Cobertura Serigrafia Sign 2013 – Parte 5: Acessórios e equipamentos para adesivação e acabamento

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/07/2013

Apesar de coadjuvantes, os acessórios usados em comunicação visual desempenham funções elementares dentro dos birôs, signmakers e gráficas digitais. Existem aqueles, como espátulas e sopradores, que auxiliam o trabalho de aplicadores nas adesivações e envelopamentos. Há também os acessórios empregados para adornar banners e faixas, como ponteiras e perfis. Sem contar as máquinas que fazem acabamentos em lonas, como os esticadores, ilhoseiras e soldas. Todos eles estiveram presentes na feira Serigrafia Sign 2013. Veja a seguir um panorama dos expositores que apresentam essas soluções.

Leia também as demais partes dessa cobertura:
1ª: Impressoras digitais
2ª: Corte, gravação e acabamento
3ª: Mídias, tintas e softwares
4ª: Números, eventos e parcerias
6ª: Sublimação, transfer e fotoproduto
 

A Comala levou os seus consagrados sopradores térmicos.  Entre eles, os dispositivos da linha industrial, como o HG 4100, que tem potência máxima de 2300W e trabalha na temperatura máxima de 550ºC. A empresa também apresentou os sopradores da linha HL, como os 1500, 1800, 2100 e 500. Esse último tem potência de 1200W, temperatura máxima de 350ºC e ajuste de voltagem bivolt, podendo ser utilizado em tomadas 127V e 220V.

Já a Terra Nova apresentou equipamentos automáticos para soldagem térmica como a Forplast-P, que permite trabalhar em sobreposição de 20, 30, 40 ou 45mm. A máquina pesa 22kg e vem com acessórios como alça para transportar o dispositivo e manivela para soldar sobre pisos. A empresa também comercializa ilhoseiras de vários modelos, como o PMS 080 (pneumático), o HPS 020 (manual) e o APM 060 (automático).

Evento também contou com vários expositores de soldas

Evento também contou com vários expositores de soldas

A Indussross também esteve presente no evento. Expôs algumas máquinas de solda e rebitadeiras de seu amplo portfólio de máquinas.

Outra empresa que marcou presença na feira foi a Maqgutierrez, que é especializada em peças e acessórios empregados na fabricação e reparação de máquinas para acabamento em comunicação visual, como as ilhoseiras.

A Miller Weldmaster apresentou soldas a ar quente, cuja temperatura de trabalho pode variar de 400ºC a 750ºC.

Também na seara das soldas, esteve a Italami, que é especializada na fabricação de ferramentas e eletrodos para solda eletrônica de alta frequência, para trabalhos em substrato de PVC.

Madeiras para banners e faixas

Madeiras para banners e faixas

Para quem trabalha com lonas, a Gutierrez apresentou ilhoseiras semiautomáticas que aplicam de 40 a 50 ilhoses por minuto. A empresa também expôs soldas como a ITDU 15 (com potência de 2,25kva e área de solda de 40cm2).

A Devitor Máquinas também expôs ilhoseiras pneumáticas e semiautomáticas que trabalham com ilhós de 0, 45, 50, 51 e 54. Além disso, a empresa levou soldas de 1m e 1,5m, com resistência de 10mm.

Já a Ronek apresentou um grande portfólio de acessórios e peças para acabamento, como ponteiras para banners, hastes para bandeiras, perfis-c, espátulas para adesivação, entre outros materiais.

A fabricante Guer-plas também esteve presente na feira. Expôs materiais como perfis (H, U, J, C e quadrado), cantoneiras, peg docs, tubos, trilhos, porta-chapas,  gotas, entre outras peças para acabamento em comunicação visual.

Feira contou com empresas que levaram fixadores e acessórios para banners

Feira contou com empresas que levaram fixadores e acessórios para banners

No estande da Madeireira Pontal, o visitante pôde comprar bastões para banner, sarrafos para cavaletes, madeiras retangulares para faixas e suportes para perfil c.

Outra empresa especializada em acessórios é a X Supply, em cujo estande havia muitos materiais para adesivação e envelopamento (espátulas, lâminas e estiletes) e acabamento (ponteiras, sarrafos, entre outros).

Já a VP Máquinas expôs dobradeiras de sua linha, entre elas a 2000-4F, que pode dobrar chapas de acrílico, alveolar, PETG, policarbonato, poliestireno, PSAI e PVC expandido.

