Caldera e Lüscher-Tschudi criam solução para impressão digital têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/07/2016
T-REX 320 roda com versão especial de RIP Caldera

T-REX 320 roda com versão especial de RIP Caldera

A Caldera, desenvolvedora francesa, e a Lüscher-Tschudi, fabricante suíça de impressoras digitais, uniram-se para criar uma solução conjunta de estamparia têxtil digital. Trata-se da impressora T-REX 320, que inclui uma versão OEM do software GrandRIP+.

Com 3,2m de largura, o equipamento, que pode trabalhar na velocidade máxima de 230m2/h, é indicado para estampar tecidos para sinalização, decoração, moda e aplicações industriais. A máquina emprega até 16 cabeças Konica Minolta 1024i e conjunto de até 8 cores, além de poder empregar tintas com corante disperso ou reativo.

A T-REX 320 inclui secador e fixador e pode ter uma unidade de termofixação opcional, disponível nas larguras de 2,6m ou 3,2m. Segundo a empresa, o dispositivo trabalha com extração de calor, corte térmico, velocidades variáveis e estabilidade térmica.

No mercado de impressão têxtil desde 1999, a Lüscher-Tschudi também oferece consultorias grátis para empresas que buscam ingressar no segmento de estamparia em tecidos.

Já a Caldera, que celebra 25 anos em 2016, tem como carro-chefe o GrandRIP+, que oferece ferramentas de gerenciamento de cores e otimização de tintas e mídias.

Joseph Mergui, CEO da Caldera, declarou: “Nossas parcerias na indústria têxtil estão nos ajudando a melhorar nossas soluções de produção têxtil. Ao criar pontes entre os processos que antes não falavam a mesma língua, estamos provendo benefícios para empresas em todo o mundo”.

Fonte: Caldera



Versão 12 do Caldera RIP é anunciada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2018
RIP da Caldera chega à versão 12

RIP da Caldera chega à versão 12

A desenvolvedora Caldera anunciou a versão 12 de seu software RIP homônimo. Segundo a empresa, o aplicativo atualizado oferece uma experiência aprimorada e inclui ferramentas como a Digital Licences, o APPE 5.0 e a CalderaDock.

Mark Lewiecki, gerente sênior de produtos da Adobe, declarou: “O Caldera 12 é uma das primeiras soluções a integrar o APPE 5.0 (Adobe PDF Print Engine 5). Os usuários do software poderão trabalhar com PDF 2.0 e aproveitar ao máximo os recursos de suas impressoras”.

O APPE 5.0 aproveita a ampla adoção do PDF para acelerar a eficiência de transferência, reduzir custos, aumentar a lucratividade e oferecer renderização de cores de alto impacto. Isso permite maior aproveitamento dos recursos de cores das impressoras. Ele também oferece suporte a transparências e reprodução de tons suaves.

O Caldera 12 também inclui a CalderaDock, ferramenta intuitiva para acessar sites, recursos e aplicativos da Caldera. Uma vez instalada, ela também ajuda os usuários a migrar do RIP da versão 11 para a 12.

Outra novidade é a Huge Image Pipeline, que aumenta a velocidade de processamento de arquivos grandes e de PSD e TIFF de várias camadas. Além disso, a Tex & Repeat pode processar padrões detalhados de impressão em rolos de papel de parede, para os mercados de decoração e tecidos.

A versão 12 do Caldera também vem com o Digital Licenses, novo sistema de licenciamento que, por meio da interface do Caldera Workspace, dá acesso a novos recursos da desenvolvedora. Ele permite que os usuários migrem digitalmente suas licenças para outros sites e computadores, o que acelera a produção e dispensa o uso de dongles.

Fonte: Caldera



Ampla apresenta na Fespa novo consórcio para aquisição de impressoras digitais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/03/2017
Fabricante também exibirá impressoras UV na feira

Fabricante também exibirá impressoras UV na feira

A Ampla, fabricante nacional de impressoras digitais, estará na Fespa Brasil 2017, feira que ocorre entre os dias 15 e 18 de março, no Expo Center Norte, São Paulo. Além de apresentar a Elite RR LED UV, equipamento com 3,2m de largura, a empresa lançará o Consórcio Nacional Ampla. Desenvolvido em parceria com o Banco do Brasil, o sistema de financiamento foi criado para ser uma alternativa ao crédito bancário e fomentar os negócios de aquisição de maquinário.

De acordo com a empresa, a iniciativa consiste na aquisição de cotas que, uma vez contempladas, serão transferidas para o cliente, que precisa dispor de uma entrada menor do bem, correspondente a cerca de 30% do custo total do equipamento a ser adquirido. O valor restante será financiado pelo Consórcio Ampla em prazos que variam de 36 a 48 meses. A garantia poderá ser, na maioria dos casos, coberta pela própria impressora adquirida. O custo total da operação (incluindo taxas de administração, fundo de reserva e correções monetárias) é menor que o cobrado pelo mercado de financiamento bancário. Toda a operação é concretizada mediante análise e aprovação de crédito pela instituição financeira responsável pela administração do consórcio. Não é necessário que o cliente tenha conta no Banco do Brasil.

Ricardo Augusto Lie, diretor de novos negócios da Ampla, declarou: “Sabemos das atuais restrições – e lentidão – do crédito bancário para financiamento de novos equipamentos, e o Consórcio Ampla é uma alternativa para quem precisa e quer investir em seu negócio. Escolhemos a Fespa Brasil para apresentar esta nova opção ao mercado, porque, durante o evento, receberemos em nosso estande muitos clientes e parceiros de negócios, interessados em investir em nossas soluções de impressão digital”.

O diretor de operações da Ampla, Sidnei Marques, estará na feira para ministrar a palestra "Entendendo o custo total de propriedade de uma impressora digital - TCO", que será realizada às 17h00, no dia 15 de março. A apresentação faz parte da programação do Congresso Internacional de Comunicação Visual e Impressão Digital. O executivo mostrará a empresários do setor uma ferramenta prática para apoiar no planejamento e nas tomadad de decisão de novos investimentos.

Fonte: Ampla Digital