Cobertura Fespa Brasil 2013 – Parte 2: routers, máquinas a laser e mesas de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/03/2013

Além das impressoras digitais, outros equipamentos abrilhantaram a Fespa Brasil 2013. Entre eles, os dispositivos para corte, gravação e acabamento, como routers, máquinas a laser e mesas de corte. Veja a seguir um panorama do que os expositores dessas soluções apresentaram na feira.

Leia também as demais partes dessa cobertura:
1ª: impressoras (grande formato)
3ª: sublimação, tintas, substratos e softwares
4ª: visitação, congresso e campeonato de envelopamento
 
Máquinas a laser: presença em massa na Fespa Brasil 2013

Máquinas a laser: presença em massa na Fespa Brasil 2013

Máquinas a laser

As máquinas a laser compareceram em peso na Fespa Brasil 2013. Entre os expositores que lançaram equipamentos para corte e gravação, estava a Solugrav, distribuidora tanto da Rayjet quanto da Trotec. A novidade exibida pela empresa foi a Trotec Speedy 400, que emprega CO2 e garante potências de 40, 60, 80 e 100W. O aparelho tem área de 1000 x 610mm.

A Sitari também foi uma das expositoras do evento. Além das máquinas R60 e PL40K, a empresa vende a T40, equipamento CO2, com potência de 40W. A máquina tem área de trabalho de 400 x 240m e refrigeração do tubo feita com água.

Trotec Speedy 400: uma das novidades da feira

Trotec Speedy 400: uma das novidades da feira

Outro estande que exibiu máquinas a laser foi o da Potencial Laser, importadora de equipamentos Ruijie. A empresa, além de routers, comercializa uma série bem ampla de gravadoras a laser. Entre os modelos destacados, está o RJ1510, que possui área de corte de 59 x 39cm, e pode trabalhar em potências de 60, 80, 100 e 130W.

A Glory Laser foi outra empresa que não deixou de expor os seus trunfos na Fespa Brasil 2013. A fabricante possui um portfólio que abrange todos os tipos de equipamentos para corte e gravação, como routers e máquinas a laser galvanométricas e do tipo plotter.

Máquina Ruijie exposta na Potencial Laser

Máquina Ruijie exposta na Potencial Laser

Outra empresa que também vende uma ampla variedade de equipamentos é a Mettalforma. Presente na feira, a empresa trabalha com máquinas galvanométricas (como a YAG-50DP), gravadoras de porte industrial (como a Profile Plus) e máquinas do tipo plotter (como a Serie CMA, cuja potência vai de 30 a 150W).

Routers

A Engraver, além de expor máquinas a laser, levou uma série bem variada de routers. Um dos modelos destacados pela empresa foi o Engraver 1212, que possui motores de passo e fusos de esfera. Tem área de 1,2 x 1,2m e pode trabalhar na velocidade máxima de corte de 70mm/seg. Já a Engraver 1325, outro modelo destacado pela empresa, tem área de trabalho de 1,3 x 2,5m e possui guias prismáticas e rolamentos lineares para o deslocamento das fresas. A 1325 faz trabalhos a 200mm/seg.

Engraver 1212 pode trabalhar na velocidade de 70mm/seg

Engraver 1212 pode trabalhar na velocidade de 70mm/seg

Outra empresa tradicional no mercado de routers, a Vitor Ciola exibiu a sua consolidada série Scriba. Entre os modelos dessa linha, a fabricante brasileira apresentou a 2030, de área de trabalho de 2000 x 3000mm, passagem de eixo de 120mm e eletromandril ELTE de 1,0 kW a 3,3 kW. A máquina, além de possuir estrutura de aço e guias lineares prismáticas em aço temperado, vem com dupla motorização do eixo ‘x’ e controlador digital de movimentos.

Scriba 2030, de área de trabalho de 2000 x 3000mm

Scriba 2030, de área de trabalho de 2000 x 3000mm

Mesas de corte

As tradicionais mesas de corte Zund estiveram presentes na Fespa Brasil 2013. O estande que as apresentou foi o da BG Soluções, revendedora da marca no país. A empresa comercializa duas linhas voltadas para o mercado de sign e comunicação visual: a Zund G3 e a Zund PN. A diferença básica entre ambas é que a primeira é composta por máquinas de maior porte, ao passo que a segunda agrega modelos menores. No entanto, todas as mesas de corte da fabricante suíça trabalha com diversos substratos flexíveis e rígidos, como PS, PVC, PET, PP, policarbonato, acrílico, MDF, alumínio, entre outros.

