Caldera lançará versão 11 de software homônimo na SGIA 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 05/09/2016
Lançamento do Caldera V11 faz parte das comemorações de 25 anos da empresa

Lançamento do Caldera V11 faz parte das comemorações de 25 anos da empresa

A Caldera estará na SGIA 2016, feira de impressão digital que ocorre entre os dias 14 e 16 de setembro, em Las Vegas, EUA. Durante o evento, a empresa promete lançar a versão 11 do software RIP homônimo. Um dos diferenciais da nova edição do aplicativo é a incorporação do Adobe PDF Print Engine (APPE 4), tecnologia de processamento que melhora o desempenho de impressoras de grande formato por meio de avanços no gerenciamento de cache, memória e configurações técnicas. Além de incluir o gerenciamento de 127 cores especiais simultaneamente, o APPE é capaz de processar padrões e máscaras com maior precisão.

Compatível com macOS Sierra, o Caldera V11 vem com novas ferramentas, como a True Bleed, com a qual pode-se clonar pixels em torno das bordas das imagens para criar acabamentos melhores. A ferramenta também pode ser combinada com opções de nesting disponíveis em pacotes como o GrandRIP+, VisualRIP+, TextilePRO e várias outras soluções OEM.

Outra ferramenta é a Sync & Deploy, que possibilita rodar as mesmas configurações de um mesmo RIP em diferentes impressoras e ambientes. Isso reduz o tempo de instalação de software, e os dados mais críticos, como perfis ICC e predefinições de cores, podem ser compartilhados de maneira mais amigável. Quando o Caldera V11 for lançado, a desenvolvedora também fornecerá um aplicativo que calcula os recursos de hardware necessários para o ambiente de produção.

O Caldera V11 também emprega o OpenCL (Open Computing Language), que aumenta o poder de processamento por meio de implantação automática na CPU e na GPU, o que maximiza a interação da arquitetura da Caldera com os componentes centrais das máquinas.

Segundo a empresa, as ferramentas do Caldera V11 poderão ser usadas para criar ambientes de produção baseados em um único modelo de impressora. Por exemplo, para determinada empresa pode ser mais interessante adquirir algumas unidades de um mesmo tipo de equipamento com largura de 1,6m em vez de investir em uma máquina maior, com 3,2m.

Fonte: Caldera



Graphtec apresenta nova linha de plotters de recorte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/03/2017
FCX2000 é composta por três modelos de plotters de recorte

FCX2000 é composta por três modelos de plotters de recorte

A Graphtec, fabricante de equipamentos para comunicação visual, anunciou no mercado internacional a FCX2000, série de plotters de recorte composta por três modelos, nos formatos de mesa de 920mm × 610mm, 920mm × 1.200mm e 920mm × 1.800mm.

Capaz de trabalhar com força máxima de corte de 9,8N (1kg/f) e velocidade máxima de 400mm/sec, as máquinas vêm com vácuo e dispositivo de fixação electrostática de mídias. O primeiro é indicado materiais mais pesados e espessos. O segundo é mais adequado para o processamento de materiais mais leves.

Com sistema plano de alimentação de mídias, as plotters vêm com uma cabeça com dois suportes de ferramenta: uma para a faca e o outro para a ferramenta de vinco. As máquinas também incluem uma porta USB, para permitir a operação offline e para salvar e recuperar remotamente arquivos.

A série FCX2000 também possui o sistema patenteado ARMS 6 (Advanced Registration Mark Sensing), que permite a inversão da mídia, para que seu verso seja cortado. As plotters rodam com o novo ProPro Studio, aplicativo com várias opções de ferramentas de corte e aplicações.

A série FCX2000 será apresenta pela Graphtec durante a feira Sign & Digital UK, feira que ocorre entre os dias 28 e 30 de março, no Reino Unido. A fabricante vai aproveitar o evento para também mostrar a versão mais recente do i-Mark, equipamento de corte e impressão indicado para produção de rótulos, embalagens e peças de sinalização de pequenos formatos. Por ser compacta, a máquina pode ser instalada em uma superfície de trabalho de 60cm × 67cm.

Fonte: Graphtec



Roland DG lançará soluções para sublimação na Febratex 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/08/2016
Febratex 2016 terá exibição de soluções para sublimação da Roland

Febratex 2016 terá exibição de soluções para sublimação da Roland

Entre os dias 9 a 12 de agosto, a Roland DG estará presente na Febratex, feira têxtil sediada em Blumenau (SC). Para os visitantes do evento, a empresa promete apresentar a linha Texart, composta por impressoras e tintas sublimáticas. 

Para atender as necessidades de diversificação de cores, a Roland DG desenvolveu uma linha de tintas exclusiva para as impressoras Textart, que incluem as cores fluorescentes pink (Fp) e amarela (Fy), as quais podem ser combinadas com as tintas atuais da série e produzir centenas de tonalidades.

Anderson Clayton, chief business development officer da Roland DG Brasil, declarou: “Há uma crescente demanda para produções personalizadas em pequenas quantidades no mercado. Acreditamos que, com a adição da tinta fluorescente, aumentaremos não somente a versatilidade das nossas impressoras, mas também as possibilidades de impressão para nossos clientes”.

A linha Texart conta com os equipamentos RT-640 e XT-640. O primeiro pode trabalhar na velocidade de 48m²/h, em quatro cores. Já o segundo produz em até 102m²/h, também em quatro cores. A empresa ainda conta com um grande portfólio de equipamentos para sublimação, como o RF-640S, que oferece rapidez e impressões de alta qualidade.

O Brasil é o quinto maior produtor têxtil do mundo, sendo referência internacional em design de moda praia, jeanswear e homewear. Além disso, vem crescendo nos segmentos de fitness e lingerie, conforme dados de 2016 da Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção). 

Apesar de caminhar para um cenário desfavorável em função da crise econômica, a cadeia têxtil e de confecção teve no ano passado 36,2 bilhões de dólares de faturamento.

Fonte: Roland DG Brasil