Confira os trabalhos vencedores de concurso promovido pela swissQprint

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2016
Fabricante suíça de impressoras digitais promoveu competição entre clientes do mundo todo

Fabricante suíça de impressoras digitais promoveu competição entre clientes do mundo todo

A swissQprint, fabricante de impressoras de grande formato, divulgou recentemente os vencedores da Creative Challenge, competição promovida entre os clientes da empresa, para “encontrar o mais original, complexo, elaborado ou impressionante objeto que você já imprimiu em seu equipamento swissQprint”.

De todos os trabalhos recebidos, a empresa selecionou uma lista de 25 inscritos por diversos clientes da Oceania, Ásia, Europa e América. Em seguida, um júri composto por oito profissionais da swissQprint avaliou os trabalhos com base em diversos critérios técnicos e de marketing. O Facebook também foi usado como plataforma para que o público votasse nas melhores fotos. As pontuações combinadas geraram o resultado final.

Segundo a empresa, participaram da competição vários tipos de trabalhos, como aplicações em sets de filmagem, decoração de lojas de varejo, objetos de arte, cartazes adesivos, vitrines, embalagens, publicidade com efeito 3D, troféus, etiquetas, reproduções de obras de arte, decorações interiores, entre outras peças de comunicação visual.

Dois representantes da empresa campeã, a Schilder Systeme GmbH, ganharam uma viagem para a fábrica da swissQprint. Os demais vencedores também serão recompensados com prêmios generosos. Confira os cinco primeiros colocados do concurso:

Primeiro lugar: Reception Bikes, produzido pela austríaca Schilder Systeme GmbH. Com 62cm × 32,5cm, a peça de sinalização ostenta diferentes efeitos: de fundo, gravura e impressão em relevo
Segundo lugar: a exibição Das Ziel, de Thomas Koch. A peça, com 94cm × 160cm, foi produzida pela Alpha Sign AG, da Suíça. Trata-se de um exemplo muito bem elaborado de reprodução artística
Terceiro lugar: Strellson X-Mas, produzida pela suíça movingposter.ch GmbH. Com 70cm × 70cm, o display de janela faz parte de uma campanha europeia de grande sucesso
Quarto lugar: Membrane, produzida pela norte-americana Laumont Photographics. Combinando escultura e impressão, a peça, com 35,5cm × 35,5cm, é composta por um substrato bastante incomum: cera de abelha
Quinto lugar: decoração de loja Speedo, produzida pela australiana Digital Graphix. Para a produção do conjunto, o birô empregou impressão e envernizamento em diversos tipos de substratos

Fonte: swissqprint



Caldera lança calculadora de pegada de carbono

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/01/2015

Com a CostView, é possível calcular a pegada de carbono de birôs e gráficas

Com a CostView, é possível calcular a pegada de carbono de birôs e gráficas

A Caldera, desenvolvedora de softwares, lançou a primeira calculadora de pegada de carbono criada especificamente para a indústria de impressão de grande formato.

A ferramenta faz parte da versão 3.0 do Caldera CostView, aplicativo de custos e orçamentos para impressoras digitais.

Sebastien Hanssens, vice-presidente de marketing da Caldera, declarou: "Como a impressão ecológica tem ganhado importância, pensamos em desenvolver novas ferramentas que calculem o impacto de carbono (pegada de CO2) no meio ambiente".

Calculadora

Indicado para o gerenciamento de custos na impressão digital, o software CostView chegou à versão 3.0, que conta com uma nova ferramenta de análise da pegada de carbono. Com ela, os usuários poderão saber a quantidade de CO2 demandada em todos os elementos que fazem parte da produção: tinta, mídia, energia elétrica, custos adicionais, entre outros.

CostView 3.0

Segundo a Caldera, com a nova atualização do software CostView é possível monitorar todos os custos relativos à impressão. Trata-se de uma ferramenta totalmente integrada à produção, capaz de extrair informações sobre trabalhos diretamente do RIP, o que permite controlar, modificar, estudar e exportar informações sobre custos dos trabalhos.

Com o CostView, qualquer gerente de produção pode monitorar os trabalhos em andamento, verificar as condições das tintas e ficar por dentro dos custos de mídia. A interface (web browser) do aplicativo pode ser acessada e usada com facilidade por qualquer usuário.

Fonte: Large Format Review



Barbieri lança solução de gerenciamento de cores para estamparia têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/05/2019
Spectro LFP qb Textile Edition é espectrofotômetro para medir cores em tecidos

Spectro LFP qb Textile Edition é espectrofotômetro para medir cores em tecidos

A Barbieri, fornecedora de soluções eletrônicas, apresentou no mercado internacional o Spectro LFP qb Textile Edition, espectrofotômetro para gerenciamento de cores em tecidos estampados digitalmente.

De acordo com a empresa, para medir as cores de um tecido estampado, ele deve ser fixado em uma superfície uniforme e com o apoio branco. Porém, há muita dificuldade nesse procedimento. Isso porque, durante as medições, o tecido acaba se distorcendo e fazendo com que a medição automatizada não seja possível. Para esse transtorno, a Barbieri desenvolveu o Spectro LFP qb Textile Edition. Ele garante uma fixação fácil e segura do tecido e mede de forma automática. Para tanto, novos suportes têxteis foram criados para a fixação. Além disso, o dispositivo vem com um sistema de sopro de ar que impede que fibras têxteis contaminem a óptica.

Ainda segundo a empresa, o novo recurso mais importante é o sistema de reconhecimento automático de patches, compostos por algoritmos especiais e unidade de detecção. Uma vez conhecidas as coordenadas de cada patch, o dispositivo inicia as medições e os gráficos, mesmo distorcidos, serão medidos de forma totalmente automática.

Com abertura de medição de até 8mm e geometria 45°/0°, o novo espectrofotômetro da Barbieri também é capaz de medir tintas fluorescentes na impressão têxtil.

Fonte: Barbieri