Cassino emprega 23 milhões de LEDs em sinalização digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/11/2014

Diversos ambientes receberam instalações de digital signage no SLS Las Vegas

Diversos ambientes receberam instalações de digital signage no SLS Las Vegas

Maior cassino resort do mundo, o SLS Las Vegas, nos EUA, passou recentemente por uma grande reforma que despendeu em torno de 415 milhões de dólares.

O cassino é composto por três torres com mais de 1.600 quartos, nove restaurantes, três clubes, um spa com salão de beleza e diversas lojas.

Na reforma dos ambientes, a Daktronics, empresa de displays de sinalização digital, instalou mais de 23 milhões de LEDs que compuseram 12 displays gigantes. Entre os principais estão:

  • Marquise: com os quatro lados repletos de LED, está posicionada próximo à esquina da Las Vegas Blvd com a SLS Way. A tela mede 27m de altura e 14m de largura e atua como uma espécie de farol para o cassino, para atrair e receber o público.
  • Bar: dá as boas-vindas aos que chegam à entrada principal do resort. Possui mais de 2,1 milhões de pixels, em espaçamento entre linhas de 10 mm.
  • Estrutura na Las Vegas Blvd: localizada entre a Las Vegas Blvd e a Sahara Ave, apresenta conteúdos artísticos e de marketing.
  • Estrutura Paradise Starck: instalada próximo à entrada do SLS Las Vegas, entretêm o público com conteúdos artísticos.
  • Tenda do DJ: display que cobre a cabine do DJ e é utilizado em shows.

Fonte: Daktronics



Adesivação: o que acontece quando o clima está muito frio ou quente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/12/2012

Quando o tempo esfria, os envelopadores devem tomar alguns cuidados para que a adesivação saia como esperado. É sempre muito importante que o veículo esteja limpo. Antes de chegar ao local de adesivação, ele deve ser lavado (apenas com detergente) e desengraxado. Depois, recomenda-se esperar para que o carro seque e esquente. Além disso, procure fazer a instalação em locais fechados onde as temperaturas são mais elevadas.

Veja o que pode acontecer se o vinil for aplicado em locais com temperatura (muito) baixa:

  • A película pode não alongar, já que, logo após aquecê-la, ela vai esfriar;
  • O tack inicial do adesivo pode ser insuficiente para garantir a adesão da película;
  • A umidade pode condensar-se na superfície do veículo, complicando a adesivação;
  • A película pode ficar dura e frágil, e não vai aderir. Se isso acontecer, o adesivador vai, naturalmente, forçar a espátula, para promover a adesão do filme, e isso pode causar danos ao vinil;
  • Em condições muito úmidas, pode ser difícil manter o substrato seco.

Promover um pós-aquecimento também é fundamental para reduzir a tensão do vinil, manter a sua memória e mantê-lo no lugar correto.

ferramenta para adesivação

Para moldar a película, use ferramentas

Dicas para a adesivação em climas quentes

Atente-se quando o clima esquentar demais. Com o calor, o vinil fica mais maleável, o que dificulta o seu reposicionamento. Além disso, ele tende a distorcer e criar rugas.

A temperatura da superfície jamais deve exceder os 40ºC. Verifique as informações sobre temperaturas mínima e máxima dadas nos manuais dos produtos (se o veículo de cor escura estiver submetido a um calor de 32ºC, então a sua superfície pode estar acima dos 70ºC — tome cuidado).

Se a aplicação tiver de ser feita em ambiente externo, tente começar o trabalho o mais cedo possível. Faça o que puder para não deixar o carro sob o sol.

Em um clima quente e úmido, ocorre a condensação pela manhã. A aplicação nessa condição também deve ser evitada.

Artigo técnico originalmente publicado pela 3M dos EUA. Tradução e adaptação: InfoSign



Digital Sign lança cartuchos para limpeza de cabeças

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/08/2014

Cartuchos da InkJetClean é compatível com impressoras que usam cabeças Epson

Cartuchos da InkJetClean são compatíveis com impressoras que usam cabeças Epson

A Digital Sign Technologies, fornecedora de materiais para impressão digital, lançou no mercado internacional cartuchos da linha InkJetClean, composta por insumos para limpeza, manutenção e recuperação de cabeças de impressão da Epson. Os cartuchos são compatíveis com equipamentos ecossolvente Mimaki, Roland e Mutoh.

O fluido passa pelas cabeças e recupera os nozzles avariados. Além disso, limpa as tubulações e o capping station da impressora.

Em minutos, os cartuchos melhoram a condição das cabeças, economizando tempo e eliminando riscos associados ao desgaste das peças.

Os cartuchos podem ser usados quando o operador da impressora notar problemas decorrentes do entupimento dos nozzles. A manutenção assegura a consistência e a qualidade de saída dos impressos, além de aumentar o tempo de vida útil das cabeças.

Fonte: My Print Resource