Máquina Zund no estande da BG Soluções

Máquina Zund no estande da BG Soluções

O visitante da Fespa Brasil 2013 também pôde conferir as mesas de corte da Esko Kongsberg, expostas no estande da Alphaprint, representante brasileira da fabricante europeia. Dona de um portfólio extenso de modelos, a marca possui três linhas de equipamentos: XE, XL e XP — cada qual com características técnicas distintas. A série XL, por exemplo, tem máquinas com áreas que vão de 1680 x 1270mm até 2210 x 4800mm. Já a família XE possui dispositivos que trabalham na velocidade de 64 m/mim, enquanto a linha XP pode chegar a 100m/min.

Mesa de corte Esko, representada pela Alphaprint

Mesa de corte Esko, representada pela Alphaprint

Ainda na seara das mesas de corte, a Danfex levou uma novidade: a Samurai V-Cut. Com área de 1.6 x 2,5m, a máquina dispõe de sistema de corte oscilante, software dedicado (Kasemake Full) e painel de controle incorporado ao equipamento. Entre as ferramentas inclusas, a Samurai V-Cut tem faca fixa, faca oscilante, rodízio para vinco, caneta e ferramenta para corte em 45º.

Samurai V-Cut, vendida pela Danfex

Samurai V-Cut, vendida pela Danfex



Roland organiza 3º campeonato de engenheiros de serviços

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/02/2018
Global SE Awards 2018 será realizado no Japão, entre os dias 23 e 25 de abril

Global SE Awards 2018 será realizado no Japão, entre os dias 23 e 25 de abril

A Roland DG, fabricante de impressoras jato de tinta e dispositivos 3D, anunciou a Global SE Awards 2018, terceira edição do campeonato de engenheiros de serviços que será realizado em Hamamatsu, no Japão, entre os dias 23 e 25 de abril. Os participantes da competição são profissionais envolvidos na reparação e manutenção dos equipamentos da empresa.

No Global SE Awards 2018, as habilidades dos competidores serão testadas em duas categorias: Impressoras Jato de Tinta e Equipamentos 3D. As competições abrangem todas as regiões, o período de novembro de 2017 a fevereiro de 2018 e 778 engenheiros de serviços certificados Roland DG Care. Trata-se da maior taxa de participação até o momento.

A seleção se baseará no desempenho dos participantes nas competições locais que, além do conhecimento e nível de habilidade, também mediram a qualidade das atividades diárias e o compartilhamento do conhecimento com os colegas. Os 28 finalistas colocarão suas habilidades em teste por meio de exames práticos e escritos.

Takaaki Koshita, gerente geral de serviços técnicos, declarou: “Para a competição de 2018, aumentamos a gama de produtos, porque queremos oferecer a mesma excelência em serviço a todos os clientes que usam nossa extensa linha de equipamentos. Desenvolvemos uma plataforma on-line que permite aos engenheiros compartilhar regularmente seus serviços e conhecimentos como membros de uma equipe global. O campeonato concede aos selecionados de cada região a oportunidade de compartilhar suas habilidades. Como líderes nas suas respectivas regiões, esperamos que isso sirva como uma forma de elevar o nível de qualidade do serviço em âmbito mundial”.

Em 1981, a Roland DG estabeleceu um serviço de atendimento e suporte chamado Roland DG Care, que visa garantir que seus produtos funcionem por muitos anos e proporcione tranquilidade aos clientes. Além disso, a empresa executa um programa de certificação de engenheiros de manutenção, que possui uma escala de avaliação baseada em pontos para garantir certificações objetivas. Os pontos adquiridos foram utilizados para selecionar os participantes para as competições locais da World SE Awards 2018.

