Conheça a maior impressora plana de grande formato

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/01/2015

Dip-Tech AR18000 foi desenvolvida para decorar vidros e cerâmicas

Dip-Tech AR18000 foi desenvolvida para decorar vidros e cerâmicas

Reconhecida pelo Guinness World Records como "a maior impressora digital plana", a Dip-Tech AR18000 ostenta 18m de comprimento e pode estampar um painel de vidro com área de até 64m2.

A máquina é fabricada pela Dip-Tech, empresa israelense especializada em construir equipamentos para decoração de vidros e cerâmicas. Até o momento, apenas duas unidades da Dip-Tech AR18000 foram vendidas. Uma foi instalada na China, a outra, na Alemanha.

As impressoras foram encomendadas para ajudar na produção de projetos arquitetônicos que empregam painéis de vidro gigantes e impressos digitalmente.

Yariv Matzliach, CEO da Dip-Tech, declarou: "Queremos abrir novas fronteiras para os fabricantes de vidro e criar novas possibilidades para o mundo do design. Com o recorde, entramos numa nova etapa, e vamos continuar a desenvolver equipamentos inovadores".

Fonte: Dip-Tech



Durst apresentará impressora Tau 330E na Fespa Brasil 2017

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/01/2017
Tau 330E é impressora de entrada para empresas de rótulos e etiquetas

Tau 330E é impressora de entrada para empresas de rótulos e etiquetas

A filial brasileira da Durst, fabricante de impressoras digitais, estará presente na Fespa Brasil 2017, que ocorrerá entre os dias 15 e 18 de março, no Expo Center Norte, São Paulo. Na feira, a fornecedora apresentará pela primeira vez em um evento no Brasil a Tau 330E, impressora inkjet UV indicada para pequenas e médias empresas de embalagens, rótulos e etiquetas.

Com tecnologia de tinta pigmentada, a Tau 330E pode trabalhar com até 5 cores (CMYK e branco), em velocidade de até 48 metros lineares por minuto e resolução de até 1.260 x 720dpi.

Ricardo Pi, diretor geral da Durst Brasil, declarou: “A linha Tau consagrou-se no mundo todo pela versatilidade tecnológica que oferece ao usar o padrão tecnológico da Durst para aplicações na área de etiquetas. É um equipamento robusto, que suporta aplicações mais exigentes do mercado de rótulos e etiquetas sem necessidade de pré-tratamento de mídia. Temos excelentes referências do equipamento, com instalações de sucesso em grandes clientes no Brasil antes mesmo de apresentá-lo pela primeira vez no país em uma feira”.

Fonte: Durst Brasil



Inca Digital lança impressora inkjet formato B1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/05/2017
Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

Equipamento é indicado para empresas de offset, serigrafia e impressão comercial

A fabricante Inca Digital apresentou uma nova impressora inkjet para produções de substratos no formato B1. Baseada na mesma plataforma dos modelos Onset X e Spyder X, a máquina foi desenvolvida para empresas que atuam nos mercados de offset, serigrafia e impressão industrial.

A máquina tem oito canais de tinta e pode ser configurada de acordo com as necessidades da gráfica. Segundo a fabricante, a nova plataforma B1 praticamente elimina o manuseio das mídias pois emprega um sistema automatizado de alimentação de substratos. Isso permite que o operador se concentre na qualidade de impressão e reduza erros.

A impressora emprega cabeças que disparam gotas com 7 picolitros para formar textos de quatro pontos e cores suaves, ideais para impressões que serão visualizadas de perto. Além disso, inclui um sistema de cura UV de dois estágios não esquenta substratos sensíveis ao calor durante a impressão.

A fabricante ainda ressalta que a impressora tem uma série de outros recursos, como recirculação de tinta, limpeza automática das cabeças e prevenção de colisões, que garantem que a máquina mantenha seu desempenho produtivo regular.

John Mills, CEO da Inca, declarou: “Esta solução é a nossa resposta à demanda por uma impressora inkjet B1 capaz de produzir tiragens mais curtas e sob demanda. A produtividade e a qualidade da nova plataforma darão aos gráficos e serígrafos a confiança necessária para reduzir o volume de trabalho de suas impressoras comerciais, aumentar a produtividade geral e abrir novos fluxos de receita potenciais no processo”.

Fonte: Fujifilm