Além das consagradas envernizadoras de mesa, a Raslu expôs o seu portfólio de materiais para acabamento (como espátulas e cabos para banners) e recorte eletrônico (máscaras de transferência).

Esticador de banner exposto na Serigrafia Sign 2013

Esticador de banner exposto na Serigrafia Sign 2013

Já a Szprinter mostrou uma grande variedade de acessórios e peças para impressoras digitais de grande formato. No estande da empresa, o visitante deparou com bombas, filtros, subtanques, válvulas, entre outros dispositivos.

Além de comercializar peças para impressoras (como wipers, dampers, entre outras), a Polyfly vende uma série de acessórios, que foram apresentados na feira, como os banners roll-ups, x-banners e as mochilas banners.

Outro destaque ficou por conta do esticador de lona vendido pela CK. Composto por ferro maciço, o acessório promove a tensão uniforme do substrato em estruturas metálicas e facilita a instalação da lona, evitando que o impresso sofra danos.

A Sensitiva apresentou os módulos Icaro de levitação eletromagnética, usados em PDV e displays. Segundo pesquisa da POPAI, esses acessórios aumentam consideravelmente a valorização dos objetos expostos neles.

Na feira, havia displays que levitam objetos

Na feira, havia displays que levitam objetos



M&R lança dispositivo opcional de impressão digital para serigrafias

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/03/2017
DigitalSqueegee foi desenvolvido para ser integrado a impressoras serigráficas da M&R

DigitalSqueegee foi desenvolvido para ser integrado a impressoras serigráficas da M&R

A fabricante M&R anunciou o DigitalSqueegee, dispositivo de impressão digital direct-to-garment (DTG) que pode ser acoplado a impressoras serigráficas automáticas empregadas para estampar roupas.

De acordo coma a empresa, o dispositivo imprime uma imagem colorida de 40cm × 50cm em menos de cinco segundos, e as estampas são compatíveis com tinta serigráfica, que pode ser aplicada antes ou depois da impressão digital.

Rich Hoffman, CEO da M&R, declarou: “O componente digital oferece a capacidade de adicionar efeitos especiais e fazer com que cada peça de roupa seja única. O problema sempre foi velocidade, que não acompanha as impressoras serigráficas. Mas esse problema pode ser eliminado com a DigitalSqueegee, porque ela trabalha em alta velocidade, de até 720 imagens por hora”.

Fonte: M&R



Plotter de recorte: guia para instalação de vinis adesivos recortados

Por Eduardo Yamashita em 12/10/2014

Saiba como garantir a qualidade da aplicação de vinis recortados por plotters

Saiba como garantir a qualidade da aplicação de vinis recortados por plotters

A instalação de imagens em vinil adesivo recortado por plotter é um processo simples e rápido. Mas não tenha pressa. Com concentração e paciência, é possível instalar imagens com facilidade e qualidade.

Siga as recomendações e os procedimentos abaixo para que o vinil seja corretamente aplicado – e garanta uma instalação profissional.

Preparação da superfície

Todas as superfícies devem ser cuidadosamente limpas antes da aplicação de vinis adesivos. Para tanto, siga os procedimentos de limpeza abaixo:

  • Plástico e vidro

Limpe a superfície com detergente neutro. Remova qualquer matéria seca, como cola e fita adesiva, com uma lâmina de estilete. Se estiver planejando usar acrílico, remova a proteção do material 24 horas antes da aplicação, para dissipar as bolhas de ar (desgaseificação). Se isso não for observado, pode ocorrer a formação de bolhas de ar sob o vinil em alguns dias. Para aplicar em cima de outro vinil adesivo, use álcool isopropílico para desengordurar a superfície.

  • Superfícies pintadas e metais básicos

Essas superfícies podem ser limpas com solventes como nafta, xilol, heptana ou desengraxante comercial. No caso de paredes, use álcool isopropílico. Seque a superfície com um pano sem fiapos antes de evaporar. Superfícies recém-pintadas devem ser secas e curadas pelo menos 72 horas antes da aplicação do vinil.

Requisitos de temperatura

A temperatura do ambiente e a da superfície a ser adesivada devem estar entre 10ºC e 25ºC, para que os melhores resultados sejam obtidos. Alta umidade (acima de 90%) pode afetar o processo de aplicação.