Fonte: Roland Brasil



Inscrições abertas para o Fespa 2015 Awards

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2014

Interessados podem inscrever trabalhos para concorrer na edição 2015 do prêmio internacional realizado anualmente pela Fespa

Interessados podem inscrever trabalhos para concorrer na edição 2015 do prêmio internacional realizado anualmente pela Fespa

Birôs e gráficas digitais já podem inscrever seus melhores trabalhos para concorrer na próxima edição do Fespa Awards. Realizada anualmente pela Fespa, federação internacional de impressão, a competição está aberta para empresas de qualquer lugar do mundo e culminará no dia 19 de maio de 2015, durante a feira que será promovida pela instituição em Colônia, Alemanha.

Os trabalhos podem ser inscritos em 21 categorias, 17 das quais cobrem uma variedade de temas, como fine arts, decalques, outdoor, envelopamento de veículos, estamparia têxtil, decoração e projetos industriais.

Os trabalhos inscritos podem ter impressão digital, serigráfica ou uma combinação de ambas. Os produtos concorrentes serão julgados por um painel independente de especialistas. Os critérios de avaliação são: criatividade, excelência na execução do projeto, conhecimento e uso adequado das técnicas de impressão e retorno do investimento para o usuário final do produto impresso.

Todas as inscrições devem ter imagens em alta resolução, amostras do impresso e documentação que explique sobre as técnicas utilizadas. Além disso, o prêmio promove quatro categorias especiais:

  • Young star (jovem estrela): aberta a profissionais ou estudantes que têm entre 16 e 25 anos;
  • Best in show (o melhor na feira): os juízes escolhem um trabalho que mostre ser o melhor exemplo do que a tecnologia de impressão pode fazer;
  • Hall of fame (hall da fama): dedicado a premiar o melhor profissional da área, a ser escolhido pela comunidade Fespa, de uma lista de pessoas nomeadas pelos seus pares da indústria;
  • People’s choice (escolha do público): votado pela comunidade durante a feira Fespa 2015, na Alemanha.

Confira abaixo as demais categorias do Fespa Awards 2015:

  1. Point of purchase products (produtos para o ponto de venda): impressão em papel e papelão;
  2. Point of purchase products (produtos para o ponto de venda): impressão em substratos plásticos, rígidos ou flexíveis;
  3. Posters, single sheets & multi-sheets (pôster, folhas e múltiplas folhas);
  4. Calendars, postcards, greetings & christmas cards (calendários e cartões-postais, cartões de saudações e de Natal);
  5. Original serigraphies and giclées (serigrafias originais): edições limitadas de impressos, assinados ou não, nos quais o artista está envolvido no processo criativo;
  6. Fine art: livros, brochuras, reproduções precisas de pinturas ou outras peças de arte;
  7. Decals, printed labels, fleet marking, window decals (decalques, rótulos, marcação de frotas, decalques de janela): substratos sensíveis a pressão impressos, plásticos ou mídias para promoção, decoração ou identidade corporativa;
  8. Special effect screen printed over offset, digital or screen printed images and other innovative applications (efeito especial impresso em serigrafia sobre imagens impressas em offset, digital ou serigrafia e outras aplicações inovadoras);
  9. Special effect on t-shirts, including embroidery, additions of pearls, metal, printed circuits (efeito especial em camisetas, como bordados e adições de pérolas, metal e circuitos impressos);
  10. T-shirts and other garments (camisetas e outras peças): impressas diretamente ou por meio de transfers;
  11. Banners, tapestries, draperies, other textile products e.g. bags, scarves, ties and canvas (banners, tapeçarias, cortinas e outros produtos têxteis, como bolsas, lenços, gravatas e canvas);
  12. Roll to roll printed textile for decoration or fashion (tecido em bobina impresso para decoração e moda);
  13. Glass & ceramic (vidro e cerâmica): louças, azulejos, espelhos, curvos e planos;
  14. Metal & wood products (produtos de metal e madeira);
  15. Direct printing on three-dimensional products (impressão direta em objetos tridimensionais): garrafas, canecas, esquis e embalagens;
  16. Miscellaneous (variados): CDs, cartões de crédito, mostradores, placas, sinalização, indicadores, circuitos impressos, circuitos híbridos, RFID, células solares;
  17. Cross media print campaign of the year (campanha cross media impressa do ano): inscrições devem incluir um elemento de impressão e de qualquer outra mídia, como displays interativos, eventos ao vivo, aplicativos para smartphones, códigos escaneáveis, entre outras.

fonte: Fespa