Cobertura Serigrafia Sign 2013 – Parte 5: Acessórios e equipamentos para adesivação e acabamento

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/07/2013

Apesar de coadjuvantes, os acessórios usados em comunicação visual desempenham funções elementares dentro dos birôs, signmakers e gráficas digitais. Existem aqueles, como espátulas e sopradores, que auxiliam o trabalho de aplicadores nas adesivações e envelopamentos. Há também os acessórios empregados para adornar banners e faixas, como ponteiras e perfis. Sem contar as máquinas que fazem acabamentos em lonas, como os esticadores, ilhoseiras e soldas. Todos eles estiveram presentes na feira Serigrafia Sign 2013. Veja a seguir um panorama dos expositores que apresentam essas soluções.

Leia também as demais partes dessa cobertura:
1ª: Impressoras digitais
2ª: Corte, gravação e acabamento
3ª: Mídias, tintas e softwares
4ª: Números, eventos e parcerias
6ª: Sublimação, transfer e fotoproduto
 

A Comala levou os seus consagrados sopradores térmicos.  Entre eles, os dispositivos da linha industrial, como o HG 4100, que tem potência máxima de 2300W e trabalha na temperatura máxima de 550ºC. A empresa também apresentou os sopradores da linha HL, como os 1500, 1800, 2100 e 500. Esse último tem potência de 1200W, temperatura máxima de 350ºC e ajuste de voltagem bivolt, podendo ser utilizado em tomadas 127V e 220V.

Já a Terra Nova apresentou equipamentos automáticos para soldagem térmica como a Forplast-P, que permite trabalhar em sobreposição de 20, 30, 40 ou 45mm. A máquina pesa 22kg e vem com acessórios como alça para transportar o dispositivo e manivela para soldar sobre pisos. A empresa também comercializa ilhoseiras de vários modelos, como o PMS 080 (pneumático), o HPS 020 (manual) e o APM 060 (automático).

Evento também contou com vários expositores de soldas

Evento também contou com vários expositores de soldas

A Indussross também esteve presente no evento. Expôs algumas máquinas de solda e rebitadeiras de seu amplo portfólio de máquinas.

Outra empresa que marcou presença na feira foi a Maqgutierrez, que é especializada em peças e acessórios empregados na fabricação e reparação de máquinas para acabamento em comunicação visual, como as ilhoseiras.

A Miller Weldmaster apresentou soldas a ar quente, cuja temperatura de trabalho pode variar de 400ºC a 750ºC.

Também na seara das soldas, esteve a Italami, que é especializada na fabricação de ferramentas e eletrodos para solda eletrônica de alta frequência, para trabalhos em substrato de PVC.

Madeiras para banners e faixas

Madeiras para banners e faixas

Para quem trabalha com lonas, a Gutierrez apresentou ilhoseiras semiautomáticas que aplicam de 40 a 50 ilhoses por minuto. A empresa também expôs soldas como a ITDU 15 (com potência de 2,25kva e área de solda de 40cm2).

A Devitor Máquinas também expôs ilhoseiras pneumáticas e semiautomáticas que trabalham com ilhós de 0, 45, 50, 51 e 54. Além disso, a empresa levou soldas de 1m e 1,5m, com resistência de 10mm.

Já a Ronek apresentou um grande portfólio de acessórios e peças para acabamento, como ponteiras para banners, hastes para bandeiras, perfis-c, espátulas para adesivação, entre outros materiais.

A fabricante Guer-plas também esteve presente na feira. Expôs materiais como perfis (H, U, J, C e quadrado), cantoneiras, peg docs, tubos, trilhos, porta-chapas,  gotas, entre outras peças para acabamento em comunicação visual.

Feira contou com empresas que levaram fixadores e acessórios para banners

Feira contou com empresas que levaram fixadores e acessórios para banners

No estande da Madeireira Pontal, o visitante pôde comprar bastões para banner, sarrafos para cavaletes, madeiras retangulares para faixas e suportes para perfil c.

Outra empresa especializada em acessórios é a X Supply, em cujo estande havia muitos materiais para adesivação e envelopamento (espátulas, lâminas e estiletes) e acabamento (ponteiras, sarrafos, entre outros).

Já a VP Máquinas expôs dobradeiras de sua linha, entre elas a 2000-4F, que pode dobrar chapas de acrílico, alveolar, PETG, policarbonato, poliestireno, PSAI e PVC expandido.

Além das consagradas envernizadoras de mesa, a Raslu expôs o seu portfólio de materiais para acabamento (como espátulas e cabos para banners) e recorte eletrônico (máscaras de transferência).

Esticador de banner exposto na Serigrafia Sign 2013

Esticador de banner exposto na Serigrafia Sign 2013

Já a Szprinter mostrou uma grande variedade de acessórios e peças para impressoras digitais de grande formato. No estande da empresa, o visitante deparou com bombas, filtros, subtanques, válvulas, entre outros dispositivos.

