Curitiba recebeu especialistas do Fespa Brasil Fórum

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/11/2016
Próximas etapas do fórum serão realizadas em Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Próximas etapas do fórum serão realizadas em Belo Horizonte e Rio de Janeiro

No dia 26 de outubro, o auditório do Sigep, em Curitiba, foi sede da primeira etapa do Fespa Brasil Fórum 2016, iniciativa gratuita que visa compartilhar informações com os profissionais do mercado de impressão digital e comunicação visual.

A primeira palestra do evento foi ministrada pelo diretor da Fespa no Brasil e da APS Feiras, Alexandre Keese. O especialista apresentou o portfólio de iniciativas da empresa, como a ExpoPrint Latin America e a Fespa Brasil/ExpoPrint Digital, feira que será realizada entre os dias 15 e 18 de março de 2017. Alexandre apresentou também uma pesquisa feita pela Fespa e ressaltou que há um otimismo dos empresários no mercado global de impressão.

Luciana Andrade, especialista em comunicação visual, também palestrou na etapa de Curitiba do Fespa Brasil Fórum. Ela destacou que a melhor forma para atingir novos mercados é a mudança do pensamento das empresas.

Os participantes do Fórum ficaram satisfeitos com o conteúdo apresentado, como destacou Lucilla Bark, do marketing da VinilSul: “A troca de conhecimento foi enriquecedora. Os dados e números sempre auxiliam nas tomadas de decisões. Os profissionais presentes puderam acompanhar dados e refletir sobre o atual mercado de impressão digital”.

O evento contou também com a apresentação de especialistas de empresas que patrocinaram a iniciativa. Marcelo Dutra (Mimaki), Tiago Barbosa (Roland) e Bruno Ayala (Caldera) destacaram tecnologias de impressão digital para comunicação visual e estamparia têxtil.

O fórum se repetirá em Belo Horizonte (no dia 9 de novembro, no Senai Cecoteg, rua Santo Agostinho, 1717 - Horto Florestal) e no Rio de Janeiro (no dia 22 de novembro, no Senai Maracanã, rua São Francisco Xavier, 417 - Maracanã).

Para se inscrever no fórum grátis, basta entrar no site e preencher os formulários.

Fonte: Fespa Brasil



Epson e 3M apresentam nova tinta à base de solvente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/06/2016
Tintas Epson-3M UltraChrome GS3 são indicadas para impressoras Epson SC-S40600, SC-S60600 e SC-S80600

Tintas Epson-3M UltraChrome GS3 são indicadas para impressoras Epson SC-S40600, SC-S60600 e SC-S80600

As fabricantes Epson e 3M firmaram recentemente uma parceria para desenvolver e apresentar a nova Epson-3M UltraChrome GS3, série de tintas digitais à base de solvente para impressoras rolo a rolo da linha SureColor S, que inclui os modelos SC-S40600, SC-S60600 e SC-S80600.

Segundo as empresas, as tintas Epson-3M UltraChrome GS3 possibilitam a confecção de impressos com qualidade e garantia 3M MCS Warranty, que cobre desbotamentos, rachaduras, descamações e outros aspectos técnicos das aplicações outdoor.

Atualmente, as empresas têm oferecido um conjunto de soluções que inclui impressoras Epson, a nova série de tintas Epson-3M UltraChrome GS3 e filmes da 3M, como os das linhas Controltac Graphic IJ180Cv3 e Scotchcal Gloss Overlaminate 8518. 

Jeffrey Smith, gerente da Epson America, declarou: “Estamos comprometidos em fornecer soluções completas para a indústria de sinalização. Com a tinta Epson-3M UltraChrome GS3, os usuários de impressoras Epson têm a opção de comprar o escopo completo de materiais com garantia 3M MCS Warranty, que asseguram qualidade em todos os aspectos do impresso”.

Fontes: 3M e Epson



HP desenvolve nova geração de cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/02/2015

Tecnologia High Definition Nozzle Architecture (HDNA) está em fase de teste

Tecnologia High Definition Nozzle Architecture (HDNA) está em fase de teste

A HP, desenvolvedora de tecnologias, anunciou a nova cabeça de impressão High Definition Nozzle Architecture (HDNA). Térmico, o dispositivo possui sistema de duplo canal e trabalha em resolução de 2400dpi e velocidade 33% maior que as cabeças térmicas antecessoras da HP.

As cabeças HP HDNA são capazes de disparar pontos pequenos e grandes, o que melhora a impressão de detalhes finos e transições suaves de cor.

Trata-se da quarta geração de cabeças que empregam tecnologia MEMS (Micro-Electro-Mechanical Systems), a qual permite o aumento da densidade de nozzles (maior resolução de impressão) e a criação de circuitos integrados.

A arquitetura modular da cabeça permite que donos de impressoras inkjet rotativa (web press) façam upgrade em seus sistemas de impressão. Isso quer dizer que eles podem aumentar a qualidade e a velocidade à medida que novas tecnologias são lançadas. Portanto, além de melhorar resolução e velocidade, a HP HDNA pode receber upgrades.

A tecnologia causará impacto em diversas áreas, como na impressão de grande formato e escritório e no mercado consumidor.

Fonte: Info Trends