Cores Pantone na estamparia digital de tecidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2018
PantoneLive é ferramenta que ajuda na reprodução de cores em produtos têxteis

PantoneLive é ferramenta que ajuda na reprodução de cores em produtos têxteis

A X-Rite e a Pantone anunciaram que o PantoneLive, ecossistema de cores digitais baseado em nuvem, incluirá dados espectrais oficiais do sistema Pantone Fashion, Home + Interiors Fashion. Os especificadores terão acesso instantâneo a valores espectrais de cores Pantone para tecidos. O sistema integra-se às ferramentas da X-Rite.

O PantoneLive pode ser usado para melhorar a comunicação de cores com os envolvidos em toda a cadeia produtiva, dando-lhes acesso aos dados espectrais precisos do material que será estampado. A correspondência espectral também ajuda os fornecedores a determinar a quantidade mais econômica de pigmento para obter cores precisas em qualquer nível de opacidade. Isso economiza tempo e reduz custos.

É possível acessar dados espectrais da Pantone por meio dos softwares X-Rite Color iMatch e Color iQC durante a medição com um espectrofotômetro de bancada X-Rite ou com o espectrofotômetro portátil Ci64. Isso torna o fluxo de trabalho de gerenciamento de cores mais integrado e pronto para garantir uma formulação de cores mais precisa.

Adrián Fernández, gerente geral da Pantone, declarou: “Embora as referências físicas de cores continuem a desempenhar um papel fundamental nas especificações de tecidos, estamos vendo muitas empresas digitalizando seus processos. O Pantone Fashion, Home + Interiors Fashion dá aos usuários acesso instantâneo aos valores oficiais de cores Pantone, e os fornecedores podem integrar facilmente esses valores em fluxos de trabalho digitais e iniciar a produção com mais rapidez e confiança”.

Fonte: X-Rite



Mimaki Expo em Porto Alegre

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2014

No evento, participantes puderam ver de perto tecnologias de ponta da fabricante japonesa

No evento, participantes puderam ver de perto tecnologias de ponta da fabricante japonesa

A filial brasileira da Mimaki, fabricante de impressoras digitais, promoveu mais uma edição do Mimaki Expo entre os dias 12 e 13 de novembro. O evento foi realizado no showroom da Plotertec, distribuidora autorizada que atua com toda linha de equipamentos Mimaki em Porto Alegre (RS).

A exposição contou com mais de 60 clientes e empresários da região e especialistas técnicos e comerciais das empresas fornecedoras. Além de ver os equipamentos em funcionamento, os participantes também puderam assistir a uma palestra sobre a recém-lançada impressora flatbed JFX200-2513.

No coquetel do evento, foi possível colher várias informações técnicas e comerciais e produzir amostras de impressão em tempo real.

Os equipamentos apresentados foram: CJV30-160BS, SWJ-320, JV400-LX, UJF3042-HG, CGSRIII e JV33-160. A Mimaki e a Plotertec destacaram também as impressoras JFX200-2513 e JV300-160.

Mimaki Expo permite que participantes vejam de perto as impressoras digitais

Mimaki Expo permite que participantes vejam de perto as impressoras digitais

Amostras de impresso são expostas durante evento

Amostras de impresso são expostas durante evento

Nova impressora flatbed UV foi apresentada no evento

Nova impressora flatbed UV foi apresentada no evento

Fonte: Mimaki Brasil



Fujifilm instalou mil unidades da Acuity LED 1600 no mundo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/04/2018
Gráfica turca foi adquiriu a milésima unidade da impressora UV LED da Fujifilm

Gráfica turca foi adquiriu a milésima unidade da impressora UV LED da Fujifilm

A fabricante Fujifilm anunciou ter instalado a milésima unidade da impressora híbrida Acuity LED 1600. A Elitronik, sediada em Istambul (Turquia), confirmou a aquisição do equipamento, que foi lançado há quatro anos e atualizado em 2015.

A Elitronik emprega a Acuity LED 1600 para produzir membranas para a indústria eletrônica. A aquisição da máquina faz parte de um processo de migração tecnológica, substituindo a serigrafia por impressoras digitais.

Müge Elif Özaslan, fundador da Elitronik, declarou: “O setor em que atuamos usa quase que exclusivamente a impressão serigráfica, que pode ser um processo caro e demorado, com muito espaço para erro humano. Em 2015, começamos a pesquisar sobre uma tecnologia que pudesse mudar isso, e a UV digital parecia ser a mais promissora. Conversamos com alguns fornecedores, mas a Fujifilm nos permitiu testar a Acuity LED 1600 em nossa fábrica, para que pudéssemos ter certeza de que ela forneceria as melhorias que precisávamos”.

Tudor Morgan, gerente da área Sign & Display da Fujifilm Graphic Systems Europe, declarou: “A venda da milésima unidade da Acuity LED 1600 é a prova da confiabilidade dessa impressora. A milésima instalação é particularmente interessante e demonstra que o potencial dessa máquina vai muito além dos tradicionais mercados de comunicação visual e embalagens”.

Fonte: Fujifilm