Case: Impressão látex personaliza sala de tomografia infantil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/07/2018
Projeto foi pensado para melhorar a experiência de crianças

Projeto foi pensado para melhorar a experiência de crianças

A HP e a GE Healthcare, fabricante de equipamentos hospitalares, uniram-se para um fim nobre: melhorar a experiência de crianças no hospital Danat Al Emarat, em Abu Dhabi, nos Emirados árabes. Para tanto, A HP usou suas tecnologias de impressão látex e transformou uma sala de tomografia computadorizada em uma colorida zona de conforto. O ambiente foi decorado com tema subaquático para diminuir o estresse típico de um local de testes críticos.

O Danat Al Emarat atende residentes dos Emirados Árabes Unidos desde 2015 e oferece serviços de diagnóstico, atendimento e tratamento infantil. Além disso, o hospital é um centro de referência para gestações de alto risco.

Mariano Gonzalez, diretor executivo do hospital, não poupou elogios: “Este projeto fenomenal nos permite oferecer uma experiência holística e calorosa. A transformação visual da sala de tomografia computadorizada deixa nossos pacientes à vontade. Estamos entusiasmados por sermos um dos primeiros hospitais nos Emirados Árabes Unidos a oferecer uma sala de tomografia tão incrível. Estamos realmente satisfeitos pela parceria com a HP”.

Impressão digital látex mostra todo seu potencial de transformar ambientes

Ecologicamente correta, a tecnologia látex da HP utiliza tintas à base d’água, que produzem impressões inodoras e resistentes ao fogo, tornando-as adequadas para ambientes como hospitais e hotéis.

“Pacientes, especialmente crianças, temem visitar hospitais e enfrentar máquinas assustadoras em análises médicas. Então, queríamos transformar essa experiência. Para tanto, reconfiguramos o visual frio e perturbador para algo divertido, colorido e reconfortante. A tecnologia de impressão látex da HP é totalmente inodora, ecológica e adequada para uso em ambientes hospitalares. Fazer parte deste projeto é um grande privilégio para a HP, e temos o prazer de usar nossas tecnologias para tornar um hospital mais amigável”, completa Ernest Azzam, gerente regional de impressão em grandes formatos da HP.

Assista ao vídeo (em inglês) que mostra como as tintas látex melhoraram o ambiente hospitalar:

Fonte: HP



Novo quiosque para aeroportos faz reconhecimento facial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/04/2014

Phoenix é capaz de identificar passageiros por meio de reconhecimento facial

O quiosque Phoenix é capaz de identificar passageiros por meio de reconhecimento facial

A Materna, fornecedora alemã de eletrônicos, realizou recentemente o lançamento do quiosque Phoenix, utilizado em check-in em aeroportos.

De acordo com a empresa, o quiosque, que emprega tecnologia touchscreen, pode ser equipado com câmeras e dispositivos de reconhecimento biométrico facial. No check-in, a câmera tira uma foto do passageiro, que é comparada com a foto contida no passaporte dele.

O Phoenix também inclui um dispositivo de fornecimento de papel suficiente para imprimir mais de 4 mil tíquetes de embarque. O quiosque pode vir com a função opcional de pagamentos, para check-in automático tanto do passageiro quanto da bagagem.

Fonte: Digital Signage Today



Kiian lança tintas sublimáticas Digistar Display

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 23/11/2016
Com insumos, é possível imprimir diretamente ou por meio de transfer

Com insumos, é possível imprimir diretamente ou por meio de transfer

A Kiian, fabricante de insumos digitais, apresentou a Digistar Display, nova linha de tintas sublimáticas para transfer e impressão direta. Compatível com cabeças Epson, o conjunto é composto por oito opções: CMYK, duas cores light e duas cores especiais.

De acordo com a empresa, foram realizados muitos investimentos no desenvolvimento da linha Digistar Display, produzida para oferecer aos clientes o benefício de aplicar dois processos (direto e transfer) com apenas uma única tinta.

Alessandra Borghi, diretora de vendas da Kiian Digital, declarou: “A indústria têxtil tem se esforçado para deixar de empregar produtos químicos perigosos. Contribuímos para esse desafio ao desenvolver tintas com reduzido conteúdo químico perigoso e que cumprem os padrões têxteis globais de substâncias restritas. Estamos trabalhando com nossos clientes para construir um futuro melhor. Um exemplo disso é a nossa série de tintas mais vendida, a Digistar HI-PRO, que recentemente passou por avaliações de restrições da Nike (RSL), para uso em vestuário e calçados”.

Além das opções sublimáticas, a Kiian também vende tintas pigmentadas e dispersas.

Fonte: Kiian Digital