Além de comercializar peças para impressoras (como wipers, dampers, entre outras), a Polyfly vende uma série de acessórios, que foram apresentados na feira, como os banners roll-ups, x-banners e as mochilas banners.

Outro destaque ficou por conta do esticador de lona vendido pela CK. Composto por ferro maciço, o acessório promove a tensão uniforme do substrato em estruturas metálicas e facilita a instalação da lona, evitando que o impresso sofra danos.

A Sensitiva apresentou os módulos Icaro de levitação eletromagnética, usados em PDV e displays. Segundo pesquisa da POPAI, esses acessórios aumentam consideravelmente a valorização dos objetos expostos neles.

Na feira, havia displays que levitam objetos

Na feira, havia displays que levitam objetos



Roland DG apresenta a nova impressora solvente SOLJET Pro4 XF-640

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/04/2013

A Roland DG, fabricante de equipamentos para comunicação visual, lançou no dia 02 de abril, em todas as suas filiais e subsidiárias, a SOLJET Pro4 XF-640, impressora digital solvente que possui 1,6m de largura. Trata-se do equipamento mais rápido da empresa, por trabalhar na velocidade máxima de 102m2/h. Para oferecer tal característica, a máquina incorpora novas tecnologias, como o duplo CMYK (com duas cabeças) e sistema redesenhado de alimentação de substratos.

"Hoje, há uma grande demanda por impressoras velozes tanto em países desenvolvidos quanto em mercados emergentes", comentou Katsuo Ikehata, gerente de pesquisa e desenvolvimento da Roland DG. "Além da produção de alto volume, o objetivo de muitos dos nossos clientes é reproduzir imagens de qualidade. A SOLJET Pro4 XF-640 foi desenvolvida para dar conta dessa necessidade, pois ela combina impressão excepcional e alta velocidade."

A nova impressora da Roland é uma ferramenta voltada para quem produz aplicações indoor e outdoor, como placas, banners, envelopamento de carro, instalações em janelas, displays de PDV, adesivação em estandes, cartazes, entre outras aplicações.

SOLJET Pro4 XF-640, impressora solvente, com 1,6m de largura chega a 102m2/h

SOLJET Pro4 XF-640, com 1,6m de largura chega a 102m2/h

Nova tecnologia de impressão

A SOLJET Pro4 XF-640 incorpora duas cabeças de impressão (duplo CMYK), instaladas de modo escalonado, que elimina problemas de banding. As novas cabeças também foram projetadas para disparar níveis elevados de tinta, a fim de reproduzir imagens mais densas e cores saturadas.

Segundo a Roland, a máquina possui arquitetura mais robusta, com diversos upgrades, como o trilho de rolamento, que suporta e estabiliza o grupo impressor (e as cabeças), fazendo com que as gotas de tinta sejam disparadas com mais precisão.

Tintas

A nova impressora XF-640 emprega as tintas ECO-SOL MAX2. Segundo representantes da marca, esses insumos secam rapidamente e oferecem uma gama de cores maior, resultando em imagens de qualidade elevada.

Além disso, a máquina vem com uma nova unidade (frontal) de carregamento de cartuchos, que facilita o trabalho de substituição desse invólucros. E uma trava, que protege as cabeças de impressão, abre-se ao tocar o botão de limpeza.

Sistema reformulado de alimentação de substratos

Um total de 16 roletes (pinch rollers) e um novo sistema de rolos garante a alimentação das mídias. Além disso, a máquina vem com um sistema redesenhado de aquecedores e take up, que otimiza a produtividade por diminuir o tempo da impressão e da secagem.

Além disso, a XF-640 tem alavancas de carregamento de mídia posicionadas tanto na parte da frente quanto na traseira da máquina, o que dá comodidade ao operador. Além disso, suportes especiais de substrato carregam até os mais pesados ​​rolos de mídia.

Fonte: Roland DG



Imprimax lança vinil jateado opaco vermelho vivo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/05/2017
Película também é indicada para envelopamento de carros

Película também é indicada para envelopamento de carros

A Imprimax, fabricante brasileira de películas autoadesivas, anunciou mais uma opção de vinil da linha Jateado Opaco. Trata-se da película vermelho vivo, que é composta por frontal de PVC polimérico calandrado de 80 micra, cola acrílica aquosa resposicionável e liner de papel couché de 120g/m2.

Com durabilidade de até sete anos em ambientes externos, o vinil é indicado para envelopamento de carros, comunicação visual, decoração de ambientes, sinalização, recorte eletrônico e corte/vinco.

Disponível em bobinas de 1,22m x 50m, a película pode receber impressão digital (ecossolvente, solvente, UV e látex), impressão serigráfica (UV e convencional), impressão flexográfica UV e impressão offset UV.

Fonte: Imprimax