Cobertura Serigrafia Sign 2013 – Parte 6: Sublimação, transfer e fotoproduto

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/08/2013

A sublimação está em alta — e a feira Serigrafia Sign 2013 mostrou isso. No evento, vários expositores ofereceram muitas soluções aos interessados na tecnologia. Proporcionalmente (em abundância), o público respondeu mostrando as suas demandas, procurando e investindo em produtos e equipamentos sublimáticos. Isso porque a sublimação (assim como o transfer) é versátil, fácil de operar e não exige grandes montantes para começar um negócio. Além disso, ela pode ser aplicada em diversos segmentos, como o têxtil, promocional, esportivo, entre outros.

Acompanhe a seguir um panorama dos substratos, maquinários, tintas e papéis para sublimação e transfer que foram apresentados na edição de 2013 da feira Serigrafia Sign.

Leia também as demais partes dessa cobertura:
1ª: Impressoras digitais
2ª: Corte, gravação e acabamento
3ª: Mídias, tintas e softwares
4ª: Números, eventos e parcerias
5ª: Acessórios para comunicação visual
 
Acompanhe a sexta parte (sobre sublimação) da cobertura que o InfoSign fez da feira Serigrafia Sign 2013

Acompanhe a sexta parte (sobre sublimação) da cobertura que o InfoSign fez da feira Serigrafia Sign 2013

A Metalnox aproveitou a feira para mostrar equipamentos recém-lançados, como a prensa PTA 750 Evolution (pneumática de bancada) e a calandra CMC 1800 (que sublima de 1,1 a 5,7 metros por minuto). A fornecedora também expôs outras soluções de seu portfólio, que contém prensas planas, automáticas e semiautomáticas, para calçados, jeans e canecas, entre outros produtos.

O estande da Smaltato também surpreendeu o visitante interessado em prensas. A empresa levou dispositivos para sublimação, como o SubliventPro A3 e o SubliMini A4, que trabalham com materiais 3D.

Outra empresa que apostou nas prensas foi a Mogk, que vende uma série de máquinas manuais como a PTM-40 (com área útil de 40 x 50cm) e a PTM-72 (área de 72 x 52cm). A fabricante também comercializa prensas semiautomáticas (como a PTP-660) e a PTA-4000 (com acionamento pneumático).

A Termopress apresentou uma série de prensas térmicas para bonés e prensas planas como CP 1M, com área útil de 300 x 350mm.

Entre as prensas mais populares, estavam as máquinas para transferência térmica em canecas

Entre as prensas mais populares, estavam as máquinas para transferência térmica em canecas

Já a Chigueto expôs prensas manuais e pneumáticas (de diversos formatos e modelos). Além disso, a empresa mostrou prensas para displays, bonés e bottons.

Entre as máquinas mostradas pela Flock Color, estavam as prensas térmicas manuais e pneumáticas. A fornecedora tem soluções com duas mesas móveis, controle digital de temperatura e teflon no esticador da chapa.

Outra empresa a comparecer no evento foi a Prism, cujo catálogo de produtos contém diversas prensas, como as multifuncionais ECH800 e JTSD69. Além disso, a fornecedora vende substratos e objetos para transferência e fotoproduto, como squeezes, pratos, mouse pads, azulejos, camisetas, bonés e canecas (cilíndricas e cônicas).

Além de prensas (planas, para canecas e multiuso), a IS Suprimentos apresentou uma vasta série de fotoprodutos, como capas para smartphones, pratos, sacolas, chinelos, entre outros materiais.

Muitos expositores apresentaram kits completos para interessados em sublimação

Muitos expositores apresentaram kits completos para interessados em sublimação

Já a Midiasprint apresentou placas de PVC e substratos como canecas e squeezes, para quem trabalha com transferência térmica. Também levou prensas planas e multifuncionais.

A Colorkit foi à feira para mostrar a sua linha de materiais para sublimação, como xícaras, copos e canecas personalizáveis. Também levou prensas como a Colorkit 3D, indicada para quem trabalha com objetos e substratos com superfícies côncavas e cantos arredondados, como capas de smartphones.

A Art Hot também esteve no evento. No estande da marca, o visitante pôde conferir e comprar materiais e equipamentos para transfer e sublimação, como prensas térmicas, papéis para transferência e diversos substratos, como chaveiros, canecas, entre outros brindes e fotoprodutos.

Outra empresa especializada em fornecer produtos para sublimação é a F1 Suprimentos, que marcou presença na Serigrafia Sign 2013. Além de canecas, impressoras digitais e prensas térmicas, a expositora mostrou seus kits, como o Super Chance 8×1, que contém máquinas e suprimentos para quem quer personalizar pratos, bonés, camisetas, chinelos, canecas, entre outros materiais.