Materiais necessários

  • Estilete;
  • Mistura de detergente neutro e água (proporção: uma colher de sopa de detergente para cada litro de água);
  • Espátula plástica;
  • Pano seco e limpo;
  • Fita de papel crepada.

A imagem recortada é composta por:

  • Máscara de transferência de papel;
  • Vinil autoadesivo recortado;
  • Liner.

Passo a passo da instalação:

1. Use pequenos pedaços de fita adesiva para posicionar a imagem na superfície. Isso assegura o posicionamento adequado da imagem.

1. Use pequenos pedaços de fita adesiva para posicionar a imagem na superfície. Isso assegura o posicionamento adequado da imagem.

2. Aplique uma única faixa horizontal de fita adesiva na parte superior da imagem. A tira será utilizada como dobradiça (articulação), que fixa a imagem durante o processo de aplicação.

2. Aplique uma única faixa horizontal de fita adesiva na parte superior da imagem. A tira será utilizada como dobradiça (articulação), que fixa a imagem durante o processo de aplicação.

3. Mantenha a borda inferior do gráfico articulada (esticada) para longe da superfície e, aos poucos, remova o liner para expor o lado do adesivo do vinil à superfície. Cuidado: não deixe que o adesivo toque a superfície, pois ele tem forte aderência e poderá aderir à superfície de forma irregular. A remoção da imagem para a recolocação vai ser difícil ou impossível.

3. Mantenha a borda inferior do gráfico articulada (esticada) para longe da superfície e, aos poucos, remova o liner para expor o lado do adesivo do vinil à superfície. Cuidado: não deixe que o adesivo toque a superfície, pois ele tem forte aderência e poderá aderir à superfície de forma irregular. A remoção da imagem para a recolocação vai ser difícil ou impossível.

4. Sobre a superfície, pulverize a mistura de água e sabão, que reduz a aderência do vinil, permitindo levantar e recolocar o gráfico, se necessário.

4. Sobre a superfície, pulverize a mistura de água e sabão, que reduz a aderência do vinil, permitindo levantar e recolocar o gráfico, se necessário.

5. Mantenha a imagem esticada para longe da superfície. Com uma espátula plástica, inicie a aplicação para aderir a imagem na superfície. Trabalhe de cima para baixo. Não deixe que toda a imagem toque a superfície. Se rugas aparecerem, levante a imagem e volte a espatulá-la.

5. Mantenha a imagem esticada para longe da superfície. Com uma espátula plástica, inicie a aplicação para aderir a imagem na superfície. Trabalhe de cima para baixo. Não deixe que toda a imagem toque a superfície. Se rugas aparecerem, levante a imagem e volte a espatulá-la.

6. Uma vez que a imagem está na posição correta e adesivada sobre a superfície, comece a reespatular a imagem para retirar toda água. A partir do centro para fora, use movimentos firmes com a espátula para remover a água debaixo das letras individuais e dos elementos contidos na imagem.

6. Uma vez que a imagem está na posição correta e adesivada sobre a superfície, comece a reespatular a imagem para retirar toda água. A partir do centro para fora, use movimentos firmes com a espátula para remover a água debaixo das letras individuais e dos elementos contidos na imagem.

7. Depois de remover a água, retire a máscara da imagem. Para removê-la, borrife a mistura de água e sabão. Espere um ou dois minutos, para que o papel-máscara encharque. Remova cuidadosamente a máscara. Tenha cuidado para não puxar o vinil acima com o papel máscara.

7. Depois de remover a água, retire a máscara da imagem. Para removê-la, borrife a mistura de água e sabão. Espere um ou dois minutos, para que o papel-máscara encharque. Remova cuidadosamente a máscara. Tenha cuidado para não puxar o vinil acima com o papel máscara.

8. Usando o pedaço de sobra do liner, espatule toda a imagem para remover resíduos de água e pequenas bolhas. Coloque o pedaço de liner (que foi retirado na imagem) com o lado brilhante de frente para você. Continue a aplicar pressão com a espátula no sentido para fora, para remover água e bolhas de ar.

8. Usando o pedaço de sobra do liner, espatule toda a imagem para remover resíduos de água e pequenas bolhas. Coloque o pedaço de liner (que foi retirado na imagem) com o lado brilhante de frente para você. Continue a aplicar pressão com a espátula no sentido para fora, para remover água e bolhas de ar.

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual