos de aplicação e instalação;
  • Métodos de acabamentos;
  • Manutenção e limpeza de imagens.

O curso foi montado porque é crescente o número de clientes finais descontentes com a comunicação visual de vinis autoadesivos. Isso acontece porque os profissionais de sinalização não estão capacitados para trabalhar de forma adequada com esses materiais. Conhecer as características e os limites desses substratos é o diferencial para garantir eficácia aos trabalhos.

Quem ministrará o curso é Eduardo Yamashita, profissional com vasta experiência no mercado de comunicação visual. Trabalhou em grandes fabricantes de vinis, tintas, lonas e tecidos. Yamashita é professor, palestrante e consultor de empresas no Brasil e no exterior. Possui formação acadêmica nas áreas química e administração de empresas, com especialização em diversos segmentos industriais.

Fonte: ABTG



Epson aumenta produção de equipamentos com cabeças PrecisionCore

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/08/2014

A Epson, fabricante japonesa de impressoras digitais, anunciou que aumentará a produção das cabeças de impressão PrecisionCore, empregadas atualmente em equipamentos inkjet industriais e de escritório.

Segundo a empresa, serão investidos aproximadamente 10 bilhões de ienes entre abril de 2014 e março de 2015 na linha de produção sediada no Japão.

PrecisionCore começou a ser produzida em junhode 2013 no Japão

PrecisionCore começou a ser produzida em junho de 2013 no Japão

A PrecisionCore tem controles individuais para cada nozzle, que pode disparar com precisão 50 mil gotas de tinta por segundo. Esse nível de desempenho só é possível em função da fabricação robotizada. Além disso, a empresa domina uma tecnologia inkjet refinada há mais de duas décadas e processos de microfabricação com precisão de milésimo de milímetro.

Ao produzir as cabeças PrecisionCore inteiramente no Japão, a Epson pretende acumular experiência para desenvolver a próxima geração da tecnologia, construir uma base sólida de produção e aumentar a vantagem competitiva da empresa.

A Epson promoverá o uso das novas cabeças em outras plataformas, de modo a aumentar ainda mais a competitividade e o crescimento do negócio da unidade inkjet.

Fonte: My Print Resource



Roland DG lança tintas sublimáticas fluorescentes

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/06/2016
Insumos foram desenvolvidos para equipamentos da linha de impressoras Texart

Insumos foram desenvolvidos para equipamentos da linha de impressoras Texart

A Roland DG, fabricante de impressoras digitais, anunciou uma nova linha de tintas sublimáticas fluorescentes. Segundo a filial brasileira da fornecedora, os insumos passarão a ser vendidos no país a partir de agosto de 2016.

Formulada especificamente para as impressoras Texart, a série fluorescente é composta por duas cores: rosa (Fp) e amarela (Fy). Combinados com as demais tintas sublimáticas originais da Roland, os insumos possibilitam a reprodução de centenas de tonalidades vivas e fluorescentes.

Os equipamentos Roland Texart são indicados para a produção de vestuários esportivos, moda, sinalização em tecido, decoração, itens promocionais, entre outras aplicações. As impressoras podem trabalhar com a Roland DG Fluor, biblioteca de cores patenteada que pode ser instalada no Adobe Illustrator ou no CorelDraw. De acordo com a empresa, o dispositivo permite que, com um simples clique na cor desejada da paleta, sejam incorporadas na produção cores fluorescentes, brilhantes e pastéis.

Yuko Maeda, presidente de desenvolvimento de mercado para a divisão de impressão digital da Roland DG, declarou: “Há uma crescente demanda para produções personalizadas ou de pequenas quantidades no mercado de decoração têxtil. Acreditamos que com a adição das tintas fluorescentes, aumentaremos não apenas a versatilidade das nossas impressoras Texart, mas também ampliaremos as possibilidades de impressão em tecidos para nossos clientes, especialmente para vestuários esportivos e moda”.

Fonte: Roland DG