Prensas especiais, para sublimação em objetos, também foram apresentadas

Prensas especiais, para sublimação em objetos, também foram apresentadas

Ainda na seara da sublimação, esteve a Gaúcho Br, que expôs itens como prensas térmicas, papéis transfer e substratos como canecas e squeezes.

Já a Nova Dampex apresentou papéis transfer para impressoras laser, que podem ser aplicados em diversos tipos de fotoprodutos e brindes, como canetas, canecas, bonés e camisetas. A empresa também levou a sua prensa modular, que permite a transferência de imagens em diversos objetos e substratos.

Entre os fornecedores de tintas sublimáticas na feira, estava a J-Teck, que comercializa os insumos J-Next, utilizadas em impressoras de grande formato de várias marcas (Roland, Epson, Mimaki, entre outras).

A Havir também expôs no evento. Entre seus produtos, estavam papéis para sublimação digital e papéis para transfer impresso em processos como offset, rotogravura, flexografia e serigrafia.

O visitante interessado em papéis para sublimação pôde conferir alguns modelos no estande da Cinco Estrelas, como o papel monolúcido branco vendido em bobinas com diversas larguras.

Além de prensas, expositores mostraram calandras para sublimação

Além de prensas, expositores mostraram calandras para sublimação

A Paintcolor também ofereceu papéis sublimáticos resinados (formatos A3 e A4), papéis transfer e diversos substratos e objetos personalizáveis: mouse pads, almofadas, chinelos, entre outros.

Já a Embaplan levou o Power Film, uma película transfer usada para personalização de camisetas, uniformes e artigos de vestuário. O trabalho com o filme exige a utilização de plotters de recorte e prensas térmicas.

E quem procurava camisetas de poliéster para sublimação, encontrou no estande da Gramonn várias peças em diversas cores, para aplicações como campanhas, eventos, uniformes para empresas, publicidade, entre outras.



HP lança tecido para aplicações backlit

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/01/2018
HP Durable Backlit Fabric é compatível com impressoras látex

HP Durable Backlit Fabric é compatível com impressoras látex

A HP apresentou no mercado internacional o HP Durable Backlit Fabric, substrato têxtil leve e resistente a chama. Com tecnologia ColorPRO, a mídia foi desenvolvida para oferecer aspecto suave e orgânico a peças de sinalização e comunicação visual.

Indicado a empresas que empregam tecnologia de impressão digital látex, o substrato deve ser empregado em aplicações retroiluminadas, além de ser fácil de transportar e instalar em quadros e modulas.

Segundo a empresa, a mídia é capaz de reproduzir imagens com qualidade comparável à do papel ou filme de poliéster, o que a torna uma solução interessante para aplicações que serão visualizadas de perto.

Dione Metnick, gerente de produto para mídia de grande formato HP, declarou: “O HP Durable Backlit Fabric foi criado para reduzir danos causados durante o acabamento, o envio e a instalação. Essa mídia é durável, reforçada, reciclável e compatível com o REACH, ou seja, ela não contém substâncias químicas que prejudicam a saúde humana e o meio ambiente”.

Fonte: HP



Kernow lança mídia metalizada para embalagem e sinalização

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/03/2018
MetaliK pode receber impressão inkjet UV

MetaliK pode receber impressão inkjet UV

A Kernow Coatings, fabricante britânica de mídias para impressão digital, anunciou no mercado internacional o MetaliK, substrato metalizado (ouro e prata) para produção de embalagens, protótipos e peças de comunicação visual.

Disponível em folhas no formato B2 (500mm × 707mm), o MetaliK é um cartão com 345μ e uma face frontal lustrosa. O lado de trás da mídia apresenta acabamento branco.

A mídia é compatível com tintas inkjet de cura UV. Também pode ser estampadas com impressoras de toner seco. Além disso, pode receber acabamento de mesas de cortes planas ou máquinas a laser, por ser livre de PVC. A empresa afirma que o substrato pode ser dobrado sem que a metalização e a impressão nas bordas sejam prejudicadas.

A MetaliK foi testada também pela Color Logic, fornecedora de sistemas especiais de impressão que criam efeitos visuais diferenciados e metalizados.

Mark Geeves, diretor de vendas e marketing da Color Logic, declarou: “A MetaliK foi certificada pela Color Logic para aplicações com inkjet UV. Realizamos testes de cores na mídia, que atendeu a todos os nossos requisitos. A MetaliK possui excelentes aplicações para os mercados de embalagem e sinalização”.

A Kernow Coatings oferece também a MetaliK Inkjet, mídia adesiva livre de PVC e vendida em rolos. Ela pode ser laminada em qualquer placa lisa e é compatível com tintas inkjet ecossolvente, UV e látex.

A Color Logic produziu um vídeo (em inglês) sobre o substrato:

Fonte: Kernow Coatings